Pauta legislativa tem seis projetos nesta noite

camara_reformada04Seis projetos de lei, sendo dois do Executivo, estarão na pauta da sessão ordinária desta segunda-feira (26), na Câmara de Vereadores de Olímpia. E apenas dois em deliberação, um do prefeito Geninho Zuliani (DEM), que dispõe sobre a criação de cargos e vagas de provimento efetivo, e outro da Mesa Diretora que dispõe sobre a doação de bens móveis sem uso de propriedade do legislativo.

Clique ao lado para ler a pauta em sua íntegra.

DELIBERAÇÃO

PROJETO DE LEI Nº 130/2011 – Executivo – Dispõe sobre a criação de cargos e vagas de provimento efetivo.

PROJETO DE LEI Nº 4400/2011 – Mesa Diretora – Dispõe sobre a doação de bens moveis sem uso de propriedade da Câmara Municipal de Olímpia.

ORDEM DO DIA

Discussão única – PROJETO DE DECRETO LEGISLATIVO Nº 289/2011 – Comissão de Finanças e Orçamento – Aprova as contas da prefeitura municipal de Olímpia relativas ao exercício financeiro de 2009.

Urgência – Primeiro Turno – PROJETO DE LEI COMPLEMENTAR Nº 130/2011 – Executivo – Autoriza a criação de cargos e vagas de provimento efetivo.

Urgência – PROJETO DE LEI Nº 4399/2011 – Executivo – Dispõe sobre abertura de credito especial e da outras providencias.

Urgência – PROJETO DE LEI Nº 4400/2011 – Legislativo – Dispõe sobre a doação de bens moveis sem uso da Câmara Municipal.

Segundo Turno – PROJETO DE LEI COMPLEMENTAR Nº 119/2011 – Executivo – Dispõe sobre a inserção do parágrafo único do artigo 155 da Lei Complementar nº 1 de 22 de dezembro de 1993, que dispõe sobre o regime jurídico dos servidores públicos do município e da outras providencias.

Segundo Turno – PROJETO DE LEI COMPLEMENTAR Nº 120/2011 – Executivo – Dispõe sobre alteração da alínea ‘c’ do artigo 264 da Lei Complementar nº 1 de 22 de dezembro de 1993, que dispõe sobre o regime jurídico dos servidores públicos do município e da outras providencias.

REQUERIMENTOS

Nº 555/2011 – Priscila S. M. Netto Foresti e João Magalhães
Requerem ao prefeito municipal cópia na integra das contas de telefone (17) 3281-3663 os últimos seis meses, que conforme publicações da imprensa estaria em endereço não publico.

Nº 556/2011 – Priscila S. M. Netto Foresti e João Magalhães
Requerem ao diretor do Grupo Telefonica cópia na integra das contas de telefone do (17) 3281-3663 os últimos seis meses, que conforme publicações da imprensa estaria em endereço não publico.

Nº 557/2011 – Priscila S. M. Netto Foresti e João Magalhães
Requerem envio de oficio ao deputado estadual Sebastião dos Santos para intervir junto ao governador do estado de São Paulo, Geraldo Alckmin e ao secretário estadual de logística e transporte, Saulo de Castro Abreu Filho, para que possam atender a solicitação da pavimentação da Vicinal OLP 020 – José Recco.

Nº 558/2011 – Priscila S. M. Netto Foresti e João Magalhães
Requerem envio de oficio ao deputado estadual Baleia Rossi (PMDB) para intervir junto ao governador do estado de São Paulo, Geraldo Alckmin e ao secretário estadual de logística e transporte, Saulo de Castro Abreu Filho, para que possam atender a solicitação da pavimentação da Vicinal OLP 020 – José Recco.

Nº 559/2011 – Priscila S. M. Netto Foresti e João Magalhães
Requerem envio de oficio ao secretário estadual de logística e transporte, Saulo de Castro Abreu Filho, para que possa atender a solicitação da pavimentação da Vicinal OLP 020 – José Recco.

Nº 560/2011 – Priscila S. M. Netto Foresti e João Magalhães
Requerem envio de oficio ao governador do estado de São Paulo, Geraldo Alckmin, para que possa atender a solicitação da pavimentação da Vicinal OLP 020 – José Recco.

Nº 561/2011 – João Magalhães
Requer que a sessão ordinária seja encerrada em homenagem a José Flávio Rossi, falecido no dia 11 de setembro.

Nº 562/2011 – Luiz Antonio Moreira Salata
Requer encerramento da sessão ordinária em homenagem a Alzira Furlaneto Recco, falecida no dia 14 de setembro.

Nº 563/2011 – Luiz Antonio Moreira Salata
Requer encerramento da sessão ordinária em homenagem a Jesus Gonçalves, falecido no dia 14 de setembro.

Nº 564/2011 – Luiz Antonio Moreira Salata
Requer encerramento da sessão ordinária em homenagem a João Cassioli, falecido no dia 16 de setembro.

Nº 565/2011 – Luiz Antonio Moreira Salata
Requer envio de oficio a Diretoria da Embratel solicitando disponibilidade em Olímpia do sistema de telefonia fixo denominado “Telefone Livre”.

INDICAÇÕES

Nº 305/2011 – Gustavo Zanette
Solicita retirada do alambrado de proteção da caixa d’água que foi desativada e retirada no Jardim Hélio Casarini, ao superintendente do Daemo Ambiental, Walter Trindade.

Nº 306/2011 – Gustavo Zanette
Solicita ao prefeito municipal que determine ao setor competente a implantação de um parque infantil na Praça do bairro Jardim Sta Ifigênia.

Nº 307/2011 – Gustavo Zanette
Solicita retirada do alambrado de proteção da caixa d’água que foi desativa e retirada no Jardim Hélio Casarini, pelo prefeito municipal Eugenio Jose Zuliani ao setor competente.

Nº 308/2011 – Aguinaldo Moreno (Lelé)
Solicita ao prefeito municipal que seja viabilizada instalação de braço de luz, bem como extensão de rede na Av. do Folclore defronte o nº 249, Jardim Sta Ifigênia.

Nº 309/2011 – Aguinaldo Moreno (Lelé)
Solicita ao prefeito municipal que seja viabilizada instalação de braço de luz, bem como extensão de rede no cruzamento da Rua Candido Brunheira com Manoel Olmos, Jardim Sta Ifigênia.

Nº 310/2011 – Aguinaldo Moreno (Lelé)
Solicita ao prefeito municipal que seja viabilizada instalação de braço de luz, bem como extensão de rede na Av. do Folclore defronte o nº 279, Jardim Sta Ifigênia.

Nº 311/2011 – Aguinaldo Moreno (Lelé)
Solicita ao prefeito municipal que seja viabilizada instalação de 4 postes, 4 braços de luz, bem como extensão de rede na Rua Manoel Olmos, do nº 144 até o final da mesma, Jardim Sta Ifigênia.

Nº 312/2011 – Aguinaldo Moreno (Lelé)
Solicita ao prefeito municipal que seja viabilizada Praça de Lazer no cruzamento da R. Angelo Blanco com Av. do Folclore, bairro Sta Ifigênia.

Nº 313/2011 – Aguinaldo Moreno (Lelé)
Solicita ao prefeito municipal, bem como ao diretor da PRODEM, que providencie inserção nas placas de ruas na nossa cidade dos bairros que limitam cada região, principalmente nos bairros Sta Ifigênia, Boa Esperança, São Francisco, Miessa, COHAB IV, CDHU III, Canterville e Nosso Teto.

Nº 314/2011 – Gustavo Zanette
Solicita ao prefeito municipal que determina ao setor competente a operação tapa-buracos em toda extensão da Rua José da Cunha, Jardim Leonor.

Nº 315/2011 – Gustavo Zanette
Solicita ao prefeito municipal que determina ao setor competente a operação tapa-buracos em toda extensão da Rua Geraldo Tamelini.

Nº 316/2011 – Primo José Álvaro Gerolin
Solicita ao prefeito municipal e ao secretario de obras e serviços urbanos para que providenciem capina e limpeza de entulhos na Rua Luiz Gonzaga, Jardim Tropical II.

Nº 317/2011 – Hilário Juliano Ruiz de Oliveira
Solicita ao prefeito municipal que elabore uma política publica de conscientização e também que sejam instalados mecanismos específicos para recolhimento de entulhos dos terrenos baldios e congêneres da cidade.

Nº 318/2011 – Hilário Juliano Ruiz de Oliveira
Solicita ao prefeito municipal para que desempenhe ações e gestões junto ao governo federal e Caixa Econômica Federal para que o município seja contemplado com Programa Minha Casa Minha Vida para famílias com renda inferior a 3 salários mínimos.

Nº 319/2011 – Hilário Juliano Ruiz de Oliveira
Solicita ao prefeito municipal para que se empenhe na busca de instalação e manutenção de Bases Comunitárias de Segurança Distrital nos distritos de Ribeiro dos Santos e Baguaçu.

Nº 320/2011 – Hilário Juliano Ruiz de Oliveira
Solicita ao prefeito municipal que estabeleça a Guarda Municipal de cidade de Olímpia.

Nº 321/2011 – Hilário Juliano Ruiz de Oliveira
Solicita ao prefeito municipal que promova discussão e incentivo para a criação e instalação de uma cooperativa ou associação de catadores de lixo com finalidade de triagem e seleção de resíduos sólidos

***


* Fique à vontade para dar a sua opinião, mas atenção: se ele não aparecer no mesmo dia é porque, com certeza, você não leu a nossa política de comentários. No momento, está sob moderação.

5 comentários em “Pauta legislativa tem seis projetos nesta noite”

  1. Olá Concon, gostaria de aproveitar esse espaço para divulgar a minha opinião e indignação em relação ao que li no edital referente ao concurso nº01/2011 que está em andamento na prefeitura municipal de olímpia:
    Em primeiro lugar, não achei nenhuma informação á respeito do número de candidatos inscritos por cargo, ou da lista de candidatos habilitados para prestação das provas, eu por exemplo, gostaria de saber qual vai ser a minha concorrência.
    Em segundo lugar, o caderno de questões, não entendo o porquê de os candidatos não poderem ficar com o seu caderno, mas tudo bem, ainda seria aceitável se as provas fossem publicadas para que todos tivessem acesso, assim como em todos os concursos que eu prestei até hoje, nunca fiquei sem acesso á um caderno de questões.
    E em terceiro lugar, o que mais me surpreendeu, ler a seguinte cláusula do edital:
    “9.2.1. Não serão publicadas as notas obtidas pelos
    candidatos de nível superior por motivos ético-profissionais,
    mas apenas a classificação, sendo facultado aos candidatos
    requerer certidão de nota junto à Comissão.”
    Qual a diferença entre um candidato de nível fundamental, médio ou superior? Todas as pessoas que se inscreveram são iguais, porque divulgar a nota de um, e a de outro não? Aliás, porque não divulgar a nota de um candidato?
    Todos nós somos expostos de diversa forma por toda a nossa vida, e todos sabem que em um concurso público as pessoas vão ter acesso ao seu nome completo, data de nascimento e até R.G., mas por que não ter acesso á uma nota? Uma nota te classifica como sendo um bom ou mau profissional.
    Minha conclusão, e creio que eu não seja a única pessoa a pensar dessa forma, como eu saberei se a minha classificação está correta? Quem está acima de mim tirou que nota? Vou ter que ir perguntar pessoalmente?
    Como não pensar que pode tudo estar definido, quando não temos acesso ao que tiraria todas as nossas duvidas?
    Bom, é essa a minha opinião, precisava de um lugar para expressá-la e buscar alguma resposta, ouvir a opinião de outras pessoas, aqui eu acho que posso conseguir isso.
    Obrigada.

  2. Olá Concon, gostaria de aproveitar esse espaço para divulgar a minha opinião e indignação em relação ao que li no edital referente ao concurso nº01/2011 que está em andamento na prefeitura municipal de olímpia:
    Em primeiro lugar, não achei nenhuma informação á respeito do número de candidatos inscritos por cargo, ou da lista de candidatos habilitados para prestação das provas, eu por exemplo, gostaria de saber qual vai ser a minha concorrência.
    Em segundo lugar, o caderno de questões, não entendo o porquê de os candidatos não poderem ficar com o seu caderno, mas tudo bem, ainda seria aceitável se as provas fossem publicadas para que todos tivessem acesso, assim como em todos os concursos que eu prestei até hoje, nunca fiquei sem acesso á um caderno de questões.
    E em terceiro lugar, o que mais me surpreendeu, ler a seguinte cláusula do edital:
    “9.2.1. Não serão publicadas as notas obtidas pelos
    candidatos de nível superior por motivos ético-profissionais,
    mas apenas a classificação, sendo facultado aos candidatos
    requerer certidão de nota junto à Comissão.”

  3. Olá Concon, gostaria de aproveitar esse espaço para divulgar a minha opinião e indignação em relação ao que li no edital referente ao concurso nº01/2011 que está em andamento na prefeitura municipal de olímpia:
    Em primeiro lugar, não achei nenhuma informação á respeito do número de candidatos inscritos por cargo, ou da lista de candidatos habilitados para prestação das provas, eu por exemplo, gostaria de saber qual vai ser a minha concorrência.

  4. Em segundo lugar, o caderno de questões, não entendo o porquê de os candidatos não poderem ficar com o seu caderno, mas tudo bem, ainda seria aceitável se as provas fossem publicadas para que todos tivessem acesso, assim como em todos os concursos que eu prestei até hoje, nunca fiquei sem acesso á um caderno de questões.
    E em terceiro lugar, o que mais me surpreendeu, ler a seguinte cláusula do edital:
    “9.2.1. Não serão publicadas as notas obtidas pelos
    candidatos de nível superior por motivos ético-profissionais,
    mas apenas a classificação, sendo facultado aos candidatos
    requerer certidão de nota junto à Comissão.”

  5. Qual a diferença entre um candidato de nível fundamental, médio ou superior? Todas as pessoas que se inscreveram são iguais, porque divulgar a nota de um, e a de outro não? Aliás, porque não divulgar a nota de um candidato?
    Todos nós somos expostos de diversa forma por toda a nossa vida, e todos sabem que em um concurso público as pessoas vão ter acesso ao seu nome completo, data de nascimento e até R.G., mas por que não ter acesso á uma nota? Uma nota te classifica como sendo um bom ou mau profissional.
    Minha conclusão, e creio que eu não seja a única pessoa a pensar dessa forma, como eu saberei se a minha classificação está correta? Quem está acima de mim tirou que nota? Vou ter que ir perguntar pessoalmente?
    Como não pensar que pode tudo estar definido, quando não temos acesso ao que tiraria todas as nossas duvidas?
    Bom, é essa a minha opinião, precisava de um lugar para expressá-la e buscar alguma resposta, ouvir a opinião de outras pessoas, aqui eu acho que posso conseguir isso.
    Obrigada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *