Unesp abre prazo para isenção ou redução da taxa de inscrição do Vestibular

Publicado em 02 de setembro de 2013 às 16h40
Atualizado em 02 de setembro de 2013 às 16h41

A Universidade Estadual Paulista (Unesp) abre nesta segunda-feira (2) o prazo para os pedidos de isenção ou redução da taxa de inscrição no vestibular 2014. Neste ano, a taxa de inscrição é de R$ 130. O pedido deve ser feito até o dia 9 de setembro. Para participar, é preciso imprimir, no site www.vunesp.com.br, o requerimento da solicitação, que deve ser enviado pelos correios junto com os demais comprovantes escolares e de renda exigidos pela instituição. O envio deve ser feito até o dia 10.

unespriopreto

Podem pedir isenção os alunos matriculados na rede pública com renda familiar mensal igual ou inferior a R$ 1.017,00 por pessoa. Para pedir a redução de 50% da taxa os estudantes do ensino médio ou de cursos pré-vestibulares desempregados ou com renda mensal inferior a dois salários mínimos. Já os estudantes matriculados na rede estadual paulista têm automaticamente um desconto de 75% na taxa de inscrição e não precisam enviar um pedido antes do prazo regular de inscrições.

O vestibular da Unesp para o primeiro semestre de 2014 terá suas inscrições abertas no dia 16 de setembro. Elas vão até 15 de outubro e poderão ser feitas pelos sites www.vunesp.com.bre vestibular.unesp.br.

As provas serão nos dias 17 de novembro (primeira fase, com 90 questões de múltipla escolha), e dias 15 e 16 de dezembro (segunda fase, com questões dissertativas e redação). O resultado final será divulgado em 27 de janeiro de 2014.

saiba mais

Cotas

Neste ano, a Unesp anunciou que vai reservar 1.134 das 7.259 vagas do vestibular 2014 para candidatos que tenham feito integralmente o ensino médio em escola pública. Entre as vagas reservadas, 391 são destinadas a candidatos que se autodeclararem pretos, pardos ou indígenas. A reserva corresponde a 15% das vagas oferecidas e serão aplicadas para cada curso e turno. A Unesp vai aumentar gradualmente a reserva de vagas para cotistas até 2018: 15% (2014), 25% (2015), 35% (2016), 45% (2017), 50% (2018).

De acordo com a universidade, o preenchimento das vagas seguirá a ordem de classificação do vestibular e, a cada ano, o Conselho Universitário fará uma avaliação da metas e das estratégias estabelecidas. Todos os 171 cursos, disponíveis em 23 cidades e oferecidos para ingresso no primeiro semestre de 2014, dispõem de vagas destinadas ao programa. Medicina, em Botucatu, reserva este ano 14 de suas 90 vagas.  Agronomia, de Jaboticabal, reserva 15 de suas 100 vagas. (G1)

Assunto(s): ,

Leia também:

Faça um comentário