Estudantes podem fazer o simulado final do Enem a partir de hoje

Publicado em 09 de outubro de 2013 às 12h32
Atualizado em 09 de outubro de 2013 às 12h34

A partir desta quarta-feira (9), quem acessar a plataforma  "Geekie Games – O desafio do Enem"vai poder fazer um simulado final nos mesmos moldes do Exame Nacional do Ensino Médio.

simuladofinal

Serão quatro provas de 45 questões cada nas áreas do conhecimento do Enem (ciências humanas, ciências da natureza, matemática e linguagens) e o estudante terá 2h30 para resolver cada uma das provas. É uma oportunidade real de treinar para o exame que será aplicado nos dias 26 e 27 de outubro.

As inscrições para o simulado estão abertas, a participação é gratuita e feita inteiramente pela internet. A Geekie decidiu estender o prazo do simulado para até o último dia do Enem.

CLIQUE AQUI E ACESSE A PLATAFORMA DO SIMULADO ‘GEEKIE GAMES’

O "Geekie Games" é uma realização da Geekie, uma startup de tecnologia aplicada à educação, com divulgação no G1, o portal de notícias da Globo.

Até agora, os alunos que se cadastraram na plataforma puderam treinar para este simulado final com exercícios pontuais em cada uma das áreas, aulas em vídeo e simulados. Ao final de cada treino o candidato recebia a sua pontuação, a indicação dos pontos fortes e pontos fracos a apresentados e um conteúdo personalizado feito em cima de suas deficiências. Inicialmente, esta plataforma de treinos teria suas inscrições encerradas nesta quarta, mas elas continuarão abertas e em funcionamento junto com o simulado final.

Mais desafio

No simulado final do Enem, o desafio aumenta. Assim que começa cada uma das provas o participantes não pode parar. Tem que responder a todas as questões no tempo determinado. O estudante envia as respostas e recebe o resultado imediatamente, com o número de acertos e com os pontos fortes e fracos que apresentou..

As questões usadas nos testes e no simulado final utilizam a Teoria de Resposta ao Item (TRI), método de avaliação utilizado pelo Enem que dá pesos diferentes para as questões de acordo com seu grau de dificuldade.

COMO PARTICIPAR

1) Faça a sua inscrição. É grátis

Quem já se cadastrou na plataforma pode começar a fazer o simulado final. Quem ainda não tem cadastro pode criar um um login e senha ou usando o seu perfil no Facebook. No alto da tela vai aparecer um banner com o acesso para o simulado final.

No ato da inscrição é preciso completar as informações com nome, data de nascimento, CPF, sexo, e o nome da escola onde você estuda, com a cidade e o Estado.

2) Teste os seus conhecimentos

Após a inscrição, já pode começar a responder às questões do simulado final. Você pode fazer as quatro provas na ordem que preferir. Mas atenção: depois de escolhida uma das provas, o tempo começa a rodar e você terá de responder a todas as 45 questões até o fim. O tempo de preenchimento é de 2h30 em cada prova. O estudante poderá fazer as quatro provas na ordem que quiser.

Também é possível acessar a plataforma de treinamento nas quatro áreas do Enem ciências da natureza, ciências humanas, matemática e linguagens. Basta clicar em uma delas e começar a responder as questões que vão treinar o aluno para o simulado.

3) Veja o seu desempenho

Ao enviar, as respostas serão analisadas e ele vai receber um desempenho em cada uma das provas. O participante vai poder ver quantas questões acertou, e quais foram os pontos fortes e os pontos fracos diagnosticados naquele teste.

Também é mostrado um ranking no qual a nota do aluno é comparada com as de outros participantes e ele pode ver em que posição se encontra no ranking do ‘Geekie Games’.

4) Reforce o seu conteúdo

A partir dos pontos fracos o candidato tem acesso a aulas online explicando o assunto no qual ele mostrou ter mais dificuldade.

Em texto e vídeo, o estudante pode rever o conteúdo e assimilar melhor a matéria. Em seguida, ele é convidado a fazer testes para detectar se entendeu melhor o assunto.

É preciso completar todas as "missões" enviadas pela plataforma para poder certificar de que tudo foi assimilado.

Cálculo das notas

A plataforma tem três etapas para deixar o aluno melhor preparado para o Enem. Na primeira etapa, quem se inscrever vai poder fazer exercícios das quatro áreas de conhecimento que são cobradas no Enem: ciências da natureza, ciências humanas, matemática e linguagens. Na segunda etapa, o estudante recebe um plano de estudos destacando seus pontos fortes e pontos fracos que merecem maior atenção. Ao final do processo, de 9 a 16 de outubro, o aluno vai fazer um simulado online no mesmo formato do Enem.

As notas são calculadas a partir da TRI. O cálculo final não soma a quantidade de respostas certas, mas a "qualidade" destas respostas. Na TRI, o foco é no item, como é chamada cada questão. A teoria é o conjunto de modelos que relacionam uma ou mais habilidades com a probabilidade de a pessoa acertar a resposta. Assim, dois candidatos podem acertar o mesmo número de questões, mas terão pontuações diferentes de acordo com quais questões ele acertou.

A TRI qualifica o item de acordo com três parâmetros: o poder de discriminação, que é a capacidade de um item distinguir os estudantes que têm a proficiência requisitada daqueles quem não a têm; o grau de dificuldade da questão; e a possibilidade de acerto ao acaso (chute)

Pelo "Geekie Games" será possível ao estudante comparar sua nota com a nota de corte dos cursos e faculdades de sua escolha, além de saber que objetos de conhecimento priorizar para atingir seus objetivos.

A plataforma permite ainda que professores, escolas e secretarias de educação tenham acesso ao desempenho dos seus estudantes e possam entender as principais dificuldades dos alunos.

Esse simulado será aberto pra todos os alunos, mesmo aqueles que não estiverem utilizando a plataforma. O participante vai receber um relatório personalizado do seu desempenho com a pontuação obtida no simulado e a comparação do seu desempenho com as notas de cortes dos cursos oferecidos no último Sistema de Seleção Unificada (Sisu).

O Enem será realizado nos dias 26 e 27 de outubro. O exame tem 7,1 milhões de candidatos inscritos.

Assunto(s):

Leia também:

Faça um comentário