Seminário Tereos Guarani discutiu perspectivas do setor de agronegócio

Publicado em 27 de maio de 2015 às 15h33
Atualizado em 27 de maio de 2015 às 15h47

O Seminário Tereos Guarani, promovido pelo Grupo Tereos, um dos maiores grupos globais do setor, especializado na produção de açúcar, etanol, além de amido de milho, reuniu em São Paulo, recentemente, os principais agentes da cadeia produtiva de cana-de-açúcar para debater as perspectivas e tendências do setor.

20150520_092215

Em sua 13ª edição o evento apresentou o painel “Perspectivas para Mercados no ano safra 2015/16” e contou com a presença de Jacyr Costa Filho, diretor divisão Brasil do grupo Tereos, e Pierre Santoul, diretor-presidente da Guarani, empresa do Grupo Tereos, além de especialistas do setor agro negócio como Luiz Carlos Corrêa Carvalho (CANAPLAN e ABAG), Bruno Zanetti (INTL FCStone), Adriano Pires (CBIE – Centro Brasileiro de Infra-estrutura), Martinho Seiiti Ono (SCA Trading), do economista Alexandre Schwarstman e do jornalista Carlos Alberto Sardenberg.

“O Seminário Tereos Guarani acontece em um momento de incertezas mercadológicas para o setor de agronegócio. Daí a importância em reunir os principais nomes da cadeia produtiva, além de nossos parceiros, em torno de um debate essencial para o setor, que tem enorme potencial e pode contribuir de forma significativa para o crescimento econômico e sustentável do Brasil”, diz Jacyr Costa.

A Guarani é uma das empresas líderes do setor sucroenergético brasileiro e destaca-se como a 2ª maior produtora de açúcar no ranking nacional. Possui oito unidades industriais, sendo sete no Brasil, na região noroeste do Estado de São Paulo, e uma unidade em Moçambique.  Na safra 2014/15, a Companhia processou 20,3 milhões de toneladas de cana-de-açúcar.

 

Sobre o Grupo Tereos

Quinto maior grupo de açúcar do mundo, o Grupo Tereos é especializado na transformação de beterraba, cana-de-açúcar e cereais. O Grupo tem também posições de liderança nos mercados de álcool (primeiro na Europa) e amido (terceiro na Europa). A Tereos tem 42 unidades industriais e emprega 24.000 pessoas em quatro continentes. Em 2013/14, o Grupo registrou 4,7 bilhões de euros em receitas. Como grupo cooperativo, a Tereos reúne 12 mil produtores cooperados e atua com uma visão de longo prazo: a adição de valor às matérias primas agrícolas, contribuindo para o fornecimento de alimentos de qualidade.

Assunto(s): ,

Leia também:

Faça um comentário