envolvidos-crime-barretos

Polícia aponta médico Milton Soares como mandante de assassinato de diretor de TV

O médico Milton Diniz Soares de Oliveira, 56, é apontado pela polícia de Barretos como o “autor intelectual e mandante” do assassinato de Marco Antonio Morera Lagos, o Chileno, 34.

Ainda segundo a investigação policial, seus filhos Lucas, 30, que também é médico, e Rafael, 27, participaram do planejamento do crime, além do enfermeiro João Aparecido Domingues, 45, que fez a intermediação para que Adriano Dias de Souza, 24, executasse o homicídio no dia 27 de junho de 2011.

“Tecnicamente Milton está foragido porque tem prisão temporária decretada, foi procurado e não encontrado, porém manifestou, através de advogado, interesse em se apresentar”, afirmou ontem à tarde o delegado Júlio César Cardoso, que comanda as investigações.

Os outros quatro acusados estão presos em Barretos. “Eles foram apontados como envolvidos pelas provas dos autos, inclusive a confessional”, afirmou o delegado da DIG. “O conjunto das provas é muito consistente e cada um irá responder por homicídio qualificado dentro de sua participação”, declarou.

As investigações sobre os motivos do crime ainda continuam.

A POLÍCIA

Vários fatores foram importantes para que a polícia esclarecesse o crime, afirmou o delegado Júlio César Cardoso (foto).

Ele citou o serviço de inteligência da Seccional, a investigação para identificar o executor, a integração com a polícia de Limeira, além do acompanhamento do Judiciário e do promotor de justiça Aluisio Maciel Neto.

“Foi um caso de grande clamor público e um crime com sofisticação e planejamento, um crime feito profissionalmente”, declarou.

EXECUTOR PRESO

Apontado como executor do crime, Adriano Dias de Souza, foi o primeiro a ser preso em Limeira no dia 3 de janeiro. No dia 5, foram presos Rafael Soares em Barretos e em Limeira foram detidos seu irmão Lucas e o enfermeiro João Aparecido Domingues, sendo trazidos ainda na noite de quinta-feira para Barretos. (Diário de Barretos / Foto: Tininho Jr.)

***

 

* Fique à vontade para dar a sua opinião, mas atenção: se ele não aparecer no mesmo dia é porque, com certeza, você não leu a nossa política de comentários. No momento, está sob moderação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *