Salata impede o fim da frente de trabalho, por enquanto, para buscar soluções alternativas

A Câmara de Olimpia se reuniu extraordinariamente nesta segunda-feira (18), às 10h, para discutir e votar dois projetos de lei de autoria do prefeito Geninho Zuliani (DEM), um deles extinguindo, por força de representação feita pelo cidadão Willian Antonio Zanolli, as chamadas ‘frente de trabalho’, que empregam 150 trabalhadores e que funcionava desde a gestão anterior de oito anos do ex-prefeito Luiz Fernando Carneiro (PMDB).

20110718114433

A extraordinária foi presidida pelo vice-presidente Primo Álvaro Gerolin (DEM) devido à ausência do presidente Toto Ferezin (PMDB) que se encontra na cidade de Piracicaba resolvendo problemas de ordem familiar.

Mas, os vereadores da bancada do prefeito ainda querem reverter a decisão de extinguir a Frente de Trabalho, minimizando o desemprego e o caos, num primeiro momento, de várias áreas da gestão, inclusive limpeza pública.

Por isso, o projeto de lei 4384/2011, revoga as leis municipais nº 2898 de 25/10/2001, nº 3193 de 05/04/2005 e nº 3197 de 12/04/2005, não foi votado hoje. Por requerimento do vereador, líder do prefeito, Luiz Salata (PP), a urgência foi retirada para analise do projeto pela Comissão de Justiça e Redação.

Quanto ao Projeto de Lei 4383/2011  que dispõe sobre a permuta de imóveis de propriedade do município e de Maria Cristina Fossalussa e quem mais de direito e dá outras providências, o resultado final foi de 5 a 3, sendo contrários, como sempre, os vereadores Priscila Foresti (Guegué, PRB), João Magalhães (PMDB) e Hilário Ruiz (PT ).

Essa área servirá para o futuro aterro municipal, viveiro de mudas e outras ações ambiental da gestão municipal.

***


* Fique à vontade para dar a sua opinião, mas atenção: se ele não aparecer no mesmo dia é porque, com certeza, você não leu a nossa política de comentários. No momento, está sob moderação.

10 comentários em “Salata impede o fim da frente de trabalho, por enquanto, para buscar soluções alternativas”

  1. (EDITADO) hem, Sr. Salata, acho incrivél como vocês gostam de coisa errada não é….Meu sobrinho prestou o concurso da Prodem na ano passado e até hoje não foi convocado, deve ser por que tem agum desses da frente de trabalho ocupando o lugar dele. Uma pessoa que gasta pra prestar o concurso, estuda é aprovado mas não convocado. Enquanto isso, não desmerecendo ninguém, eles ficarem ai como frente de trabalho e os concursados desempregado, ou o Sr. acha correto isso?. É muito simples é só desembolsar R$ 40,00 e estudar bastante pra ser aprovado em um concurso público, agora essa história de “frente de trabalho”, isso já foi um dia, hoje as coisas mudaram, seja digno e tenta agir na igualdade, coisa que ta longe de vocês politicos fazerem, mas faz um esforço (EDITADO)…pense nisso.

    1. Se tiver palavras como ‘bando de politicos’, com certeza, o programa vai te pegar. O Blog que libera todos os comentários não é aqui. Se quiser, comentar com fundamento, com propriedade, faça aqui. Senão, evite. Abs.

  2. Com todo respeito a Juliana, será que o sobrinho gostaira de varrer ruas?. A frente de trabalho não está tirando emprego de quem que seja, é so se submeter as exigências do cargo. Parabens Salata, vamos colocar o “autor” que é contra a frente de trabalho no seu devido lugar.

  3. como ja tinha dito será q ele vai trabalhar na limpeza publica???
    não se esqueça Juliana q a cidade depende deles pra limpeza, e eles depende desse programa auxilio desemprego, porque nem todos tem a sorte de ter estudado, uns por falta de conhecimento, outros por ter q trabalhar desde cedo, e outra concurso publico muitos tem um numero X de vagas e sempre escritos um numero Y, não tem vagas para todos, eestes menos favorecidos na maioria das vezes não conseguem passar,precisamos siiiim de um programa pra eles, apesar disso temos que pensar no proximo, pensar na nossa cidade , pq acabando a frente de trabalho ficaram 150 pessoas desempregadas, e pelo menos eu que amo a minha cidade, não desejo isso pra ela, e sim JULIANA em penso no meu proximo,. Tbm prestei concurso tbm passei e tbm não me chamaram, e nem por isso desejo o pior para o meu proximo.

  4. parece que á Juliana é contra a cidade de olimpia porque tudo que é pra ajudar ela contra deveria rever seus prinsipios, belo trabalho salata sempre pensando no sidadão como seu pai continui a sim.

  5. Olha Sr. Fernando, procure se interar antes de fazer afirmativas tais como ” frente de trabalho são apenas varredores de rua”, leia a reportagem que o presidente da camara, diz claramente que essa demissão não afetará somente os varredores de rua mas também as secretárias, órgão públicos, como autarquias do estado.
    O Sr. está muito mal informado.

  6. Como eu havia dito Sr. ” em nome das familias da frente de trabalho”, eu não pretendo desmerecer ninguém, agora quanto aos que ficarão desempregados, que façam como meu sobrinho, faça um “extra”, “bico”, é o que ele tem feito, já que a frente de trabalho ocupa a vaga que poderiam ser dele.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *