Acidentes das últimas horas matam 11 na região. Cinco só em Olímpia

Publicado em 28 de outubro de 2014 às 9h01
Atualizado em 28 de outubro de 2014 às 9h03

Diário da Região / Foto de Leonardo Concon – Acidentes nas rodovias da região mataram 11 pessoas em apenas três dias, entre sexta-feira e a noite de domingo. Na ocorrência mais grave, cinco pessoas morreram, sendo quatro delas da mesma família.

acidente

De acordo com informações da Polícia Civil de Olímpia, a dentista olimpiense Fabrízzia Andrea Corte Ayes, 35 anos, seguia com o carro, um Renault Sandero, pela estrada vicinal Natal Breda, que liga Olímpia a Tabapuã, quando perdeu o controle do carro, invadiu a pista contrária e bateu de frente contra um Ford Fiesta.

O acidente aconteceu no domingo, por volta das 21 horas.A dentista estava sozinha no veículo e morreu na hora. No outro veículo estavam cinco pessoas da mesma família, e quatro morreram – o motorista, Almir Rogério Cassimiro, 42 anos, o pai dele, Lauir Bardy, 79 anos, a mãe dele, Maria Madalena Bardy, 75 anos, e a filha dele, Geovana Bardy Cassimiro, 11 anos.

O único sobrevivente é o filho de Almir, G.B.C., 13 anos, que continua internado na Santa Casa de Olímpia em estado grave. O Diário apurou que o menor sofreu fraturas nas pernas, nos braços e teve o intestino perfurado. Ele já passou por cirurgia e permanece internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do hospital.

Também no domingo, mas pela manhã, duas pessoas morreram depois que o veículo onde estavam saiu da rodovia e bateu em uma árvore. Fernando Aldeldio Pereira Leal, 28 anos e Welen Ricardo Prado Coutinho, 26 anos, seguiam em uma Saveiro pela rodovia vicinal Salatiel da Costa Pereira, em Novo Horizonte quando o acidente aconteceu.

Em Orindiúva, na rodovia Armando de Salles Oliveira,um Corcel II foi atingido lateralmente por uma Meriva, no sábado, no trevo que dá acesso à cidade. João Batista Silvestre Filho, 49 anos, morreu no local. Os quatro passageiros sofreram ferimentos graves, foram socorridos ao hospital da cidade e estão fora de perigo.

Outras quatro pessoas que estavam na Meriva sofreram ferimentos leves na colisão e foram liberadas. Outro acidente aconteceu na Rodovia Elyeser Montenegro Magalhães (SP-463), em Turmalina, onde dois carros colidiram lateralmente, na madrugada de sábado para domingo. José Célico da Silva, 54 anos, morreu, outras duas pessoas que estavam no carro sofreram ferimentos leves. Em Icém, na madrugada de sexta para sábado, o passageiro de um GM Celta, Klinger de Melo Fraga, 21 anos, morreu e outras seis pessoas ficaram feridas.

De acordo com informações da polícia,um Celta, invadiu a pista no sentido Fronteira/Nova Granada e foi atingido na lateral por um Fiat Pálio.O acidente aconteceu no quilômetro 2 da rodovia Transbrasiliana (BR-153).

Com o impacto, o passageiro do Celta morreu na hora e o motorista está em estado grave. No Pálio havia cinco pessoas. Três delas foram socorridas ao pronto Socorro de Icém onde estão sendo medicadas e as outras duas, com ferimentos mais graves, foram encaminhadas ao Hospital de Base de Rio Preto.

Em Potirendaba, Richard Fernandes morreu ao cair de carro de uma ponte dentro de um rio. O homem de 23 anos só foi encontrado 16 horas depois do acidente pela PM. As causas dos acidentes serão investigadas pela Polícia Civil.

Fonte: Diarioweb

7eb3cefe42d09509fc5785c173546735

Assunto(s):

Leia também:

Faça um comentário