Família que sofreu queimaduras permanece nos hospitais da região

Publicado em 21 de setembro de 2014 às 13h33
Atualizado em 21 de setembro de 2014 às 14h20

Permanece internada em estado grave uma família com três pessoas, entre eles uma criança de 9 anos, socorrida com graves queimaduras após ficar presa em meio a um incêndio, em uma plantação de cana em Guaraci (SP), na noite desta sexta-feira (19). Pai, mãe e filho estavam em um carro que saiu da pista e se perdeu no canavial em chamas.

fogo_1

O homem, de 36 anos, teve queimaduras de 1º e 2º graus e 25% do corpo queimado. A mulher, de 41 anos teve 60% do corpo queimado com ferimentos de 2º e 3º graus. Ambos estão internados no Hospital de Base de São José do Rio Preto (SP).

O caso mais grave é da criança, de 9 anos, que teve queimaduras de 2º e 3º graus e 90% do corpo queimado. Ele foi transferido para a unidade de queimados do Hospital Padre Albino em Catanduva (SP).

Segundo informações da polícia, o motorista, pai da criança, conduzia o carro por uma estrada vicinal quando, desorientado pela fumaça, entrou no canavial. Ao descerem do veículo, eles foram atingidos pelas chamas.

A família conseguiu voltar à vicinal e foi socorrida por funcionários de uma usina. Eles foram levados, inicialmente, para o Hospital de Guaraci e encaminhados para a Santa Casa de Olímpia (SP).

O incêndio, que começou na quinta-feira (18), foi controlado por equipes do Corpo de Bombeiros de Olímpia e funcionários de usinas na região. De acordo com o Corpo de Bombeiros, o incêndio destruiu aproximadamente dois mil hectares de cana, pasto e mata nativa, o equivalente a 2,5 mil campos de futebol.

Por outro lado, familias que moram no meio da cana perderam plantaçoes, gado, bichos de estimação, e quase perderam a vida, e segundo infomações são muitas as familias que passaram por isso,

Fonte: G1

Assunto(s): ,

Leia também:

1 comentário

  1. bianca ap pereira da silva disse:

    que deus cuida dessa familia

Faça um comentário