Ministério Público não encontra improbidade em depósitos judiciais de Olímpia

Publicado em 29 de maio de 2012 às 10h50
Atualizado em 29 de maio de 2012 às 10h50

O Conselho Superior do Ministério Público Estado de São Paulo arquiva hoje, em sessão pública de julgamento, inquérito civil aberto pela Promotoria acerca de suposta improbidade administrativa que teria sido cometida pelo prefeito Geninho Zuliani (DEM) em relação ao depósito judicial para pagamento de precatórios efetuados pela Prefeitura em 2010.

O aviso aos interessados consta de publicação no Diário Oficial do Estado (DOE), edição desta segunda-feira (28), na área do Poder Executivo, Seção I, Ministério Público.

O assunto foi bastante ventilado pela imprensa, incluindo Olímpia no rol de vários municípios que estariam irregulares. Agora, o Conselho Superior do MP comprova que não há nenhum indício de irregularidade cometida pelo prefeito Geninho quanto aos precatórios.

PUBLICAÇÃO NO DOE ONTEM

SP – Poder Executivo – Seção I

Ministério Público
CONSELHO SUPERIOR
Aviso nº 132/12 – CSMP, de 26/05/2012 O CONSELHO SUPERIOR DO MINISTÉRIO PÚBLICO, nos termos do artigo 231 de seu Regimento Interno, AVISA aos interessados que a ordem do dia da sessão pública para julgamento de promoções de arquivamento de inquéritos civis e/ou peças de informação a se realizar no dia 29/05/2012, é a seguinte:
1ª TURMA
Relator: TIAGO CINTRA ZARIF

26/05/2012-PATRIMÔNIO PÚBLICO Protocolo nº: 38432/12 – 1 Volume(s) – 0 apenso(s)/anexo(s) Nro Origem: 088/11 Olímpia Interessados: PREFEITURA MUNICIPAL DE OLÍMPIA e TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO Tema: IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA – PREJUÍZO AO ERÁRIO – ART. 10 DA LIA Descrição do assunto: APURAÇÃO DE EVENTUAIS IRREGULARIDADESEM DEPÓSITOS JUDICIAIS PARA OPAGAMENTO DE PRECATÓRIOS EFETUADOS PELA PREFEITURA MUNICIPAL DE OLÍMPIA, NO ANO DE 2010

Assunto(s): ,

Leia também:

Faça um comentário