Juiz agradece, em nome do TJ, doação da Guarani para o ‘Poupatempo da Justiça’

Publicado em 23 de julho de 2012 às 15h22
Atualizado em 23 de julho de 2012 às 15h28

A Guarani entregou no início da tarde desta segunda-feira (23) peças de mobiliário, computadores e impressoras, ao recém-inaugurado Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania (CEJUSC), de Olímpia, inaugurado no último dia 6 pelo Tribunal de Justiça.

DSC_1034

Com a cooperação da sociedade olimpiense, do Poder Público e de empresas privadas, o Cejusc é um órgão jurídico gratuito para conciliação. Na oportunidade, ele foi definido como ‘Judiciário Rapidinho’, mas hoje o juiz titular da 2ª Vara, Lucas Figueiredo, ao receber a doação da Guarani, o definiu como o ‘Poupatempo da Justiça’.

DSC_1035

Na oportunidade, o gerente de Assuntos Institucionais, Beto Perosa, representando a Guarani, e acompanhado pelo advogado da empresa Osvaldo de Lucca e assessor Douglas, destacou que a empresa apoia iniciativas que contribuam para melhorar a vida das comunidades nas quais atua. “Temos uma forte consciência social, todos os projetos que possam trazer o retorno do bem-estar coletivo a Guarani faz questão de apoiar, como é o caso do Festival de Folclore que, nesta 48ª edição, a empresa mantém forte patrocínio”, disse.

DSC_1036

O juiz Lucas Figueiredo, acompanhado pelo juiz da 3ª Vara, há um mês na função, Sandro Nogueira de Barros Leite, agradeceu a cooperação da Guarani em nome do Tribunal de Justiça: “Tenho a certeza que a empresa dá uma grande e importante colaboração para que muitas pessoas possam resolver conflitos que, se na Justiça comum, poderiam se arrastar por anos, daí a necessidade de aparelhar adequadamente este CEJUSC para que, de fato, haja uma contribuição social efetiva, diminuindo ou acabando com conflitos, trazendo mais tranquilidade e bem-estar à comunidade”.

DSC_1039DSC_1041DSC_1015DSC_1014DSC_1013DSC_1024DSC_1017DSC_1016DSC_1021DSC_1025DSC_1027

Assunto(s): ,

Leia também:

Faça um comentário