Prefeito negocia com a CEAGESP dívida de quase R$ 4 milhões e a assinatura do Água Limpa nesta sexta na capital paulista

Publicado em 04 de fevereiro de 2011 às 9h54
Atualizado em 04 de fevereiro de 2011 às 16h11

sechidricoO prefeito Geninho Zuliani (DEM) está em São Paulo nesta sexta-feira (4) acompanhado dos secretários Valter Trindade (ainda Planejamento), Paulo Marcondes (Governo) e Edílson De Nadai (Negócios Jurídicos).

Agora pela manhã, às 11h30, Geninho estará negociando a dívida do município com a CEAGESP (Companhia de Entrepostos e Armazéns Gerais de São Paulo).

A Companhia de Entreposto de Armazéns Gerais do Estado de São Paulo-Ceagesp, está cobrando uma dívida de R$ 3,7 milhões do município, valor que a estatal estima para os prédios desapropriados na gestão do ex-prefeito José Fernando Rizzatti (1997/2000), hoje secretário de Agricultura da cidade.

Um destes imóveis, às margens da vicinal Wilquem Manoel Neves, abriga, hoje, as instalações da metalúrgica Italcabos.  O outro, conhecido como “prédio da Ceasa”, localizado na Avenida Governador Dr. Adhemar Pereira de Barros, funcionou por muitos anos como entreposto de pescados e por último como “fábrica de gelo”.

LAGOA COMPACTA

Edson GiriboniA outra audiência será na Secretaria de Saneamento e Recursos Hídricos do Estado, às 16h, com o titular Edson Giriboni, para tratar da assinatura do Programa Água Limpa. Serão cerca de R$ 17 milhões para a construção da lagoa compacta de tratamento de esgoto que, originalmente, seria lagoa de tratamento a céu aberto nas proximidades do Thermas dos Laranjais, mas esse projeto do governo passado foi descartado por Geninho Zuliani que preferiu buscar mais recursos no governo paulista, levando o esgoto da cidade para além da rodovia Assis Chateaubriand e, agora, através de sistema mais moderno (compacto).

Dos R$ 5 milhões iniciais necessários, o prefeito olimpiense conseguiu arrancar do ex-governador José Serra (PSDB) cerca de R$ 17 milhões.

PERFIL DO NOVO SECRETÁRIO

Edson Giriboni foi eleito deputado estadual pela primeira vez em 2006 e reeleito em 2010 pelo PV. Atualmente, foi vice-presidente da Comissão de Finanças e Orçamento. Ex-presidente Comissão de Economia e Planejamento, foi membro efetivo da Comissão de Transportes e Comunicações.

Foi vice-prefeito de Itapetininga por dois mandatos (1989-1992/2001-2004 – PV) e engenheiro da Ferrovia Paulista S/A (Fepasa) entre 1977 e 1999, sendo superintendente entre 1994 e 1999.

É formado em Engenharia Civil pela Escola Politécnica da USP e Administração de Empresas pela Associação de Ensino de Itapetininga, cidade onde nasceu.

***


* Fique à vontade para dar a sua opinião, mas atenção: se ele não aparecer no mesmo dia é porque, com certeza, você não leu a nossa política de comentários. No momento, está sob moderação.

Assunto(s):

Leia também:

1 comentário

  1. JULIO DE OLIVEIRA disse:

    Se o Geninho não tivesse essas dividas seria bem mais facil, 4 milhoes dá no minimo pra construir mais 4 creches de R$ 1 milhao cada uma.

Faça um comentário