Daemo faz reciclagem de podadores cadastrados e pede conscientização da comunidade

Publicado em 07 de julho de 2015 às 11h52
Atualizado em 07 de julho de 2015 às 11h53

A Divisão de Meio Ambiente da Daemo Ambiental realizou no início da semana passada (2 e 3), na sala de reunião da autarquia, a Capacitação de Podadores para as empresas e podadores autônomos cadastrados. O objetivo da capacitação é a reciclagem dos conhecimentos e orientação de uma poda adequada nos exemplares arbóreos de nossa cidade. O evento foi divulgado hoje (7).

DSC_0076

Do conteúdo abordado, foram explanadas palestras como o “Plantio de árvores e empreendedorismo”, na qual a Engenheira Agrônoma Camila Furquim pôde instigar os participantes para o leque de opções relacionadas à presença das árvores no ambiente urbano.

“A árvore, para o profissional podador, é a matéria-prima do seu negócio. Se exaurimos a árvore até a sua morte, não só perdemos este exemplar arbóreo, como o podador perde o seu ‘ganha-pão’”, analisa Camila Furquim. “E também vimos a necessidade de se promover o plantio de mais árvores na cidade, pois quanto mais árvores tivermos na cidade, mais trabalho os podadores terão”, ressalta ela.

A engenheira explanou ainda sobre várias espécies de pequeno, médio e grande porte utilizadas na arborização urbana, ilustrando a palestra com fotos das árvores em flor.

O Diretor de Serviços Gerais da Prodem, Cássio dos Santos, apresentou os equipamentos para poda e os equipamentos individuais para a segurança do podador. Ele esclareceu a preocupação constante da equipe técnica de Meio Ambiente em relação à arborização, desde o levantamento da arborização urbana até a elaboração do Plano de Arborização Urbana da Estância Turística de Olímpia.

DSC_0100

O palestrante convidado, Engenheiro Otton Garcia de Arruda, da Secretaria de Meio Ambiente e Urbanismo de São José do Rio Preto, apresentou técnicas de poda visando não danificar o exemplar arbóreo. Foram apresentadas fotos de exemplares arbóreos podados pelos profissionais locais, e muitas árvores estavam com excesso de poda de sua copa. “As árvores precisam das folhas para processar seu alimento, para comer, e, observamos que este excesso de poda está exaurindo as árvores, levando-as à morte”.

Os podadores, por sua vez, solicitaram uma maior conscientização da população para que eles possam aplicar este conhecimento técnico nas árvores, evitando, assim, podas drásticas e desnecessárias.

Todos os participantes da Capacitação de Podadores receberam certificado. A emissão da carteirinha destes profissionais está prevista para setembro. Para a empresa ou podador autônomo que não participou da capacitação, o mesmo terá que aguardar a reciclagem prevista para o ano que vem. Até lá, somente os podadores cadastrados na Daemo Ambiental poderão realizar as podas nas árvores das vias públicas e, a partir de setembro, somente os podadores com as carteirinhas.

Assunto(s): ,

Leia também:

Faça um comentário