Metralhadora giratória: Thermas não existe ‘de Direito’. Débitos federais parcelados. Águas quentes podem ser ‘alugadas’ por R$ 500 mil. Lobão vai ‘cassar’ DNPM dia 1°. E..e…e…

Publicado em 26 de setembro de 2009 às 16h28
Atualizado em 02 de dezembro de 2009 às 23h53

O empresário e atual presidente do clube Thermas dos Laranjais de Olímpia,Benito Benatti (foto), está sob suspeita de ser proprietário dos poços profundos de águas termais, de propriedades minerais, e de, futuramente, vir a cobrar dos sócios-proprietários um ‘aluguel’ de R$ 500 mil (mensais ou anuais).

A suspeita, ou dúvida como eufemisticamente pode ser chamada, ao lado de outras tantas, foram reveladas ontem à noite (sexta, 26), na reunião do ‘Movimento Renovação: Turismo, Transparência e Competência’, realizada na sede social da subsecção da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil), com cerca de 50 associados, em sua maioria, sócios-proprietários. E não as acusações não param por aí. Leia a íntegra da reportagem (que ainda não acabei por ser ‘muita coisa’, e somente depois clique para ouvir o que disse Gilson Delgado, quase na totalidade). Apenas este Blog estava presente como imprensa. Outra informação é a de que o DNPM, Departamento Nacional de Produção Mineral, deixará de existir a partir do dia 1°, porque “o ministro Edson Lobão, das Minas e Energia, irá moralizar o setor de garimpagem, extinguindo também a cessão de lavra a particulares, como ocorreu em Olímpia em nome de Benito”.

O Blog tentou confirmar essa informação. Em nenhum lugar algum consta que o DNPM, que existe há 75 anos, poderá ser extinto. Enviamos email para o chefe do 2° Distrito de SP, Enzo Luís Nico Júnior, quem lacrou e posteriormente deslacrou, os poços do Thermas, para que esclarece esse e demais suspeitas levantadas pelo Movimento. A resposta deverá chegar, já que Enzo chegou a deixar inclusive seu celular e email pessoais conosco.

Além disso, alguns revelaram estarem sofrendo perseguições por causa do desejo de renovarem os conselhos fiscal e administração na eleição de abril próximo, como foi o caso do presidente da OAB, Gilson Delgado: “Alguns clientes deixaram de frequentar o nosso escritório, recebo pressões por ter cedido este salão da entidade para o movimento, e não quero nem saber, enquanto eu estar presidente da OAB de Olímpia, até 31 de dezembro deste ano, quem toma as decisões aqui sou eu. Tem gente em Olímpia que não está acostumada com democracia”.

Outra suspeita que veio à tona é a razão pela qual o Thermas fez recente anúncio na “Folha da Região” de ‘adesão voluntária’ do Clube aos efeitos da Lei 11.941/09, de 27/5/2009. Esta lei versa sobre parcelamento de débitos, segundo Sérgio Nei (veja comentários que ele deixou no post ‘Servilhismo Jornalístico’ neste blog). Quais as dívidas que o clube teria, já que a auditoria recente não identificou passivos? De quanto seria? Sobre qual fato gerador? E Sérgio Ney questiona: “É esta, na verdade, a razão da existência dos tais R$ 16 milhões aplicados? Segundo Nei, “alguma coisa muito grande existe aí. Isso desmente o que dizem por aí, que queremos nos eleger no Thermas porque ele tem dinheiro, isso não é verdade, lido com todo o tipo de empresas há 35 anos e, se porventura chegarmos lá, podem ter certeza que não será um mar de rosas, muito pelo contrário, mas vamos poder ter pessoas que, democraticamente, serão ouvidas e participarão da busca de solução e do desenvolvimento do clube”.

Vários sócios se revezaram nos discursos, entre eles Sérgio Ney Padilha Garcia, Gilson Delgado (presidente da OAB local), promotor Sérgio Acayaba de Toledo, o médico pediatra Américo Moreda Mendes, o conselheiro vitalício Enrico (um dos 45 fundadores do clube), entre diversas outras manifestações do plenário.

DISCURSO DURO

Gilson Delgado fez um discurso inflamado, irritado, criticando os que tem, segundo ele, procurado difamar o movimento, principalmente no episódio do DNPM: “Chegaram ao cúmulo de nos acusar de sermos os denunciantes, depois tiveram a cara deslavada de virem a público afirmando que foi denúncia anônima e, em seguida, veio o Enzo (diretor do DNPM) e disse que a coisa vinha lá de trás, de novembro do ano passado. Ora, então tem coisa aí. Depois, nos acusam de sujar a cidade com panfletos. Não é apócrifo, não. Ele tem a assinatura do movimento. Quando se atinge ao grupo, se atinge a todos, eu tenho família, tenho moral e exijo respeito. Tomem cuidado com o que vai escrever sobre o movimento. Não somos a favor de coisas escondidas, anônimas, plantar conversinhas, fofocas. Todos tem aqui tem responsabilidades e nomes a zelar, tem história nessa cidade”.

Delgado lembra como surgiu esse movimento: “Foi numa assembléia de diretoria onde se debateu a idéia do clube passar a ser uma sociedade anônima (S.A.). E ao invés de esclarecerem direito essa idéia, saímos de lá com mais dúvidas na cabeça”. Depois, já havia pedidos de associados pedindo quadra poliesportiva, campo de futebol, e nada. O clube é importante para o turismo, para a cidade? É. Mas, e para o associado? Eu gosto de jogar uma bolinha, e tenho de pagar 20 reais por mês num outro local, pode isso? Fizemos um documento ordeiro, sem alarde nenhum, ainda até pedimos para que o presidente ‘pensasse com carinho’ em restaurar a quadra sem aro para quem quer jogar basquete, e outras coisas básicas para o associado, e até ontem nenhuma resposta”.

Sobre a propriedade dos poços profundos de águas quentes, Gilson Delgado disse que pesquisou no Diário Oficial da União e descobriu que, além do nome de Benito Benati assinando requerimentos para pesquisa de lavra de água, o que seria natural num primeiro momento, já que ele é o presidente do clube, não constam o CNPJ do Thermas e sim o CPF, documento particular, do presidente Benati.”E a situação consta como ‘outorgado’, a substância é água mineral, tipo de uso balneoterapia. Aí, aconteceu tudo aquilo em Olímpia, lacra, deslacra. E o ministro Edson Lobão afirmou à Veja que o DNPM não vai mais poder outorgar a partir do dia 1° próximo, daí em diante novas regras só com o titular da Pasta, o ministro Lobão, e as licenças deixarão de ser concedidas às pessoas físicas”, revelou Delgado.

“Eu quero esclarecimentos. Continuo querendo esclarecimentos”, prosseguiu Delgado. “Pedi a relação de associados, negaram. Gente, eu sou co-responsável por tudo isso, somos sócios-patrimonais. Não nos respondem nada. Certa vez, para protocolar um documento tivemos de ameaçar chamar a polícia, aí sim receberam. Quando deslacraram os poços alguém de vocês foram convidados? Teve coquetel, foguetório, coletiva para a imprensa, naquele dia eu me senti muito mal, quem somos afinal de contas?”, completou.

Gilson Delgado perguntou “se há algum crime em nos preocuparmos com o presente e o futuro do clube, queremos o bem de Olímpia, não temos nada contra o senhor Benito, embora discorde de alguns métodos seus, mas esse movimento não é para derrubar ele e sim para renovar os conselhos, para tirar gente apadrinhada, que não comparece, que no dia seguinte precisa ir uma pessoa com o livro de ata para pegar a assinatura do conselheiro em casa para dar quórum, mas se tiver coquetel, boca livre, aí podem ir mais pessoas. Não queremos isso. Reconhecemos o Thermas como potencial turístico. Queremos e amamos Olímpia. Só precisamos ter voz e vez lá dentro. E até defendemos, em algumas ocasiões, o senhor Benito: se o Conselho é omisso, não podemos culpá-lo, se alguns conselheiros não comparecem, não se preocupam, como podemos culpar ele?”

OUTRAS DECLARAÇÕES

O empresário Nilton Ferrato, da Ferrasa, disse que “para o DNPM não existe diferença de pessoa física e jurídica, essa mentira de dizer que pediu para a pessoa física para acelerar o processo ou porque seria preciso, é mentira, e uma mentira acarreta em outra. Temos experiência nisso porque fomos ver o pedido de lavra de água para um empreendimento turístico nosso”.

Por sua vez, o médico pediatra Américo Moreda Mendes, entre outras afirmações, frisou que “é um absurdo quererem conceder título de utilidade pública para o Thermas, seis vereadores quererem decidir em nome de 3.500 sócios-patrimoniais. Temos de sair, portanto, dessa reunião de hoje como multiplicadores, porque os verdadeiros ‘amigos do Thermas’ somos nós”.

De novo, Gilson Delgado, em outro aparte: “Existem coisas sérias, seríssimas, acontecendo dentro do clube e que podem acarretar no fechamento do clube novamente. Se o clube não acordar, não colocar a mão na consciência e procurar ouvir os associados, que já deveria ter feito há muito tempo, vai acontecer coisas gravíssimas que não foram sanadas, assim como não foi sanada até hoje a adequação do estatuto ao novo Código Civil, talvez por isso é que a propriedade dos poços profundos possam ter saído em nome de pessoa física, já que a pessoa física existe e a jurídica não existe, é ilegal, ela existe de fato, mas não de Direito, mas que tenham a honradez de virem a público para esclarecerem”.

De novo, Gilson: “Que matéria exclusiva foi aquela que saiu na ‘Folha da Região’? Nunca vimos tantos exemplares, ainda mais gratuitos, desse jornal, como estavam empilhados na academia do clube. E depois a mesma frase saiu estampada em out-doors pela cidade. Então foi matéria paga. Para isso o clube tem dinheiro? Não seria mais fácil e barato esclarecer diretamente a nós, associados patrimoniais? Propaganda se faz fora da cidade, aqui todos sabemos quem é o Thermas e a sua importância”.

E, de novo: “Não sou expert no assunto, não sou jurista, mas posso afirmar com quase certeza: o direito de exploração é de quem tem a posse da lavra. Se amanhã ele (Benito), quiser cobrar, ele vai cobrar do clube. (Um aparte do plenário: ‘Segundo falaram, já teria até preço. É comentário, não tem nada de real, mas estão falando). Vamos imaginar que amanhã ele chega e diga: Não cedo mais a água, ele vai cobrar. E tem um detalhe: enquanto a água estiver no subsolo, é da União. A partir do momento que sair, é de quem tem a lavra e vai poder explorar. Mesmo estando em área do clube, mas a exploração do subsolo é dele. Não sabemos ao certo, e se for omissão do clube, do conselho? O conselho aprovou? Se for naquela de, no dia seguinte, alguém passar na casa dos membros e apanhar assinaturas.. (esfrega as mãos)…Inês está morta, meu filho… Segundo apuramos, a exploração de um poço de 180 mil litros de água por fora gira em torno de R$ 500 mil, provisoriamente por dois anos, depois ganha-se a preferência de renovação por 2o anos de exploração”. (Alguém brincou: “Ele pensa que vai continuar explorando até à próxima encarnação?”)

Ouça a (quase) íntegra do que disse Gilson Delgado (foram extraídos somente chiados e falas inaudíveis) nessa reunião:

Assunto(s): , ,

Leia também:

16 comentários

  1. Murilo disse:

    Até hoje não entendi o que querem, se é tirar o Benito ou se é compor os conselhos para fiscalizar, minha opinião é a seguinte:

    se quiserem tirar o Benito, sou contra, se quiserem compor os conselhos para fiscalizar eu concordo.

  2. Caro leitor Murilo,

    Eles deixaram claro que não pretendem o cargo do Benito, muito embora questionem, e muito, a sua administração, o seu ‘modus operandi’, e todas as irregularidades que este blog está trazendo com exclusividade, já que apenas nós como imprensa estávamos presentes. Quem muito fala, não participa, né mesmo?
    Agora, se tudo o que afirmaram, e estamos publicando, e ainda não terminamos de escrever, porque temos um árduo trabalho de ouvir gravação e colocar de forma compreensível para vocês, leitores, forem fatos verdadeiros, aí acho que a coisa vai complicar. Mas, sinceramente? Confio, até que me prove o contrário, em Benito Benati. Pelos frutos se conhece a árvore.
    ABRAÇOS.

  3. LUIZ AUGUSTO DA SILVA disse:

    CONFIO, COMO ASSOCIADO, NO PRESIDENTE DO CLUBE.FAÇO ESTA AFIRMATIVA BASEADO NO CRESCIMENTO DO THERMAS, DESDE QUE CHEGUEI NESTA CIDADE. QUANTO AS PRETENSAS IRREGULARIDADES, CABE AOS CANAIS COMPETENTES AVALIAREM SE PROCEDEM OU NÃO.PERMITA-ME RATIFICAR:OS FRUTOS, RARAMENTE,CAEM DISTANTES DAS ÁRVORES. PS:DESDE QUE NÃO SEJAM EMPURRADOS LADEIRA ABAIX0.ABRAÇOS.LUIZ AUGUSTO

  4. Murilo Esteves disse:

    Sobre essa declaração do Gilson: “Vamos imaginar que amanhã ele chega e diga: Não cedo mais a água, ele vai cobrar.”

    Ou eu devo ser muito ingenuo e idiota, ou o Gilson deve estar delirando, não é possível, que o cara que fundou e com certeza vai sempre ser lembrado por ter fundado o thermas, vai querer cobrar alguma coisa pro thermas continuar explorando as aguas termais. Eu nem imagino isso, ainda mais de uma pessoa que ja conquistou tudo o que precisava conquitar. E só pra esclarecer, estou defendendo o Benito pelo que ele já fez, e como nunca provaram nada contra ele pra mim ele é uma pessoa honesta. Não o conheço pessoalmente, não tenho parentesco, nunca nem falei com ele, que fique claro isto aqui. Só defendo pelo que sei sobre sua estória.

    Abraços

  5. Pedro Souza disse:

    Esse Gilson nao tem nenhuma credibilidade pra falar alguma coisa, afinal, ele é contra o benito, a gente ve isso nos discursos dele.

    olha a turma que quer assumir, o zucca que administrou muito bem os mercados, o tulio que administrou muito bem o clube de campo, o nei que foi mandado embora do thermas pela arrogancia, aí o restante que é pior que tudo isso,

    respeito, mas primeiro façam alguma coisa pela cidade e pelo clube e depois sim concorram a alguma coisa.

    e sem atacar o benito, que é uma pessoa íntegra.

  6. Pedro, concordo com o seu direito de opinar, só não gostaria de transformar o blog em réplica do outro que existe na cidade, que dá abertura para atacar pessoas. Pessoalmente, admiro e respeito o Dr.Gilson, e espero que ele, e todos do Movimento Renovação, estejam errados a respeito de Benito. Espero,não. Eu acredito que estejam.
    Não gostaria de censurar comentários por estes avançarem sobre aspectos particulares e de opinião acerca dos envolvidos nas postagens do blog. Não é de meu feitio censurar.
    Abraços e bom domingo.

  7. americo m. mendes disse:

    Que fique bem claro que ninguém quer derrubar o presidente do Thermas! apenas queremos disputar a eleição para o Conselho Deliberativo !!! e queremos com isso dizer : T R A N S P A R Ê N C I A N O THERMAS. Queremos campos de futebol, quadras de futsal, futvolei, tiro ao alvo, bocha. Mais restaurantes, com muito boa comida, sem filas. O movimento como disseram alguns oradores, já se considera vitorioso ! Olha a academia nova ( muito linda ) a quadra poli-esportiva muito bem construida ( o teto pra voley está muito baixo ) e assim muitas outras virão até abril de 2010. O movimento apolítico, suprapartidário, respeitoso e muito democrático espera, ainda , melhorias no atendimento em geral, um turismo cada vez de melhor qualidade e para todos os seguimentos da população de Olímpia, uma cidade cada vez melhor e mais acolhedora , enfim, menina-moça. abraços , meus respeitos e consideração.

  8. Em Olímpia poucos fizeram o que o Benito fez!
    Como disse um companheiro aqui mesmo, ele (Benito) já conseguiu tudo que queria na vida: tem boas e sólidas empresas, familia sólida, esposa espetacular (Dona Dirce Benatti) que aliás, faz benemerência como ninguém nesta cidade, ele (Benito) nem precisava trabalhar mais, só o faz porque ama a cidade, ama o Thermas!
    Tirar Benito do Thermas é tirar sua identidade, é o filho mais novo dele e lógico que ele jamais aceitaria, e outra, mudar conselho não significa tirar alguém, ainda mais se a idéia é rejuvenescer ideiais e futuros projetos.
    Só que, deprojetos o Benito também entende hein? Foi buscar mundo afora tudo que brilha em OLP…
    O problema de OLP é que enquanto poucos trabalham, outros ficam apenas criticando, sem levantar uma “pedrinha” como solução, assim é fácil, fazer bonito com o chapéu dos outros?
    Agora, no grupo opositor, dentre seus membros, o Dr. Gilson, é uma pessoa também digna de respeito e seriedade sim! Além de grande advogado, é ilustre presidente da OAB onde conseguiu alavancar cada vez mais a instituição em OLP, portanto homem que repito: merece respeito!
    Infelismente, o Benito não será eterno (UMA PENA), e se é que este grupo tem interesse em ajudar o clube, tomara que cheguem a um consenso, pois na marra e no grito ninguém consegue nada!
    E outra são homens experientes e gabaritados, que nao precisam disso, tem é gente por fora colocando “lenha na fogueira”, e são senpre “os mesmos” que adoram ver o circo pegar fogo! Ao contrário de Benito e Dr Gilson, estes nao tem um pingo de amor por OLP!
    Benito, a pedra fundamental da sua história será mostrada, apontada e contada por gerações e mais gerações, e enquanto jorrar até a última gota de água nessa explêndida terra, seu nome será lembrado, tenha certeza disso!
    Dr Gilson, continue brilhando nas suas defesas magistrais, com sua ética e respeito ao ser humano, ainda que ao mais criminoso de todos, pois é prerrogativa e o senhor nasceu pra isso, para brilhar!
    Sucesso!
    Finalizando, e que este grupo mostre e prove que realmente quer apenas o melhor pra Olimpia, como sempre quiz o grande Benito.

  9. Amigo Dr. Américo Moreda Mendes: É o que todos esperamos. É o que senti, inclusive. Fiquei quieto no meu canto e ouvi, gravei, e escrevi o que entendi. Se tiver algo errado, me corrija. Sorte para todos nós, associados ou não… o que importa é o Thermas e Olímpia. Acho que muito falatório em torno dele, espantam turistas, agências e podem atrair coisas negativas para todos.

    Julião: excelente interpretação. Admiro também tanto o Benito quanto Dr. Gilson, e eles asbem disso.

    Bom domingo a todos.

  10. Grande Dr. Américo! O eterno médico dos meus e de tantos moços e moças por aí!E mais e mais crianças aumenta o seu rol de atendimentos.
    Grande ser humano e médico espeatacular.
    Lógico pelo que conheço Dr Américo, ele sempre quiz o melhor pra Olimpia, e dessa vez nao será diferente, tenho certeza.
    São novos planos, novas metas, reivindicações justas de quem é associado, e portanto com o direito de pedir, de indicar.
    Outro grande ser humano que também merece muito respeito, e ai de quem falar um “a” contra ele para meus hoje moços, que outrora passaram pelas mãos santas dele…
    Abraços mestre Américo!
    Boa semana El Concon…rs

  11. Alessandro Montanhani disse:

    Bom dia a todos os leitores.
    Muito se fala sobre a lavra dos poços em nome do Sr. Benito que ocupa o cargo de diretor executivo do Clube Dr. Antonio Augusto Reis Neves o nosso querido Thermas dos Laranjais, cargo este temporário e eletivo, portanto não podendo ser confundido como vitalício ou ainda de sua propriedade por direito ou mérito. É inquestionável seu brilhantismo em transformar um clube comum de associados em uma potencia no ramo turístico.
    Contudo, nos últimos tempos vemos algumas movimentações estanhas da diretoria, e até mesmo seu isolamento não dando nenhum tipo de esclarecimento aos sócios com relação aos últimos acontecimentos que ofuscaram a imagem do parque.
    Ao se falar das concessões de lavra em nome da pessoa física do Sr. Benito deve-se primeiro esclarecer sobre a legislação que regulamenta este ato administrativo,
    o DECRETO-LEI Nº 227, DE 28 DE FEVEREIRO DE 1967, mais conhecido como Código de Mineração, mais especificamente em seu art. 16 em diante, trazendo em seu corpo o seguintes conteudo:

    Art. 16. A autorização de pesquisa será pleiteada em requerimento dirigido ao Diretor-Geral do DNPM, entregue mediante recibo no protocolo do DNPM, onde será mecanicamente numerado e registrado, devendo ser apresentado em duas vias e conter os seguintes elementos de instrução:
    I – nome, indicação da nacionalidade, do estado civil, da profissão, do domicílio e do número de inscrição no Cadastro de Pessoas Físicas do Ministério da Fazenda, do requerente, pessoa natural. Em se tratando de pessoa jurídica, razão social, número do registro de seus atos constitutivos no Órgão de Registro de Comércio competente, endereço e número de inscrição no Cadastro Geral dos Contribuintes do Ministério da Fazenda

    Art. 38. O requerimento de autorização de lavra será dirigido ao Ministro das Minas e Energia, pelo titular da autorização de pesquisa, ou seu sucessor, e deverá ser instruído com os seguintes elementos de informação e prova:
    I – certidão de registro, no Departamento Nacional de Registro do Comércio, da entidade constituída

    Art. 44. O titular da concessão de lavra requererá ao DNPM a Posse da Jazida, dentro de noventa dias a contar da data da publicação da respectiva portaria no Diário Oficial da União.

    Portanto, as alegações da chapa RENOVAÇÃO são legitimas em afirmar que a propriedade dos poços passa a ser do Sr. Benito, podendo assim cobrar do therma pelo uso da água ou até mesmo cortar seu fornecimento, hipótese esta que acho impossível de acontecer, mas como diz o ditado popular “de boas intenções e inferno esta cheio”.
    O que não é correto e fazer a lavra dos poços do thermas que tem em suas águas termais seu principal atrativo, passando assim o clube depender da vontade de uma única pessoa, fazendo com que a instituição thermas dos laranjais fique a mercê de uma única pessoa que nem ao menos pagou para perfurar os poços com dinheiro de seu bolso, estando ainda os poços perfurados em propriedades de outrem.
    E ainda mais grave, o clube perde sua autonomia, pois seu Benito não é imortal e muito menos proprietário do clube. Com sua falta, a posse da lavra passa a ser de seu herdeiros, que porventura algum dia passarem por dificuldades financeiras, ou ainda não estarem na diretoria do thermas ai sim a imaginação viaja.
    Fica aqui, os meus protestos, sobre este ato que foi um tapa na cara dos associados, e que o senhor Benito tenha a honradez de transferir esta lavra ao seu legitimo dono, que é o Thermas dos Laranjais, hipótese esta prevista em lei.

  12. Julio disse:

    Estas pessoas de QI de ostra e ganância de elefante deveriam ser expulsas da cidade. Além de não contribuirem em nada para o progresso da cidade, ainda atrapalham quem quer fazer algo; por menor que seja. Ficam sentadas em seus “tronos” querendo aumentar o volume de dinheiro que guardam embaixo do colchão. Já não tem o suficiente?
    Basta imaginar esta cidade sem o Thermas para ver o terror instalado. E se as empresas que realmente são do Sr. Benati se mudassem daqui como tantas outras?
    Porque estas pessoas vão administrar o Clube de Campo que esta desabando? Falta competência?
    Reflitam meus amigos e vejam se tenham um pouco de vergonha na cara e vão cuidar dos seus netos, filhos e esposas. Deixem quem quer trabalhar e contribuir para o progresso dos habitantes dessa cidade; não só os mais abastados e sim toda a população em geral.
    E Sr. Concon, não de voz a essa “turminha”.
    Abraços
    Julio

  13. Gilson Delgado disse:

    Caro LEONARDO CONCON,

    Fiquei feliz em ver que sua pessoa foi a única a se dispor em estar presente à nossa reunião, como pessoa ligada ao meio de comunicação. Admiro sua postura, como você mesmo sabe, mas alguns comentários formulados desde o funcionamento de seu blog não coadunam com o meu modesto e pessoal entendimento. Mas, vivemos em um país democrático e a classe que honrosamente pertenço teve papel importante nesta conquista. Parabenizo-lhe por colocar em seu blog os fatos como efetivamente ocorreram em nossa reunião, o que deixa-me aliviado e demonstra uma postura que deve ser seguida.
    Embora desnecessário, você foi testemunha ocular de que em momento algum houve ofensa a qualquer pessoa, pois nosso movimento é ordeiro e, caso haja qualquer conotação ou finalidade que fuja de nossos princípios ou metas, eu serei o primeiro a abandonar o grupo, que é formado por pessoas íntegras e que merecem respeito, até pelo mais importante fato: são associados do Clube.
    O sucesso do Clube não pode, de maneira e a qualquer pretexto, ser usurpado ao empenho e dedicação de seu presidente, o empresário Sr. Benito Benatti.
    Portanto, sem delongas desnecessárias, REAFIRMO publicamente que sempre serei à favor do nosso Thermas, e, pode ter certeza, lutarei incessantemente para este paraíso nunca perca seu lugar de importância e destaque no cenário local e nacional.
    Mas, como associado, que me perdoem aqueles que não concordam com o nosso movimento ou com aquilo que eu defendo e falo, não recuarei até que as coisas fiquem inquestionalmente claras, pois não temos a informação que merecemos, como legítimos proprietários e associados do Clube, o que faz gerar dúvidas e até contradições.
    Creio e temo demais a DEUS, acima de qualquer coisa, e, como diz um velho amigo meu, o tempo é o senhor da razão.
    Por ora, agradeço sua postura por publicar em seu blog o que efetivamente ocorreu na reunião havida, sem distorção, temeridade ou tendencionismo.
    Tenho minha consciência bastante tranquila, pois aquilo que recebi de meus pais eu sigo à risca como meta de vida, nunca havendo ofendido ou desrespeitado qualquer pessoa, mesmo aqueles que velada ou publicamente me ofendem.
    Um grande abraço a você e que as pessoas realmente discutam, reflitam e opinem com LIBERDADE.

    Gilson Eduardo Delgado

  14. Sr. Júlio: Respeito o seu direito de opinar, embora não concordando com algumas colocações, mas é o seu direito e não posso cercear como administrador de um blog público.
    Da mesma forma, o objetivo do blog é esse: noticiar os fatos da cidade e todos os que interessam para nós. Não estou ‘dando voz’ para essa ‘turminha’, e sim informando e dando a oportunidade para que o leitor possa tirar suas conclusões, assim como o senhor tirou a sua.
    Obrigado pela leitura.
    Leonardo

  15. Prezado Dr. Gilson Delgado,

    Agradeço as suas observações. Realmente, fui a única testemunha ocular no evento. Evitei até dar opiniões ou entrevistar alguém porque considerei o que disseram o suficiente para o meu trabalho jornalístico, por enquanto.
    Realmente, conforme relatei no Blog, não houve ofensas pessoais e nem campanhas, digamos, ofensivas. O que houve, é claro, foi um encontro de associados e, claro, os temas são realmente polêmicos e, diga-se de passagem, à primeira vista, e como nunca duvidamos de ninguém, seja de que parte for, desencontradas e, espero, infundadas.
    Espero que tudo se esclareça. O que falta é isso mesmo: esclarecimento.
    Afinal, como o senhor mesmo escreveu, o Thermas é de todos nós, e não podemos jogar o seu nome na lama, nem o de ninguém, especialmente do senhor Benito que muito respeitamos.
    Conte sempre comigo. Mande os próximos convites e revele os próximos passos. Afinal, aqui não se cobra nada e nem haverá cópias na academia…rs..
    Abraços.

  16. Sérgio Ney Padilha Garcia disse:

    Transferência de Direito de Lavra – DNPM.

    O Movimento RENOVAÇÃO: Turismo, Transparência e Competência, tem a satisfação de anunciar esta que, com certeza, é a melhor notícia para os sócios do Clube Dr. Antonio Augusto Reis Neves, o nosso Thermas dos Laranjais.
    Foi protocolizada, em 28/09/2009, junto ao DNPM, a SOLICITAÇÃO DE TRANSFERÊNCIA DE DIREITOS – CESSÃO TOTAL, nos processos nºs. 820.598/2009 (poço BR) e 820.599/2009 (poço Thermas).
    Caso tenhamos a confirmação de que esta CESSÃO TOTAL foi efetivamente transferida ao Clube Dr. Antonio Augusto Reis Neves, esta é, após a abertura dos lacres dos poços, a melhor notícia do ano para os sócios do Thermas.
    O Movimento Renovação parabeniza todos os seus integrantes por esta batalha vencida e conclama a todos para a continuidade da luta pelo bem do Thermas, do Turismo, de Olímpia e da Transparência.
    Parabéns Renovação! Este é um movimento vitorioso e responsável!
    Sérgio Ney Padilha Garcia.
    Olímpia, SP, 29/setembro/2009.

Faça um comentário