Líderes da oposição e situação solidarizam-se com ‘Zé das Pedras’. Salata sugere processar radialista Márcio Matheus

Publicado em 14 de outubro de 2009 às 21h43
Atualizado em 14 de outubro de 2009 às 22h36

João Magalhães

João Magalhães

Luiz Salata

Tanto a oposição quanto a situação estiveram do lado do vereador José Elias Morais (PMDB), Zé das Pedras, em relação às críticas feitas na semana passada pelo radialista Márcio Matheus, da Rádio Menina AM, ao vereador, fazendo sérias e graves acusações, e insinuações, contra sua honra pessoal, empresarial e até política.

João Magalhães (PMDB), da mesma bancada de Zé das Pedras, e Luiz Salata (PP), líder da bancada governista, e o ex-líder Primo Gerolim (DEM), externaram solidariedade ao vereador em manifestações na tribuna, na última sessão ordinária, terça-feira (13).

Magalhães evitou aprofundar-se na questão em si da desavença do radialista contra o vereador, fazendo um discurso genérico e mais recheado de elogios a Zé das Pedras. Salata foi mais fundo, criticou a emissora, disse que “ela é useira e vezeiras em ataques e falácias, tanto que foi multada pela Justiça Eleitoral em mais de R$ 200 mil nas últimas eleições, e até ficou fora do ar no dia do pleito”, e sugeriu a Zé das Pedras que “busque a reparação moral na Justiça”. Já Gerolim, que havia dado o seu ‘boa noite’, retornou para dizer “Zé, estou com você, pode contar comigo”.

Segundo informações obtidas por este blog, Zé das Pedras vai cumprir a sugestão de Salata, processando Márcio Matheus por injúria, calúnia e difamação.

Ouça, na Rádio Blog, as manifestações (pela ordem) de Magalhães, Salata e Gerolim. Zé das Pedras preferiu não se manifestar, mas desceu até à mesa de Salata para abraçá-lo.

Faça um comentário