Procon pede para supermercados opção gratuita de consumidor carregar compras

O Procon-SP divulgou nesta quinta-feira (2) um pedido para que os supermercados do Estado de São Paulo ofereçam uma alternativa gratuita para que os consumidores possam carregar as compras.

A alternativa apresentada pelo órgão acontece depois de uma semana de vigor do acordo entre o governo do Estado e a Apas (Associação Paulista dos Supermercados), que retirou das principais redes varejistas a distribuição gratuita das sacolinhas. Elas custam, a partir de agora, aproximadamente R$ 0,19 cada.

De acordo com a instituição, que diz apoiar as propostas de consumo sustentável e consciente, na ausência de opção gratuita para que o consumidor possa concluir sua compra, fruindo de maneira adequada o serviço, o estabelecimento deverá fornecer gratuitamente a sacola biodegradável.

charge-sacolinhas

5 comentários em “Procon pede para supermercados opção gratuita de consumidor carregar compras”

  1. GOSTEI DA INICIATIVA PELO MENOS ALGUEM PRA BRIGAR PELA GENTE PQ NOS SUPERMERCADOS DE OLIMPIA ELES DIZEM QUE AS CAIXAS ACABARAM E A GENTE COMPRA SACOLA OU LEVA NAS MAOS…E O DINHEIRO QUE JA VINHA IMBUTIDO NA MERCADORIA SABENDO DESSAS MEDIDAS OS SUPERMERCADOS JA DEVIAM TER SE PREPARADO PQ OPÇAO NÃO FALTA E AGORA COMO SEMPRE SAI DO BOLSO DO CONSUMIDOR TEM QUE TER UMA LEI PARA O SUP. DAR OPÇAO SE NÃO FICA MUITO FÁCIL GANHAR DINHEIRO COM OS TROCHAS…

  2. Gostaria de saber se as sacolinhas do açougue também serão retiradas dos mercados, ou elas não poluem o meio ambiente?
    O que falta é a população em geral, do Brasil se conscientizar que lixo se joga no lixo e não na rua . Nem todo mundo é porco não . Eu faço a minha parte, todos também tem que fazer .

  3. Polêmicas e mais polêmicas…
    Infelizmente o Procon deu seu parecer calcado simplesmente nas premissas constantes ao Código de Defesa do Consumidor (CDC). Na verdade, é o seu papel, sua atribuição. Contudo, a análise do fato deve-se também incluir dados e informações com outros focos, como por exemplo, o ecológico e o econômico.
    É difícil ver alguém fazer uma reflexão sobre os efeitos dessas sacolinhas ao meio ambiente. Em primeiro lugar, calcula-se que elas necessitem de aproximadamente 100 anos para se decomporem em condições naturais no meio ambiente. Outro aspecto é que uma parte da matéria-prima para sua confecção é oriunda do petróleo. O “ouro negro” dos tempos modernos é altamente poluente, além de possuir elevado custo para sua produção (lembrando que o Brasil o explora em águas profundas).
    Realmente são muitos os aspectos a serem considerados nesta discussão. Além disso, estes aspectos são de média e alta complexidade.
    Não podemos decidir algo com discussões tão rasas e ingênuas sobre este e diversos outros assuntos.
    Como minha avó sempre dizia: “nada na vida é tão simples assim”.
    Sou extremamente favorável a extinção das sacolinhas plásticas e esta é a minha opinião.
    Abçs a todas e a todos.

  4. Vale lembrar que todo o material plástico fabricado no mundo até hoje, se não foi incinerado, ele ainda existe, está por aí em algum lugar, pois não houve tempo hábil para a total degradação. Isto posto, é necessário que incentivemos a reciclagem desses materias, que é a soluçao mais sensata. Entretanto, não sejamos tão ingênuos a ponto de acreditar que as grandes redes de supermercados estão preocupadas com a nossa natureza, o négocio aí é “lucro”, pois se assim não fosse teriam criado uma forma de substituí-las por algo não poluente, mas gratuito.É uma questão lógica.

  5. A verdade é que sempre sobra é para o consumidor, acha !!que vai acabar com o plastico produzido, isto que não tem nexo, acaba com sacolinha que é menos de 1% do plastico produzido, kkkk, é piada, a reciclagem foi criada para isto, aproveitam da falta de informação e vão criando,isto é para quem tem tempo, isto vai funcionar como o kit de 1º socorros para carro, vai fazer todo otário comprar sacolas de quase R$ 3.00 cada uma e depois vir com emendas e acabar com esta palhaçada. Acaba com as garrafas pet , faz o povão ir buscar refrigerante com garrafas de vidros ou pagar pela embalagem,jamais isto vai acontecer,porque vão brigar com peixe grande e não com rabo de sardinha, porque não pega dinheiro de verba do governo e investe em educação ambiental, para o lixo 2 opção pegar a boca de quem inventou esta palhaçada e colocar lixo ou comprar sacos plásticos de lixo e colocar lixo que dá na mesma, que tal acabar com os sacos de arroz e feijão e tudo que vem em embalagem de plastico, e ai o povo leva vasilha de casa para comprar, ou compra no supermercado as vasinhas para levar seus grão para casa,ha ha ha ha ha.

Deixe uma resposta para Alexandre Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *