Carlos Miguel Aidar é lançado à presidência do São Paulo FC e já é o favorito

Publicado em 04 de dezembro de 2013 às 22h26
Atualizado em 04 de dezembro de 2013 às 23h47

Por Carlos Augusto Ferrari, São Paulo – A chapa “Avança, São Paulo” lançou anteontem, segunda-feira (2), em uma churrascaria na Zona Sul de São Paulo, a candidatura de Carlos Miguel Aidar à presidência do Tricolor. O evento contou com a presença de 100 conselheiros, sendo 70 vitalícios, além do atual presidente, Juvenal Juvêncio.

Lançamento CMA 17

Carlos Miguel Aidar é advogado natural de Olímpia, foi presidente da OAB-SP e responsável pela construção da Casa do Advogado de sua cidade natal, que leva o nome de seu pai Henry.

Lançamento CMA 3

Aidar é considerado favorito ao pleito, que será disputado na segunda quinzena de abril. Apenas conselheiros têm direito a voto. São 160 vitalícios, dos quais quatro morreram, e mais 80 que serão eleitos pelos sócios na primeira metade de abril.

Lançamento CMA 16
Pela oposição, concorre Kalil Rocha Abdala.

Lançamento CMA 1

Lançamento CMA 8Fernando Faro – Agência Estado – Os sinais dúbios de Rogério Ceni com relação à possível aposentadoria no fim do ano fazem Juvenal Juvêncio ter certeza de que o goleiro renovará contrato por mais uma temporada. Em evento do lançamento da candidatura de Carlos Miguel Aidar à sua sucessão, o presidente demonstrou otimismo com relação à permanência do ídolo por mais uma temporada. “Não posso antecipar a renovação ou não do contrato, não posso fazê-lo. Mas diria que tenho esperanças positivas com isso”, afirmou o dirigente, que tem feito uma ofensiva para garantir o goleiro por mais um ano no Morumbi.

O clima no São Paulo é de otimismo com a renovação, embora os dirigentes não queiram confirmar nenhum tipo de acerto. A leitura de Juvenal é de que o goleiro, ao fazer exames médicos para a próxima temporada, deu a senha de que irá continuar; até por isso sequer cogitou a possibilidade de contratar um substituto.

Lançamento CMA 5

Ao falar sobre a possibilidade de Denis assumir o gol a partir do ano que vem, Juvenal elogiou o reserva, mas deu novo sinal de que espera ter o maior ídolo da torcida. “Confio plenamente (no Denis). Já recebi diversos nomes de goleiros que poderiam substituí-lo, mas desconhecemos esse interesse. Confio nele, mas já senti que vamos ter uma surpresa agradável.” Alheio às especulações, Ceni promete dizer seu futuro até o fim dessa semana, antes do jogo contra o Coritiba,, domingo, em Itu, pela última rodada do Campeonato Brasileiro.

Siga o Diário de Olímpia no Twitter, Facebook e Flickr

Assunto(s): ,

Leia também:

Faça um comentário