Dois restaurantes de Olímpia são selecionados no Festival Gastronômico Sabor de SP

Publicado em 17 de setembro de 2015 às 11h59
Atualizado em 17 de setembro de 2015 às 12h00

Em sua terceira edição, o Festival Gastronômico Sabor de São Paulo escolheu dois pratos de restaurantes de Olímpia, na 13ª etapa de degustação, realizada, em Barretos, anteontem, terça-feira (15): o Bolinho de Vaca Atolada (Lá Nô Armazém Restaurante) e a Linguiça Cuiabana com Farofa de Cebola (Restaurante e Pizzaria Villa da Vó).

Este é um projeto da Secretaria de Turismo do Estado de São Paulo, que percorre as 15 macrorregiões do Estado em busca dos melhores pratos típicos que representem a gastronomia paulista. O evento é realizado pela revista Prazeres da Mesa e apoiado pelo Senac São Paulo.

DSC_0029-(1)

Dez pratos foram previamente selecionados para participar de cada etapa para que um júri técnico e o público definissem os quatro melhores pratos que irão concorrer na final, nos dias 7 e 8 de novembro, em São Paulo.

Para a chef de cozinha do Lá Nô, Mariana Rodrigues, e o proprietário do Villa da Vó, Rafael Christofolo, além da expectativa de poder chegar à final em São Paulo, participar desses festivais é muito importante para divulgar os restaurantes, a gastronomia da região e também levar o nome da cidade.

“O Festival é um resgate das receitas com produtos regionais que poderiam se perder diante da industrialização, são pratos que têm história. Além disso, é uma forma de impulsionar o turismo gastronômico. Ano passado, por exemplo, 110 mil pessoas estiveram presentes na final do Festival, em São Paulo”, explica a Coordenadora de Turismo do Estado, Christine Grecco.

Os dez representantes de cada região farão parte do Guia de Turismo Gastronômico do Estado, valorizando os pratos típicos do interior.

Após a degustação, foi feita contagem de votos que definiu os quatro pratos finalistas da etapa entre os seis pratos de Barretos, dois de Cajobi e dois de Olímpia que concorreram.

O primeiro finalista a ser anunciado foi o Bolinho de Vaca Atolada do Lá Nô Armazém Restaurante, de Olímpia. Os outros finalistas são: Carne de Porco na Lata com Vinagrete de Mandioca e Farinha Temperada (Orquidário Rancho da Serra – Barretos); Lasanha Sertaneja (Restaurante Macadâmia – Barretos); e Bolinho do Tropeiro (Sabores de Los Andes – Barretos). Emocionada, Mariana Rodrigues, chef do Lá Nô, declarou “Tenho a sensação de reconhecimento de muito trabalho e amor pela gastronomia”.

DSC_0011-(1)

O diretor de Atendimento ao Turista de Olímpia, Paulo Duarte, compareceu ao evento representando o secretário de Turismo, Beto Puttini, que ficou entusiasmado com o resultado. “É uma grande satisfação saber que a gastronomia olimpiense tem muita qualidade. Os dois restaurantes representaram a cidade muito bem e estarão no Guia de Turismo Gastronômico. Agora vamos para São Paulo disputar a final”, declarou o diretor.

A ETAPA

Em Barretos, a etapa começou com um workshop de culinária com a chef Ana Kanamura. Em seguida, o público pode experimentar os dez pratos participantes. José Luís Alvarenga é de Bebedouro, foi prestigiar o evento e saiu satisfeito. “Precisávamos desse tipo de evento na região. É uma oportunidade para cozinheiros e restaurantes mostrarem seu trabalho e também para a população provar bons pratos”, declara.

DSC_0082

O Secretário de Turismo de Barretos, Adriano Santos esteve presente no Festival e relata que o principal prêmio do evento é poder divulgar a gastronomia regional para todo o Estado. “É fundamental fortalecer a região como um todo, mostrar o que as cidades oferecem e a gastronomia se torna mais um atrativo para o turista”, salienta.

O prefeito de Barretos, Guilherme Ávila, em seu discurso, citou Olímpia como exemplo de Estância Turística da região e parabenizou os restaurantes participantes.

Assunto(s):

Faça um comentário