Professor Casagrande recebe Cidadania Olimpiense: “Além de aulas, formei cidadãos”

100_0828“Lar é onde o coração do homem cria raízes” – citando o dramaturgo Ibsen, o professor de Geografia Valdecir Casagrande, 73, aposentado, definiu a sua alegria em receber na noite de hoje, sexta (26), o título de Cidadão Olimpiense, proposto pelo vice-presidente da Câmara, vereador Primo Gerolim (DEM).

100_0826

Com a galeria tomada por parentes, amigos e, especialmente, profissionais da Educação, além do rito do ‘lava mãos’, da entrega da toalha de linho e da garrafa contendo a terra de Olímpia (faltou a bandeira de Olímpia), foi uma noite de depoimentos na tribuna e imagens emocionantes sobre a vida do homenageado no telão.

100_0818

O autor da outorga do título de cidadania, vereador Primo Gerolim, confessou que, apesar de acostumado com as lides legislativas e de várias sessões solenes, “estava com as pernas bambas” de emoção: “O professor Casagrande representa muito mais que um educador que, merecidamente, deu a sua contribuição à Educação. Ele formou cidadãos e pessoas de bem”, ressaltou o vereador.

100_0848

Na tribuna, deram os seus depoimentos a filha Cláudia Casseb Casagrande, o professor Alcides Becerra Canhada Jr (Anglo Integração) e a vereadora Priscila 100_0862Foresti (Guegué, PRB). “Eu agradeço, de coração, esse título oferecido ao meu pai, que nos proporcionou tanta alegria”, disse a filha, relembrando momentos difíceis recentes: “No ano passado, meu pai passou por uma fase muito difícil, quando ficou por 12 dias internado em uma UTI (Unidade de Terapia Intensiva). Um médico chegou a nos falar que não daria certeza sobre a sua vida ou possíveis sequelas. Hoje, estamos aqui, juntos, participando de uma homenagem linda, com pessoas queridas, relembrando fatos e sentindo muita emoção”.

100_0863

A filha Cláudia prestou, então, a sua homenagem ao pai: “Quem ensinou geografia com amor e psicologia? Quem amou o Capitão (escola estadual Capitão Narciso Bertolino) como quem ama um irmão e guarda colegas e ex-alunos dentro do seu coração? Quem ensina responsabilidade através da liberdade? Quem está sempre 100_0866orientando, às vezes, exagerando, os seus tão queridos netos serem dignos e corretos? Quem formou duas filhas e ganhando bem ou mal nunca entrou no especial? Adora um supermercado, compra certo, compra errado, não perde uma promoção e depois reparte o pão? E quem faz as suas poesias em versos e melodias, cria cartões e presentes, para o amor de sua vida? Nos mais de 40 anos jamais uma data importante por ele foi esquecida. Tudo isso é o professor, o amigo, o avô, o marido, o meu pai Valdecir Casagrande”.

100_0867

Por sua vez, o professor Alcides, também revelando estar emocionado, relembrou quando, no então quinto ano primário, teve aula, apenas naquele ano, de Geografia com o professor Valdecir: “Ele tinha um jeito especial de ensinar, todos tinham um respeito muito grande por ele. Confesso que foi através de seu exemplo, de sua capacidade, que eu me inspirei e me tornei também um professor de Geografia”.

100_0871

E, finalmente, a vereadora Guegué também relembrou tempos em que foi aluna: “Preocupada em 100_0875assistir o filme que ia passar, dos Trapalhões, fiz um trabalho de Geografia muito mal acabado, às pressas, e coloquei correndo no meio dos outros que os demais alunos iam entregando. No final da aula, eu ia saindo quando ele, de cabeça baixa, me chamou, pegou o trabalho no meio dos outros, e me entregou dizendo que era para refazê-lo para o dia seguinte. Eu ainda perguntei, mas não vale nenhuma nota? Ele então me disse algo que até hoje fica me cobrando: Você pode fazer melhor”.

100_0878

Como o sistema de vídeo deu defeito, quebrando o protocolo o homenageado foi à tribuna fazer os seus agradecimentos: “O que move minhas palavras, nesta noite, é a emoção e a gratidão. Como o sabem, sinto muito orgulho de ter nascido em Marcondésia, onde vivi a minha infância e parte da adolescência. Onde nasceram e casaram-se meus pais e cresceram os meus irmãos. Ponto de origem de minha trajetória, fonte de lembranças intensas e ternas e de constantes recordações, porque, como dizia Mário Quintana, o passado não reconhece o seu lugar: está sempre presente”.

100_0879

Valdecir Casagrande destacou, ainda, que “aos onze anos passei a estudar em Olímpia e, daqui, desde então, somente me afastei provisoriamente no período em que cursei faculdade em Campinas. Olímpia, é, pois, fruto de minha escolha e não imposição do destino. Aqui estudei, comecei a trabalhar, constituí família, fiz minha carreira profissional, amealhei amigos”.

100_0882

Ele frisou, também, que “sei que a minha imagem de cidadão se confunde com a de professor. É assim que me reconheço e que me reconhecem. Como professor, me integrei à sociedade e tentei colaborar na Educação de tantos outros cidadãos, porque a sala de aula não é local apenas de aprendizado pedagógico, mas de formação de seres humanos. Cabe ao professor a missão de apresentar aos jovens quão grande é o mundo, ainda que através de mapas estendidos no quadro negro. Que os limites para os nossos sonhos são meras linhas imaginárias e que não existem fronteiras geográficas para as grandes realizações. Assim procurei agir, oferecendo meus 30 anos de magistério em retribuição ao acolhimento e oportunidades que Olímpia me ofereceu”.

100_0884

Sobre Olímpia, o homenageado assinalou que “cidade de perfil agrícola, soube se reinventar, atraindo para si o título de polo turístico, fato que alavancou a economia local e proporcionou crescimento e visibilidade ao nosso município”.

100_0853

E, arrematou: “Assim é a grande emoção e o orgulho de ver formalizado, neste ano, o que o meu coração há muito já pressentira: ser cidadão olimpiense. Sei que recebo essa homenagem, mais pela generosidade dos que a oferecem, que por merecimento, mas, como me faz feliz essa generosidade…”

100_0855

Conclui agradecendo, também, “à minha família, filhas, genros, netos e, especialmente, à minha esposa e companheira, meu apoio incondicional, que compartilha comigo os sentimento por esta terra. Olímpia é a minha casa, meu porto seguro, meu lar”.

100_0857

Após a apresentação de um vídeo sobre o homenageado, com diversos depoimentos de amigos, parentes, ex-colegas de profissão, de 24 minutos, o líder de governo, vereador Luiz Salata (PP), falou em nome do prefeito Geninho Zuliani (DEM), relembrando que a sua família, também, é de educadores e citando o pai do homenageado, Eduardo Casagrande, como ex-combatente de 32 e, igualmente, compartilhando a emoção dessa cerimônia: “Confesso que sempre fui seu fã, o senhor é o meu ídolo e fez com que eu tivesse essa desenvoltura perante os fatos do mundo, porque, como professor, me ensinou exatamente o sentido da leitura e de nos mantermos sempre atualizados”.

100_0858

Por fim, foi oferecido um coquetel no saguão principal da Câmara de Vereadores.

MAIS FOTOS

100_0814100_0815100_0816100_0817100_0819100_0821100_0824100_0825100_0830100_0831100_0832100_0833100_0834100_0844100_0845100_0846100_0852100_0860100_0865100_0885100_0886100_0887100_0888100_0890100_0891

***

Leia com atenção antes de comentar esta notícia:

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Portal Blog do Concon. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. Leia antes a nossa Política de Comentários.

O Portal Blog do Concon poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

10 comentários em “Professor Casagrande recebe Cidadania Olimpiense: “Além de aulas, formei cidadãos””

  1. PROFESSOR CASAGRANDE,
    PARABÉNS, TÍTULO MERECIDO, PARA UM GRANDE EDUCADOR E HOMEM.
    QUE DEUS ABENÇOE GRANDEMENTE SUA VIDA E DE SEUS QUERIDOS.
    ABRAÇOS
    SILAS-SEU ALUNO

  2. Homenagem merecida.Fui sua aluna nos aureos tempos do Capitão….que saudade…Realmente. ele nos ensinava geografia e tambem a ser gente.Hoje sou professora, mas e tao dificil ensinar essa meninada o basico da cidadania.Parabens Casagrande, voce foi um marco nas nossas vidas.

  3. Quantos medicos(como eu), dentistas, engenheiros, professores, e etc, etc, etc, nao devem uma parte de sua formacao a este grande homem. Parabens professor, que muitas pessoas se espelhem no senhor no sacerdocio do oficio de ser educador. Grande abraco

  4. Como fiquei feliz em saber q o meu, e dizer ao meu professor e amigo Casagrande recebeu esta homenagem, tão bonita e tao merecedora.Quero aproveitar este blog pra cumprimenta lo e mesmo de longe aplaudi lo de pé, pelos tantos anos de dedicação, onde ele realmente formou cidadãos e conquistou amigos.

  5. Fui aluna do professor Casagrande e amiga da Yeda,filha mais nova dele … um homem com um coração que não cabe nele de tão grande … tudo que sei devo a ele … quem dera hoje em dia ter um professor que saiba tanto e ensine tão bem.
    Super parabéns … um abraço enorrrrrme … igual a quando o senhor abria os braços na sala de aula prá explicar os pontos cardeais !!!

  6. Merecida homenagem a esse maravilhoso professor …
    fui uma de suas inumeras alunas do magistério e só tenho a agradecer pelos ensinamentos que me foi passado.
    Com toda certeza Olímpia que tem agradecer por ter ganho uma pessoa como o Professor Casagrande como é conhecido por todos, te-lo como um cidadão Olímpiense o orgulho é nosso.
    Afinal ser Professor…é uma profissão da qual depende todas as outras;Não há médicos, advogados, que não tenha recebido de um professor ensinamentos …!!
    Parabéns ….

  7. Parabens, querido professor, obrigado pelas aulas de geografia, mas principalmente pelo carinho , pela pessoa maravilhosa que o Senhor sempre foi.
    Sei que passaram muitos alunos, pela sua sala de aula, tambem passaram muitos professores pela minha vida, mas saiba que o senhor sempre foi especial.
    Um grande abraco e que Deus o abencoe sempre.

  8. querido professor, ser humano gentil e amigo, a homenagem foi justa, pena não poder estar presente, mas deixo meu abraço , parabens, sua ex- aluna e amiga, sonia mendes.

  9. Tio Casagrande, que lindo ver essa homenagem para o sr. que tanto nos ensinou. Professor por opção e por vocação, numa época onde professor era levado a sério. O Sr nos ensinou não só a geografia mas a sermos gente de verdade. Sempre dando uma chance para que pudéssemos dar o melhor de cada um mas respeitando o limite de cada um. Tenho muito orgulho de ter sido sua aluna, de ter convivido com sua família e de tê-los como amigo. Um grande abraço … de Campinas. Raquel.
    Em tempo: como estão por aqui, não consegui ir participar da homenagem! Na minha próxima ida a Olímpia vou fazer-lhe uma visita, e fico na espera da sua próxima vinda
    à Campinas. Grande abraço

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *