Prefeito disse que fez ‘a lição de casa’, agora é com o Estado para construir a futura ETE

Publicado em 28 de maio de 2010 às 15h37
Atualizado em 28 de maio de 2010 às 15h37

* Não tem mais desculpas, pelo menos por parte do governo de São Paulo. A prefeitura de Olímpia já tem o projeto executivo e a licença de instalação (LI) da Cetesb (Companhia de Tecnologia e Saneamento do Estado de São Paulo) para a futura Estação de Tratamento de Esgoto.

IMG_0435

Anteriormente, havia uma licença prévia, divulgada neste Blog. Agora, não: é definitiva. Só falta o governo dar sinal verde para que as obras sejam licitadas e iniciadas ao custo aproximado de R$ 17 milhões do Programa Água Limpa, cumprindo a promessa feita pelo então governador José Serra (PSDB) quando da inauguração da ETEC (Escola Técnica Estadual), em março passado.


DSC02729 “Hoje não se faz mais nada sem a devida, e correta, avaliação ambiental. Se a Cetesb liberar logo, da nossa parte não haverá nenhum empecilho em mais esta parceria do Água Limpa”, disse Serra, hoje candidato a Presidente da República.

“Fizemos a lição de casa. Corremos atrás do projeto executivo, da licença prévia e agora, cumpridas à risca todas as exigências, e não são poucas, entre elas a posse da área desapropriada da futura Estação de Tratamento de Esgoto (ETE), pertencente ao Cutrale, conseguimos a licença de instalação (LI), ou seja, não há nenhum obstáculo ambiental para a obra, muito pelo contrário”, afirmou Geninho ao Blog, hoje (28).

O prefeito de Olímpia entregou a licença de instalação da Cetesb para o superintendente do DAEE (Departamento de Água e Energia Elétrica do Estado) Amauri Luiz Pastorello.

DSC02724 “Agora, não depende mais da Prefeitura de Olímpia. Depende, sim, do Estado. Mas, não vamos cruzar os braços e esperar. Para isso, o deputado Rodrigo Garcia, que nos ajudou a incluir Olímpia no Água Limpa, vai ficar em cima do atual governador, Alberto Goldman, para a urgente liberação de verbas, para, assim, acontecer a licitação e, finalmente, Olímpia ter 100% de esgoto tratado. Não se fala mais naquela lagoa de tratamento prejudicando o Thermas dos Laranjais a poucos metros, e sim numa ETE, com lagoa compacta, mais cara, mais eficiente e mais duradoura para, pelo menos, mais 50 anos”, finalizou Geninho.

Assunto(s):

Leia também:

1 comentário

  1. Luiz Augusto da Silva disse:

    Quem bem faz a lição de casa
    Pode ficar tranquilo ! Sossegado!
    Acredito: pelo Estado será aprovado.

    Luiz Augusto da Silva – poeta

Faça um comentário