IMG_4781-0.JPG

Promotora de Olímpia é suspeita de menosprezar assistentes do MP em redes sociais

G1 – A Corregedoria-Geral do Ministério Público instaurou nesta sexta-feira (14) um procedimento disciplinar para apurar uma suposta publicação de uma promotora de Justiça de Olímpia (SP) que, pelas redes sociais, teria ofendido assistentes do Ministério Público.

IMG_4781.JPG

Na publicação, ela se referiu aos profissionais como “legião de frustrados que ganham mal” e diz que “com o tempo, analistas serão um problema”.

A mensagem foi postada em um grupo restrito do Facebook, mas logo foi espalhada pela internet. “Complicado trabalhar com estes analistas. A pessoa entra às 9h e até às 13h30min faz dois processos digitais. Dois. Aí, você entrega um processo mais complexo e leva um, dois dias para finalizar manifestação de meia lauda. E depois querem passar em concurso. Tem que passar longe da aprovação. Com o tempo, esses analistas serão um problema, uma legião de frustrados que ganham pouco e que se acham muito. Socorro!!!”, dizia a publicação.

IMG_4783.JPG

O cargo de assistente da promotoria é ocupado por concursados exclusivos para advogados, que trabalham no suporte ao trabalho dos promotores.

O salário destes profissionais é de, inicialmente, cerca de R$ 7 mil. Já o de um promotor é de R$ 22 mil, o que teria justificado o comentário sobre salários.

IMG_4780.JPG

Agora, a promotora deverá ser chamada por corregedor para confirmar autoria da publicação e explicar os comentários.

A promotora foi procurada pelo G1 para falar sobre o caso, mas não foi encontrada.

3 comentários em “Promotora de Olímpia é suspeita de menosprezar assistentes do MP em redes sociais”

  1. Assim como os promotores, todos os servidores do Ministério Público merecem respeito! A pergunta é: será que esta atitude ficará impune? E se fosse o contrário: um analista ofendendo um promotor?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *