Secretária da Assistência recebe novos diretores do Abrigo para reinvindicações

Publicado em 12 de novembro de 2014 às 15h19
Atualizado em 12 de novembro de 2014 às 15h24

Na tarde de ontem (11), a Primeira Dama Ana Cláudia Casseb Finato Zuliani, de Olímpia,  também titular da Secretária de Assistência e Desenvolvimento Social recebeu o novo presidente do Abrigo São José, Douglas Caron, acompanhado de Patrícia Blanco, para atender solicitações para a entidade, entre eles a reativação e consolidação do Conselho Municipal do Idoso para que seja criado o respectivo Fundo Municipal.

abrigo-(2)

Dessa forma, a exemplo do Conselho Municipal da Criança e Adolescente, poderiam ser arrecadados através de campanha recursos advindos do Imposto de Renda. O Fundo terá o objetivo de facilitar a captação, o repasse e a aplicação de recursos beneficiando entidades que realizam ações de atendimento à pessoa idosa no município de Olímpia. A arrecadação de recursos é dedutível no Imposto de Renda tanto para pessoas físicas quanto pessoas jurídicas.

A aplicação dos recursos do Fundo é administrada de acordo com plano elaborado pelo Conselho Municipal do Idoso e aprovado na Lei Orçamentária Anual.

A Secretária Ana Claudia disse que irá analisar os demais pedidos da entidade, além do repasse anual que já é efetuado, que terá acréscimo de R$ 54 mil para o ano de 2015, passando de R$ 84 mil para R$ 138 mil.

“Sabemos das necessidades e vamos ajudar dentro das nossas possibilidades”, disse Ana. Os representantes do Abrigo endossaram que toda ajuda é bem vinda e que a população pode participar: “O Abrigo é de Olímpia, precisamos lutar para mantê-lo funcionando e oferecendo aos nossos idosos dignidade nesta fase da vida”, finalizou Douglas.

OS DESAFIOS

Empossada há cerca de um mês, a nova diretoria do Abrigo São José, através do presidente Douglas Caron e vice Marcos Blanco, tem grandes desafios, realizar melhorias contínuas no atendimento aos idosos e na estrutura física do local, ainda tornar a administração do asilo olimpiense um modelo de gestão.

abrigo-(1)

O Abrigo São José, entidade filantrópica de Olímpia, acolhe pessoas idosas que não têm condições de prover sua subsistência, sem distinção de raça, condição social, credo político ou religioso.

Fundado há 71 anos pela a irmã Angelina Duvale e senhoras da sociedade que viram a necessidade de abrigar pessoas idosas totalmente desassistidas, o Abrigo atende hoje em regime asilar, 66 idosos de ambos os sexos, que recebem cinco refeições por dia com cardápio elaborado por nutricionista, atendimentos médico, psicológico, fisioterapêutico, de enfermagem e assistente social, além da estrutura física com quartos e áreas comuns. “Temos intenção de chegar aos 72 internos, sendo que o Abrigo já chegou atender 90 internos”, disse Douglas.

Hoje a entidade recebe recursos federal, estadual e municipal. Além de porcentagem do salário dos aposentados asilados no Abrigo, dos carnês e da campanha de doações que arrecada recursos na conta de água da DAEMO, oriunda de Projeto do vereador Beto Puttini. Porém como é de praxe em diversos locais beneméritos os valores ainda não são suficientes.

O presidente pede a colaboração da população para que da mesma forma que contribui com outras entidades olimpienses, possa também ajudar o Abrigo São José através da doação advinda da conta de água. “Queremos dar ênfase nesta campanha que é essencial. Os interessados podem contribuir desde o valor de R$ 3 até R$ 1.000 por mês, a pessoa escolhe o montante”, disse.

Para contribuir os interessados devem preencher um formulário no DAEMO ou no Abrigo São José que conterá o nome, endereço, RG e assinatura do doador. “Se a pessoa não tiver tempo ou disponibilidade de se dirigir aos locais, podem ligar no Abrigo no telefone 3281-1304 que vamos até a residência ou trabalho para preencher a ficha que autoriza a doação”, endossou Patrícia Blanco, esposa do Vice Presidente Marcos.

Assunto(s): ,

Leia também:

2 comentários

  1. dedé disse:

    O incêndio que causou a morte de um dos internos foi a causa da troca da diretoria?

Resposta para Leonardo Concon