Telefonia, produtos e bancos lideram reclamações dos consumidores olimpienses no Procon

Publicado em 20 de março de 2015 às 12h43
Atualizado em 20 de março de 2015 às 12h48

O Procon de Olímpia durante o ano de 2014 realizou 3.730 atendimentos. Desde junho, o Procon integra de forma ativa o Sistema Nacional de Defesa do Consumidor – SINDEC. Desta forma todos os atendimentos realizados no município são incluídos no Cadastro Nacional de Reclamações. Como se percebe no gráfico abaixo, telefonia representou 38% das reclamações, seguido de produtos (26%) e serviços bancários (20%).

DSC_0041-(1)

Dia 15 de março é comemorado o Dia Internacional do Consumidor, e em meio a estas comemorações, atividades e eventos, o coordenador regional da Fundação de Proteção e Defesa do Consumidor, Procon, de São José do Rio Preto, Alexandre Cavalheiro esteve presente na Uniesp/FAER, realizando uma palestra em parceria com o Procon municipal.

pizza

A palestra foi ministrada a alunos da ETEC e do curso de direito e teve como objetivo “esclarecer ao consumidor e ao cidadão os direitos que ele tem, como se portar diante relações de consumo com os fornecedores”, aponta Alexandre. Estiveram presentes no evento também a diretora do Procon de Olímpia, Tairine Fogagnoli e o vereador Leonardo Simões.

DSC_0002-(2)

Ainda nas comemorações, em Olímpia, um stand foi montado na Praça da Matriz e atendeu aos cidadãos das 9h às 15h. Alexandre explica que o evento foi realizado no estado de São Paulo, em parceria com os Procons municipais e presta uma série de orientações e esclarecimentos de dúvidas dos cidadãos. “A gente montou um grande stand nas áreas de maior circulação de cidadãos nas cidades e distribuímos material educativo a respeito de vários direitos, inúmeras orientações de consumo que hoje são comuns na sociedade. As cartilhas são preparadas de maneira didática e organizadas para o cidadão entender e interpretar o conteúdo mais facilmente”, elenca o coordenador.

SERVIÇO

PROCON DE OLÍMPIA

Rua Bernardino de Campos, 1440 e atende das 9h às 16h, de segunda a sexta-feira.

Mais informações pelo telefone (17) 3281-6734.

Assunto(s): ,

Leia também:

Faça um comentário