Uniesp/Faer arrecada alimentos para projeto social com Paróquia São José

Publicado em 05 de junho de 2015 às 11h03
Atualizado em 05 de junho de 2015 às 11h04

A Paróquia São José, de Olímpia, convidou a Uniesp/Faer para uma parceira a fim de cumprir o projeto “Pão para quem tem Fome”, e assim foi feito com a coordenação da professora do curso de Pedagogia Simoni Becerra Franco, reunindo as turmas dos cursos de Administração, Direito, Matemática, Letras e Pedagogia, reunindo uma quantidade significativa de alimentos.

DOAÇÃO---BANNER-1-(1)

“A universidade trabalha o cidadão em todas as esferas, entre estas a intelectual e a social, sabemos que o aluno que participa e tem a verdadeira noção de seu dever como cidadão atuante quer estar sempre inserido nos diversos projetos sociais que existem em sua comunidade”, disse Simoni, confirmando a vocação da responsabilidade social com que a instituição, desde os tempos em que era somente FAER, desenvolvia na comunidade, quando requisitada.

Segundo ela, “a parceria da Uniesp/Faer com a Paróquia São José, especificamente do Setor de serviço social, foi um sucesso, talvez não pelo montante de alimentos, pois a faculdade vinha de uma Campanha para o Hospital do Câncer de Barretos, mas sim, pela disposição dos professores, alunos, funcionários e equipe gestora em abraçar esta causa. Estou feliz com o resultado”.

IMG_5871

Simoni lembra que trabalha muito a questão da solidariedade nas disciplinas que ministra, “e que este sentimento não fique somente nas palavras ditas e escritas e sim em ações”, e cita o famoso educador: “A alegria não chega apenas no encontro do achado, mas faz parte do processo da busca. E ensinar e aprender não pode dar-se fora da procura, fora da boniteza e da alegria’. Essa Boniteza está na alegria de ajudar, de saber que podemos contribuir com o próximo, podemos sim fazer algo para o que necessita às vezes de simplesmente tudo”, completa a professora.

A Uniesp, conclui a professora, “está aberta a todo tipo de ação que possa ajudar o próximo e assim acrescentar na formação de nossos alunos a solidariedade e o sentido verdadeiro de ser um cidadão”.

Assunto(s): ,

Leia também:

Faça um comentário