Ações ambientais elevam Olímpia na categoria Verde Azul do Governo Paulista

Publicado em 28 de abril de 2015 às 11h21
Atualizado em 28 de abril de 2015 às 11h21

A Estância Turística de Olímpia, que recebeu 68.79 pontos no Programa Município “Verde Azul” da Secretaria Estadual do Meio Ambiente que avalia as ações e condições ambientais dos municípios, teve sua pontuação aumentada depois de uma revisão nos critérios avaliados, passando para 71.49 pontos. Com este aumento, a cidade ocupa a posição 173ª, num total de 610 municípios participantes.

tela-selo

Pollyana Rodero Fernandes, Diretora de Divisão de Políticas Ambientais explica que a cidade questionou algumas diretivas analisadas, das quais três foram retificadas e acrescidos pontos na avaliação. “Nós questionamos a diretiva esgoto tratado, porque enviamos os laudos de monitoramento e a estação de tratamento de esgoto está sendo construída e isso não havia sido acatado pelo programa, mas depois eles retificaram, então houve uma mudança na pontuação. A diretiva Bio 2 também foi alterada, haja visto que o município criou a lei de pagamento por serviços ambientais, então eles retificaram também. E a diretiva Bio 3 que o município fez um convênio com um local no município de Monte Azul Paulista para soltura de animais silvestres que o programa também não havia computado. Assim analisaram novamente e retificaram”.

O programa foi criado no ano de 2007, e tem adesão de Olímpia desde 2009. Todos os anos são lançados desafios a serem cumpridos em 10 diretivas que englobam o contexto ambiental: Esgoto Tratado, Resíduos Sólidos, Biodiversidade, Arborização Urbana, Educação Ambiental, Gestão das Águas, Qualidade do Ar, Cidade Sustentável, Estrutura Ambiental e Conselho Ambiental.

Cada diretiva vale entre oito e dez pontos, e são distribuídos entre os vários itens a serem cumpridos totalizando 100 pontos. Para ser certificado (receber o selo Município Verde Azul) nesse programa o município precisa ter uma pontuação de no mínimo de 80 pontos, sendo que não tenha atingido menos de cinco pontos em nenhuma diretiva.

“Em minha opinião falta pouco para Olímpia conquistar o selo “município Verde Azul”, o que nós precisamos, essencialmente, é que a Estação de Tratamento de Esgoto, ETE, fique pronta. A ETE funcionando tenho certeza que nós conseguiremos atingir estes 80 pontos, e até mais porque é a diretiva que está faltando mais pontuação, juntamente com a Arborização Urbana”, elenca a Diretora.

Em contrapartida, a maior nota do município é na Diretiva Educação Ambiental. “Essa nota é muito importante, pois demonstra que o município desenvolve inúmeras atividades voltadas para a educação ambiental que é a base para a mudança na percepção ambiental da comunidade” ressalta Pollyana Fernandes.

Dos 610 municípios analisados, 130 conseguiram o selo Município Verde Azul, sendo Cajobi a cidade mais próxima de Olímpia a estar bem ranqueada, na 9ª posição, com 94.90 pontos. A primeira cidade do ranking é Botucatu, com 98.02 pontos e a última posição é do município de Aguai com uma pontuação negativa de 4.03.

Assunto(s):

Leia também:

Faça um comentário