Semanário faz jogo de palavras e confunde o leitor: Geninho não corre risco de ser cassado

Publicado em 25 de outubro de 2010 às 14h11
Atualizado em 25 de outubro de 2010 às 23h20

O semanário “Folha da Região” trouxe em sua recente edição uma manchete que mais confunde do que esclarece. Vários emails chegaram à redação do Blog do Concon pedindo explicações. Secretário de Planejamento e Gestão, Valter Trindade, esclarece: valtertrindade“Na entrevista, está tudo claro, mas o título confunde para o leitor que não tem tempo e paciência para ler longos, e enfadonhos, textos no fim de semana.

Em entrevista para aquele tablóide, Valter Trindade esclarece que “está propondo alterações na administração do município, principalmente relacionadas ao setor de compras de insumos, com o objetivo de evitar processos judiciais ao prefeito Eugênio José Zuliani, Geninho, e até mesmo alguma tentativa de cassação de mandado”.

Mas, o título “Secretário propõe mudanças para evitar cassação de Geninho Zuliani” insinua que algo não vai bem na prefeitura de Olímpia e que o prefeito estaria sendo ameaçado. Nenhuma dessas hipóteses é verdadeira, garante Trindade. “A função do administrador é tomar cuidados, não repetir erros e aperfeiçoar os próximos passos”, explica.

Seria o mesmo que você afirmar que é preciso andar direito senão poderá ser preso a qualquer instante, ou que algum motorista poderá sofrer um grave acidente de carro se descuidar das sinalizações e demais mandamentos da boa condução de um veículo. É só barulho de traque para uma matéria importante que, por causa disso, o seu conteúdo ficou em segundo plano, infelizmente”, desabafa o secretário.

O secretário disse, literalmente, ao semanário: ““A história vai se repetindo e falei: Geninho se não mudar vai acontecer com você também. Porque isso ocorre? É a estrutura de funcionamento da prefeitura e o prefeito sozinho não é ninguém. A prefeitura não é a pessoa do prefeito, não é as mesas e o prédio, são as pessoas. Então, precisamos investir nessas pessoas, precisamos fazer estrutura e determinar responsabilidade para servidor, para cada seção, para melhorar essa condição”.

Para Valter, que também teve de explicar o dia todo, por telefone, o que de fato ele disse ao jornal, “a manchete poderia ser outra, mais real, tal como ‘Secretário propõe mudanças para evitar erros de ex-prefeitos que hoje estão sendo processados’, tal como o antecessor de Geninho, Luiz Fernando Carneiro (PMDB), já com ficha suja com duas contas reprovadas e uma condenação ratificada hoje, segunda (25), pelo Tribunal de Justiça por ter empregado ‘assessor fantasma” (leia aqui).

“A minha função é aperfeiçoar a máquina administrativa exatamente para evitar erros, aperfeiçoando o modo de governo e, assim, não ter os mesmos problemas, inclusive a cassação, em eventual processo, mas da forma como foi colocado, e se o leitor, hoje tão comum, apenas ler a manchete, poderá interpretar de outra forma”, conclui o secretário.

De fato, uma das regras pilares do jornalismo é a ‘clareza’ e, pra variar, na ânsia de ter o ‘produto notícia’ embalado para o sensacionalismo, esse mandamento se perde de vista.

(Texto original do Blog do Concon®) Protected by Copyscape Online Copyright Search

***

* Pode comentar à vontade, mas antes, por favor, leia a nossa política de comentários.

Assunto(s):

Leia também:

3 comentários

  1. Diego disse:

    Olá leitores do blog! é uma grande satisfação em estar aqui. Bom serei breve… gostaria de saber se é verídico que todos os funcionários ( ou alguns) da PRODEM seram terceirizados ou até mandados em bora para sanar certas dívidas relacionadas à admistração pública.

  2. trisha disse:

    para mim, o jornal critica tudo o que o prefeito faz, eu acho que eles queriam um prefeito que não faz nada, sai como o último que deixou a cidade, o prêmio que ganhou Geninho não publicado, porque será …? um grande abraço para você.

    agradece ao seu blog ……………!!!!!!!!!! 11

Faça um comentário