Zona Azul só vai funcionar depois de audiência pública com comerciantes

Aprovada na última segunda-feira pelo placar de 7 a 2 na Câmara Municipal, a Zona Azul somente funcionará após o prefeito Geninho Zuliani (DEM) se reunir com comerciantes e demais interessados, em audiência pública, podendo ou não alterar os atuais 19 quarteirões do quadrilátero central abrangidos pelo projeto de lei.

A informação foi obtida com exclusividade pelo blog ontem à tarde.

zonazuldiagra
Em amarelo, a Zona Azul. Em verde, o centro da cidade. Audiência Pública vai definir a expansão.

Segundo a mesma fonte, o custo será de 1 real a hora com tolerância de 15 minutos para o início da cobrança, ou seja, se o motorista quiser pagar uma conta rapidamente, fazer uma entrega, buscar uma encomenda, e não exceder os 15 minutos iniciais, não será feito um cartão de cobrança.

“A Zona Azul democratiza o trânsito de Olímpia”, disse a mesma fonte. De fato, está quase impossível estacionar no centro e mesmo em ruas um pouco distantes, sem contar irregularidades como apenas uma moto, por exemplo, tomando toda uma vaga de automóvel.

O estacionamento pago no centro da cidade funcionará de segunda à sexta, das 8 às 17h, e aos sábados até ao meio-dia.

6 comentários em “Zona Azul só vai funcionar depois de audiência pública com comerciantes”

  1. A idéia da Zona Azul é excelente… Porém, acho que as imediações do Fórum também deveriam fazer parte da referida zona, pois, tal como ocorre no comércio, os funcionário estacionam seus carros pela manhã e só deixam o local a tarde…

    1. Bem-vindo, Bruno… Então, aguarde a audiência pública que será convocada pelo prefeito Geninho para debater o assunto. Particularmente, acho que a zona azul deva abranger também áreas além do quadrilátero revelado pelo blog.
      Abraços.

  2. Realmente a área do fórum tambem que ser zona azul, nas imediações da santa casa também, não da pra parar ali. Só estaciona médicos e funcionários de clínicas. A zona azul em Olímpia vai ser uma boa, parabens para o prefeito.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *