DSC_0153_thumb.jpg

Alunos do projeto ‘Aprendiz Legal’ plantam árvores no Jardim Cote Gil

Um grupo de alunos do Centro de Integração Empresa-Escola-CIEE, em parceria com a Divisão de Meio Ambiente da autarquia Daemo Ambiental, realizou o plantio de 22 mudas de árvores na rotatória do Jardim Cote Gil, na quarta-feira (25), mas só foi divulgado hoje (30), apesar do Diário ter conhecimento, mas foi cancelada a divulgação prévia.

DSC_0153

A iniciativa é parte integrante do Projeto Consciência Verde-Plantio de Árvores, que visa estimular a reflexão e mudança de comportamento para o consumo consciente, além de valorizar a prática da responsabilidade socioambiental com desenvolvimento da consciência ambiental.

Os alunos participantes da atividade estão no Projeto Aprendiz Legal, programa de aprendizagem realizado pelo CIEE voltado para a preparação e inserção de jovens no mercado de trabalho.

“Em nossos encontros são trabalhados os conceitos de cidadania, ética, identidades, trabalho e protagonismo juvenil, preparando o jovem não apenas para o mercado de trabalho, mas também para a vida. É uma oportunidade de promover a mudança social e contribuir para o desenvolvimento profissional e cidadão dos jovens”, explica Ana Carolina Sangali, instrutora do projeto Aprendiz Legal.

A equipe de Educação Ambiental da Divisão de Meio Ambiente da DAEMO Ambiental, com as monitoras Ana Lúcia Lopes Volfe, Assessora de Meio Ambiente, e Camila Valente Furquim Vicente, Engenheira Agrônoma, apoiou as atividades, com instruções sobre o plantio e manuseio de mudas e ferramentas. O plantio complementou a palestra de orientação sobre como plantar árvores em áreas urbanas e calçadas, ministrada pela engenheira, no dia 18 de março.

“Os alunos conheceram um exemplar arbóreo no ambiente urbano, suas interferências e necessidades. Conheceram árvores de pequeno, médio e grande portes, as que podem ser tóxicas, provocar alergias e acidentes com frutos. Enfatizamos sobre as estruturas que entram em conflito com arborização urbana como a rede elétrica, o espaço do passeio público, os encanamentos de água e esgoto, o trânsito e a acessibilidade aos pedestres”, ressalta Camila Vicente.

A equipe do Meio Ambiente da Daemo Ambiental providenciou os equipamentos e a retirada das mudas no Viveiro Municipal. Ana Lúcia Volfe ressalta que “os alunos fizeram a marcação para a abertura das covas para o plantio das mudas, a correção e a adubação na cova e realizaram o plantio das mudas, conforme a orientação técnica dada em palestra”.

Entre as espécies plantadas destacam-se os ipês branco, rosa, roxo e amarelo. Após o término da atividade, a Secretaria de Obras e Engenharia realizou a rega das mudas com água de reuso.

“O plantio de árvores é um ato de cidadania. Não basta simplesmente plantar. É preciso conhecer e se responsabilizar pela manutenção do exemplar plantado e estes alunos poderão levar à sua comunidade todo este aprendizado”, finaliza a Engenheira Agrônoma Camila Vicente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *