Terço cantado em louvor à Padroeira na Fazenda Ponte Alta

Publicado em 12 de outubro de 2014 às 12h35
Atualizado em 13 de outubro de 2014 às 20h37

Texto e Fotos Julião Pitbull – Na noite do último sábado (11), na Fazenda Ponte Alta, bairro rural Cafundó, Olímpia, propriedade da família Sartorelli, foi celebrado o tradicional Terço Cantado, em Louvor à Nossa Senhora Aparecida.

IMG_3480.JPG

Assim como no Terço de São Pedro, rezado tempos atrás no local, familiares e amigos de Olímpia e região estiveram presentes, entre eles o empresário José Elias Morais (Zé das Pedras), construtor da gruta de Nossa Senhora Aparecida na Fazenda.

IMG_3478.JPG

A anfitriã, dona Lídia, seus filhos e netos, receberam todos com carinho e muita festa. O Terço cantado foi rezado pela Companhia de Folia de Reis Visitantes de Belém, do “Mestre Geraldo”.

IMG_3477.JPG

Após o Terço, cada membro da família pegou uma rosa entregue por Dona Lídia para que fosse levada até a imagem da Padroeira. Ao final, a Gruta ficou ainda mais linda com as rosas no seu interior e muitas pétalas que foram jogadas pelas crianças forravam o chão em volta da Gruta.

Depois dos agradecimentos emocionados de alguns membros da família, que acabaram contagiando todos que ali estavam, foram servidos lanchinhos e refrigerante à vontade.

IMG_3479.JPG

Como em todas as festas, mais uma vez foi registrada a fartura que o povo do campo sempre faz questão de ter e de servir, e na casa de Dona Lídia não foi diferente.

IMG_3475-0.JPG

Zé das Pedras elogiou mais esse evento que ele participou, ressaltando que “esse povo sabe como fazer essas festas e como louvar os santos. A fartura, o carinho, o amor e a devoção aos santos a Nossa Senhora Aparecida mostra a vida que eles levam no dia a dia. Apesar do esforço na lavoura, eles fazem questão de viver uma vida de muita paz, amor e tranquilidade. Isso que é bonito e eu adoro, por isso, parabenizo mais uma vez essa família linda dos Sartorelli, e peço que Deus continue iluminando a Dona Lídia e todos eles para sempre”.

Assunto(s):

Leia também:

Faça um comentário