Asfalto na Alberto Oberg: união do Executivo e Legislativo com a iniciativa privada

Publicado em 12 de maio de 2014 às 22h48
Atualizado em 12 de maio de 2014 às 22h54

Uma antiga reivindicação dos moradores e da Pousada Beco da Lua, através do empresário Idney Fávero, finalmente, está se concretizando: a pavimentação asfáltica da rua Alberto Oberg, no Jardim Cisoto, em Olímpia.

IMG_2133

Leia mais

Geninho e Beto Puttini conseguem melhorias na Avenida Alberto Oberg

Essa obra só foi possível devido à união de esforços do poder público municipal, através do prefeito Geninho Zuliani (DEM), que buscou recursos de R$ 150 mil através de emenda parlamentar do deputado Pastor Bittencourt, por intercessão do ex-vereador Primo Gerolim, e do aproveitamento da terra utilizada para a terraplanagem do loteamento Viva Olímpia, solicitada pelo presidente da Câmara Beto Puttini (PTB), e da iniciativa privada: a empreiteira responsável pelo referido loteamento.

IMG_2131

O trecho é conhecido como ‘Picadão’.

“Foi a somatória de trabalho do legislativo e executivo que permitiu a realização do serviço, vai faltar cerca de 200 metros para chegar até a avenida Mário Vieira Marcondes, onde já estamos em busca deste novo recurso para concretizar toda sua extensão”, disse Puttini.

Assunto(s): ,

Leia também:

3 comentários

  1. Jorge Damion disse:

    Bom dia.

    Venho para cumprimentar pelo empenho em realizar esta obra, reivindicada pelos moradores deste bairro há décadas. É preciso que seja feita a obra por completo, não pode ficar “faltando 200 metros”, para não comprometer a parte que já está feita, pois sem a infra-estrutura correta (asfalto, guias, GALERIAS) o trabalho será perdido. Nós moradores deste setor da cidade, e demais cidadãos que utilizam esta via, aguardamos a finalização da obra.

  2. aparecido disse:

    uma pena que nao vai chegar ate a mario vieira marcondes agora vai ficar um serviço imcompleto e triste que aconteça isso um trecho longo que esta sendo asfaltado e ficar 200 metros sem asfalto e dificil entender o porque!

    • Jorge Damion disse:

      Resido a poucos metros de onde está sendo feito o asfalto, e observei que não vai adiantar nada, pois está sendo asfaltado um trecho “no meio” da Avenida Alberto Oberg, tanto no início quanto na continuidade da mesma, vai ficar na terra. Também consultei um engenheiro e ele informou que este serviço não pode ser feito sem as devidas galerias para captação de águas pluvias, pois vai ficar pior do que está, quando chover. Da forma que estão fazendo, não vai levar o cidadão a lugar nenhumm e será um desperdício de dinheiro, vai perder tudo rapidinho. Quem autorizou uma obra destas?

Faça um comentário