20140730-164432-60272627.jpg

Ex-prefeito de Cajobi é condenado a 2 anos de prisão por fraude

Diarioweb – O Tribunal de Justiça de São Paulo (TJSP) condenou o ex-prefeito de Cajobi, Dorival Sandrini, e o empresário Cláudio Augusto da Silva Fraletti a dois anos de prisão por fraude em licitação.

20140730-164432-60272627.jpg

A ação tinha sido julgada improcedente em primeira instância. No entanto, a pena foi substituída por multa e prestação de serviços à comunidade.

Consta que em abril de 2010, o então prefeito abriu licitação para fornecimento de infraestrutura da festa do peão de boiadeiro. No mês seguinte, a empresa Equipe de Rodeio 3 Corações, de Fraletti, foi declarada vencedora, com proposta de R$ 56,7 mil.

O pagamento deveria ser feito 30 dias após o evento e depois de laudo sobre o serviço prestado. Mas, segundo denúncia do Ministério Público, o pagamento ocorreu “já nos dias seguintes à conclusão” da festa.

O empresário não teria dinheiro em caixa para pagar prestadores de serviço, segundo o tribunal, e pediu dinheiro diretamente ao prefeito. “Sem provas das despesas com fornecedores, sem mensuração, o corréu Cláudio reclamou junto ao prefeito o resgate dos valores”, consta no acórdão.

Sandrini não foi localizado na segunda-feira, dia 28, pela reportagem do Diário da Região, de São José do Rio Preto, para comentar a condenação.

Já o empresário afirmou que irá recorrer da condenação. “Vou conversar com meu advogado. Não tinha conhecimento dessa decisão. Fui contratado e prestei o serviço. Não teve irregularidade”, disse.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *