Preço da carne dispara e é o mais alto dos últimos seis anos

Publicado em 31 de outubro de 2014 às 15h50
Atualizado em 31 de outubro de 2014 às 15h51

O preço da carne disparou e já é o mais alto dos últimos seis anos. Isso acontece porque a produção não está conseguindo atender ao consumo interno e às exportações.

carne

No acumulado de janeiro a setembro deste ano, os preços aumentaram 12,23%, em média, mais do que o dobro da inflação de alimentos no mesmo período (5,57%). Foi a maior alta do preço da carne bovina registrada desde 2008.

O quilo da alcatra, carne de primeira, por exemplo, foi de R$ 17,99 em janeiro para R$ 21,97. O acém, carne de segunda, subiu de R$ 9,90 no começo do ano para R$ 13,50 agora.

Segundo os especialistas, o motivo vem de longe. Por problemas diplomáticos, a Rússia deixou de comprar carne dos Estados Unidos e está importando do Brasil. “Só que o Brasil não tem a quantidade de carne suficiente para atender a toda demanda. Então, nós temos hoje uma demanda maior do que a oferta”, explica José Augusto de Castro, presidente da Associação de Comércio Exterior do Brasil.

O mercado não enxerga uma redução do preço. “Como o preço do boi subiu mais do que o preço que o frigorífico recebe pela carne, é difícil a gente imaginar que o preço recue entre o final de 2014 e começo de 2015”, prevê o engenheiro agrônomo Mauricio Palma Nogueira.

Assunto(s):

1 comentário

  1. bruno disse:

    nisto que a dilma falou que perferi comer carne do que ovo, acho que vai comer ovo mesmo kkk

Faça um comentário