Vamos preparar a Festa

Publicado em 19 de fevereiro de 2015 às 15h21
Atualizado em 19 de fevereiro de 2015 às 15h21

Por Ivanaldo Mendonça – É maravilhoso acolher em casa pessoas amadas, parentes e amigos para festejar. Batizado, aniversário, casamento, formatura, bodas, churrasquinho no final de semana… Toda festa exige preparação, planejamento, criatividade, organização e muita disposição. Queremos que o ambiente seja agradável, que as pessoas sintam-se acolhidas, que os comes e bebes agradem a todos, que tudo aconteça da melhor maneira possível.

quarta-feira-de-cinzas_

Desde a quarta-feira de cinzas, vivenciando a Quaresma, preparamo-nos para a Páscoa. A maior Festa cristã celebra a essência da fé dos que têm Jesus Cristo como centro de suas vidas: a Ressurreição! Na Páscoa festejamos a alegria de viver em sintonia com o projeto de Deus, a paz em ter Jesus como Caminho, Verdade e Vida e a certeza de sermos guiados pelo Espírito Santo, força que nos cria e recria constantemente. Mais que um momento pontual ou cronológico, a Festa da Páscoa abraça toda a existência humana, da concepção à eternidade, a mesma vida, a única vida que, ao nascer brota e, ao ressuscitar, desabrocha em Deus. Páscoa é felicidade plena! Na terra ensaiamos o que, um dia, em Deus, será eterno.

A Quaresma, tempo de preparação para esta grande Festa, convoca-nos a percorrer o Caminho cuja seta indica para Deus, apresenta-nos Jesus como modelo a ser seguido e o Espírito Santo como força que sustenta e anima a caminhada. “Convertei-vos e crede no Evangelho”! Neste período, como Jesus no deserto, renunciamos a tudo o que nos afasta da vontade do Pai, superando o passageiro prazer do que é bom, nos lançarmos ao que, de fato, conduz ao Bem. Para este tempo forte de combate, a Igreja, nossa Mãe Espiritual, ensina e incentiva a prática da Oração, do Jejum e da Caridade.

Através da Oração, combustível da fé, estreitamos nossa relação com Deus; a oração pessoal e comunitária nos fortalece no combate contra os males que tentam nos seduzir por fora e por dentro. A prática do Jejum, fortalecendo em nós a autoconsciência e o autocontrole, evita que sejamos escravizados pelos impulsos, pelo imediatismo, pela moda do que “é bom pra mim” ou do que “é bom pra você”. A pratica da Caridade ou esmola, abre nossos olhos e coração para reconhecer a presença de Deus no irmão, sobretudo aquele que é violentado em sua dignidade, desafiando-nos à fraternidade.

Quaresma é tempo de conversão pessoal, comunitária e social. A atitude de escuta atenta da Palavra de Deus, a adesão ao seguimento fiel de Jesus Cristo que “faz novas todas as coisas” prepara-nos dignamente para celebrar a Páscoa todos os dias de nossa vida. Se investimos tanto em preparar nossas festas temporais como não investir na preparação da Páscoa, Festa que aponta para a felicidade eterna? Abramos a mente, o coração e a vida! Coloquemo-nos a caminho! Vamos preparar a Festa!

Ivanaldo Mendonça é Padre, Pós-graduado em Psicologia

Assunto(s): ,

Leia também:

Faça um comentário