Projeto para transformar Compre Bem de Olímpia em Extra Perto será acelerado após reclamação de consumidora e repercussão

Publicado em 02 de fevereiro de 2011 às 21h23
Atualizado em 04 de fevereiro de 2011 às 22h16

silvanaA irritação e, posterior reclamação, da consumidora Silvana Falcochio sobre o atendimento que teve numa das duas unidades do supermercado Compre Bem, de Olímpia, ocorrido no último dia 26, ao contrário ogrupoabilio3do que se imaginava, chegou até ao dono do Grupo Pão de Açúcar, empresário Abílio Diniz. Ele acionou a Casa do Cliente, responsável por acolher elogios, críticas, sugestões e até para esclarecer dúvidas sobre produtos e serviços, assim como a Gerência Regional.

A publicação no Portal de Notícias Blog do Concon motivou 59 comentários, inclusive de um dos funcionários que a atenderam naquele dia, Jefferson Oliveira, reproduzido, extra_pertonovamente, nesta reportagem.  Devido à repercussão e às outras reclamações registradas nos comentários, a filha da consumidora Silvana, Mariana Falcochio, informou agora à noite que, em email encaminhado pelo Grupo Pão de Açúcar, “a direção teve a dimensão do desagrado e, assim, irão acelerar o projeto de transformação do Compre Bem em Extra Perto em, no máximo, quatro meses”.

Segundo a explicação de Mariana, “foi muito produtivo tudo o que aconteceu, principalmente os comentários. Já ocorreu uma reunião no Compre Bem e o comentário do funcionário Jefferson foi excelente. Realmente, ninguém desrespeitou a minha mãe, o que acontece é que estamos cansados de supermercados que não tem nada a nos oferecer”.

Como consequência, a Casa do Cliente do Grupo Pão de Açúcar procurou a família, a pedido do próprio presidente Abílio Diniz (foto) que, em seu microblog Twitter (@abilio_diniz), enviou mensagem direta (particular) dando apoio para a consumidora Silvana e pedindo que aguardasse que a Casa do Cliente entraria em contato com ela para saber os detalhes e ultimar providências.

A Casa do Cliente ligou e, posteriormente, a Gerência Regional do Compre Bem, para a consumidora Silvana Falcochio. “Eles falaram que já havia um projeto para trocar o Compre Bem para Extra Perto, e que agora, com a dimensão dos comentários, isso virou prioridade”, revelou Mariana.

EXTRA PERTO EM OLÍMPIA

Segundo as explicações fornecidas, dentro de três a quatro meses o Compre Bem de Olímpia (as duas unidades) será transformado em Extra Perto, um novo conceito em supermercado, misturado com ‘hiper’, que o Grupo inaugurou em 2.007.

Os funcionários de Olímpia irão passar por treinamentos e palestras.]

Segundo o site da empresa, “o formato de supermercado Extra Perto se destaca por ser pioneiro do varejo, com uma das configurações mais modernas do segmento no país, diferenciais e novidades dirigidas às famílias que buscam a agilidade e o acolhimento de um supermercado, aliado ao sortimento de produtos do hiper. O cliente irá encontrar mais de 30 mil itens dispostos em uma completa variedade de alimentos aliada a um mix variado de não-alimentos, contemplando as categorias de informática, eletroeletrônicos, bazar, têxtil, perfumaria, automotivo e pet shop”.

“Acho que, após o ocorrido, só estamos colhendo frutos positivos e muito felizes de sabermos que irá melhorar tanto para nós, consumidores, como para os funcionários”, conclui Mariana Falcochio.

Mesmo com um tamanho compacto, o novo formato (Extra Perto) oferece ao consumidor muitos dos serviços disponíveis pelo hipermercado da rede, como por exemplo:

Snack Bar – O cliente poderá comer ali mesmo salgados e doces confeccionados na loja, além de sucos e refrigerantes. O espaço conta com mesas e cadeiras para proporcionar mais conforto aos clientes na hora de uma refeição rápida no intervalo das compras.

Cartão Presente – Diferencial da rede Extra, o cartão presente facilita e dá comodidade ao consumidor. Ele pode ser “abastecido” com qualquer valor e trocado por produtos nas lojas – válido para todas as seções, de alimentos a eletrônicos. Em formato recarregável, permite ao usuário definir como, quando e quanto quer gastar, podendo utilizá-lo como forma de pagamento ou de uma só vez. A tecnologia, desenvolvida pelo próprio Grupo Pão de Açúcar, permite que a recarga seja feita diretamente no caixa das lojas, de maneira simples e rápida.

Cartão Extra – O Cartão Extra é uma oportunidade de fazer os pagamentos de suas compras com vantagens que só os usuários do cartão da rede têm. Com uma renda familiar mínima de R$ 150,00 é possível fazer um cartão de crédito na hora, sem anuidade e com até 40 dias sem juros para pagar. Além disso, há promoções de parcelamento sem juros em diversas seções da loja.

A POSIÇÃO DO FUNCIONÁRIO

Essa explicação já conta do rol de comentários deste Portal, mas, para completarmos (e arredondarmos, como se diz no jargão jornalístico) a matéria em questão, as explicações de Jefferson Oliveira, funcionário do Compre Bem da Avenida Andrade e Silva, vem a calhar.

“Boa Tarde a todos, sou funcionário desta loja e também uma das pessoas que falou com esta senhora. No dia em questão, tivemos uma pane geral em nosso servidor da loja (o que por ventura poucas vezes em cinco anos de Companhia vi acontecer), exatamente no momento em que está senhora estava para registrar suas compras.

“A loja está interligada diretamente e em tempo integral com a Central do Pão de Açúcar em São Paulo, por ser uma filial não podemos tomar algumas decisões cruciais por conta própria, isto pode com certeza custar até a perca de nosso emprego se ocorrer algum erro grave de conduta e, a maioria de nossa equipe apesar de jovens necessitamos do emprego e sustentamos as nossas famílias e não podemos correr este risco.

“Em nosso direito de resposta, acredito que nos seja concedido por se tratar de um blog sério, imparcial e coerente com a verdade, ao contrário do que foi relatado por esta senhora, me dirigi à ela pois no momento estava responsável pela loja (pois tanto nosso gerente vigente quanto nosso chefe de operações estavam destinados pelo chefe regional a contribuírem com outras operações extra-loja), acompanhado pelo fiscal de caixa explicamos EDUCADAMENTE à esta senhora o problema que acabava de acontecer em nossa loja de falta de comunicação e não poderíamos estar finalizando a compra dela através de cheque.

“De modo algum estávamos duvidando ou muito menos humilhando sua pessoa, simplesmente teríamos que fazer a consulta que obrigatoriamente é nossa conduta profissional com qualquer cliente que paga por meio de cheque, e impossibilitados de realizar esta operação tentamos explicar a situação da forma mais compreensiva possível.

“Está senhora por sua vez, também muito bem educada e centrada, não concordou com nossos motivos e deficiências momentâneas de operação (as quais minutos após o acontecido foi aberto um chamado de manutenção à Itautec e, em no máximo 40 minutos vindo de Barretos, solucionaram nossos problemas e reestabeleceram nossas atividades normais).

“A mesma disse que se trata de uma cliente assídua (infelizmente em todo este tempo de trabalho ainda não havia a conhecido), mas independente desta informação que ela nos passou, nossos clientes tanto os que está conosco desde a época da Coopercitrus quanto os que começaram a frequentar a loja, hoje são tratados exatamente com a mesma atenção.

“Finalizando a cliente nos demonstrou sua inconformidade (aceitamos e concordamos em pronto ato), e se retirou da loja. Agradeço ao espaço dado e ao direito de resposta”.

***


* Fique à vontade para dar a sua opinião, mas atenção: se ele não aparecer no mesmo dia é porque, com certeza, você não leu a nossa política de comentários. No momento, está sob moderação.

Assunto(s):

Leia também:

12 comentários

  1. Murilo Esteves disse:

    Quem diria que uma rede desse tamanho iria dar tanta satisfação para seus clientes. Isso é praticamente uma raridade nesse tipo de empresa.
    Por isso que cada vez mais admiro o Abílio Diniz, um dos maiores empresários do Brasil, é por isso que ele tem o que tem. Seguindo ele no Twitter você já vê como ele é humilde, mesmo tendo tudo que tem.

    Abraços,

    Murilo Esteves

  2. Genival Miranda disse:

    É isso ai …”quem não chora não mama”, se o consumidor não se posicionar e não fazer valer o seu direto, nada vai mudar…As pessoas não devem temer a burocracia ou a morosidade dos processos, só por meio da manifestação haverá transformação, respeito e educação. Parabéns as cidadãs; Silvana e Mariana, que todos sigam o exemplo!! No final toda a sociedade ganha…Parabéns pela matéria Leonardo!

  3. jcassio disse:

    Realmente e de se admirar a posição do Grupo Pao de Açucar, que se prepare seu Iquegami e Tome Leve agora sim teremos concorrencia.

  4. ivan disse:

    é isso ai ,nós consumidores temos que aprender a reclamar nossos direitos,eu mesmo poucos dias atras tive um problema com um banco da cidade e me mandaram ir atras de meus direitos (acharam q eu não iria ,como a maioria do povo ),foi isso q fiz ,liguei no 0800 do banco e fiz reclamação ,me ligaram do banco numa gentileza só ,e ai resolveram meu problema q foi uma beleza!!!vamos cumprir nossos DEVERES e fazer valer nossos DIREITOS!!!!ESSE SUPERMERCADO ESTA PRECISANDO MESMO DE MUDANÇAS URGENTE!!!!!

  5. Danilo disse:

    Tomara que isso aconteça, pois, do jeito que está…..

  6. Priscila disse:

    Muito legal saber que o Grupo Pao de Açucar se preocupa tanto com seus clientes, estao de parabens….

  7. Ts2 disse:

    È galera sentar em cima do rabinho e meter a boca é facil neh….tb concordo que o cb precisa sim de mudanças….que não são poucas…mas o que essa consumidora fez foi só para se aparecer…como ela msm disse ela naum foi maltratada por nenhum funcionario… mas pó td isso por causa de um cheque….nos dias de hj naum se pode confiar msm tem que fazer consulta e tenhu certeza que ela sabe que naum é só no CB que isso acontece….ela é melhor que alguem por acaso? por que poderia ter acontecido com qualquer pessoa…Será que ela ja ouviu falar que internet cai…e que as vezes demora horas para voltar…AXO que naum né….o CB não tem culpa se o sisitema cai ou não …ela poderia ter levado numa boa…e que ela fosse msm fazer compra em outro supermercado….Ai eu queria ver se ela fosse no IQUEGAMI como muitas pessoas disseram que temos que valorizar o que é da cidade… vai lah então galera e ve se vcs consegue passar um cheque sem consulta hshshshs….depois me responde. Não estou dizendo que não temos que reclamar, temos sim….MAS criticas construtivas….e não BAIXARIA como essa consumidora … Silvana vc diz que compra a muitos anos nesse supermercado…mas tenta entender que ninguem é obrigado a lembrar da sua carinha ou não…fazer consultas de cheques são ordens de outras pessoas. Pense que se vc tivesse um estabelecimento vc teria a msm reação. Ou vc ia querer perder…temos que pensar muito antes de tomar atitudes.

    • Cada um é cada um, cara leitora… quando eu corto comentários, reclamam… quando eu corrijo palavrões, reclamam… e é fácil sentar o rabinho no computador e escrever o que bem lhe dá na telha… vc pode defender o CB, pode criticar a consumidora, mas com respeito… vou deixar como está, mas, por favor… comente com mais firmeza e convencimento e sem agressões. Abs.

      • ts2 disse:

        Caro Leonardo Concon, cada um é cada um msm…só falei o que é verdade não agredi ninguem…só falei o que eu penso!!! se vc não gostou da expressão era só mudar como vc disse…Agora se vc não quer que comentem esses tipos de comentários que vc diz ser AGREÇÕES por favor quando responder os comentaios responda com respeito tb ok. por que eu não sentei no computador e falei o que me deu na telha, falei o que é verdade..mas cada um cada né? E cada um entende as Expressões de maneira diferente . Neste caso vc levou pelo lado da maldade…pq o que eu quiz dizer em relação a sen…o rabi…e meter a boca…foi que as pessoas acham facil resolver um problema dessa maneira, sem ver o outro lado…sem pensar que pode prejudicar muita gente com isso… sem querer tirar o direito de reclamação dela.. jamais ela tem td direito…mas axo que reclamações por coisas mais importantes, mais serias para que possa msm melhor o atendimento do CB. e olha não sou funcionaria do CB ok…sou apenas consumidora e como disse td sou a favor de mudanças no CB. mas em questão de falhas no sistema isso pode ocorrer em qualquer lugar entendeu? é isso que eu axo falhas existem e temos que aprender a conviver com elas. O que não pode é querer usar esse tipo de falhas só pq é de uma grande rede para se aparecer. Isso é o que penso É A MINHA OPNIÃO!!! Cada um tem a sua… Obrigada por deixar meu comentario. Abs

        • Cada um lê como quiser, mas acho que o assunto merece, sim, respeito. Vou fechar esse assunto, uma vez que já foi resultado pelo Pão de Açúcar que, sabiamente, entendeu a posição da consumidora, a respeitou e aceitou que há falhas, por isso irão acelerar o processo do Extra Perto. Vamos aguardar.

  8. Helo disse:

    Olha Concon vc nao precisa publicar meu comentario nao,essa tal com certeza não sabe das durezas da vida nao,pq ela nao fez as compras dela no carrefour,no wallmart ou em outro supermercado em sao jose do rio preto??????Ah que é isso gente,e tem mais não é devido a reclamação dela que o cb vai virar extra,isso Olimpia inteira ja esta sabendo q daqui a 4 meses isso vai acontecer.

  9. Ts2 disse:

    Okmas eu não tratei o assunto com desrespeito….muito pelo contrario….mas é isso vamos fechar o assunto e ver no que da.
    Abs