Geninho assina início das obras da ‘Praça do PAC’ no Jardim Luiza de R$ 1,6 mi

Publicado em 19 de outubro de 2012 às 15h09
Atualizado em 19 de outubro de 2012 às 15h12

Foi assinado pelo prefeito reeleito Geninho Zuliani (DEM) o contrato para a construção da Praça dos Esportes e da Cultura (PEC), integrante do PAC 2 – Programa de Aceleração do Crescimento, no Eixo Comunidade Cidadã. O valor da obra é de R$ 1.605.469,15.

DSC04681

Na oportunidade, assinou em conjunto com o prefeito o responsável pela empresa que executará a obra, Edvaldo Síscaro, da Ello Forte Indústria, Comércio e Empreendimentos Ltda., que ficará responsável pela execução da obra. A empresa foi escolhida pela Concorrência Pública 05/2012.

Também estiveram presentes na assinatura o secretário de obras Renê Galetti e o vereador reeleito, ex-secretário de Cultura, Turismo, Esportes e Lazer, Beto Puttini, autor do projeto e que acompanhou todo o processo durante dois anos.

DSC04643

Apenas 350 municípios foram contemplados com a praça e graças ao trabalho desenvolvido pelo vereador o projeto será construído em Olímpia. Mais de oito bairros serão beneficiados com a nova praça.

A empresa ficará responsável pelo fornecimento de materiais, mão de obra e equipamento para a construção da Praça dos Esportes e da Cultura. O prazo para a conclusão da obra é de aproximadamente 12 meses e deve começar dentro de 15 dias.

O objetivo das PECs é integrar num mesmo espaço físico programas e ações culturais, práticas esportivas e de lazer, formação e qualificação para o mercado de trabalho, serviços sócio assistenciais, políticas de prevenção à violência e inclusão digital, de modo a promover a cidadania em territórios de alta vulnerabilidade social das cidades brasileiras.

praca_pac

O projeto será construído em 3.000 metros quadrados e fica localizado na Rua Mário Riscali, no Jardim Luiza. A implantação das PECs conta com recursos do Governo Federal, repassados aos entes federados que são responsáveis pela execução das obras e pela posterior gestão, manutenção e sustentabilidade desses equipamentos públicos.

Assunto(s):

Leia também:

Faça um comentário