De novo, FPM e IPM menores em 2.010

Publicado em 16 de setembro de 2009 às 3h27
Atualizado em 19 de setembro de 2009 às 19h03

A história vai se repetir no ano que vem: reduções nas transferências do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) e do IPM (Índice de Participação dos Municípios), neste último caso referente a repasses do governo federal aos municípios de parcela do Imposto Sobre Circulação de Mercadorias (ICMS)./span>

Vejam a tabela que o Diário da Região, de Rio Preto, publicou:

Preocupante, é. Mas, nem tanto. É o que tranquiliza o secretário municipal das Finanças da prefeitura de Olímpia, contador Cleber Cizoto: “A diminuição das fatias desses repasses já estava prevista no orçamento atual. E vamos fazer com que se mantenha no orçamento de 2.010. É ruim perder dinheiro. Mas, por isso estamos estudando formas de, cada vez mais, dependermos menos de receitas estaduais ou federais, reforçando as receitas próprias, fiscalizando mais, informatizando e trazendo para a nossa realidade a melhor forma de mantermos as receitas em ordem, sem onerar, sem aumentar nada, apenas racionalizando”.

Não é o caso de afirmar que Olímpia estaria arrecadando menos, por isso recebe menos repasses. Nem mesmo os repórteres do Diário da Região, sempre bem informados e com suas ‘fontes quentes’, obtiveram respostas do ‘sobe e desce’ desse novo ranking negativo de repasses estaduais.

Como disse Cleber Cizoto para este blog no final da tarde de ontem, terça, é preocupante, mas nada que abale as estruturas dos cofres municipais e comprometa investimentos. Menos mal. Por ora.

Faça um comentário