Jacyr agora é conselheiro do CTC, maior instituição de pesquisa de cana do mundo

Publicado em 14 de janeiro de 2011 às 19h28
Atualizado em 14 de janeiro de 2011 às 19h28

O diretor presidente da Guarani, Jacyr da Silva Costa Filho, foi escolhido para assumir o cargo de conselheiro do Centro de Tecnologia Canavieira (CTC), maior jacyrinstituição de pesquisa em cana-de-açúcar do mundo, que foi transformado em uma S.A. (Sociedade Anônima), em assembleia encerrada anteontem (12), na sede da União da Indústria de cana-de-açúcar (UNICA), em São Paulo.

Na prática, o CTC poderá ter lucro com a receita gerada em pesquisas, receber injeção direta de recursos privados e até mesmo ser vendido. Como uma associação civil de direito privado, não visava a ganhos financeiros até hoje.

Para Costa Filho a transformação numa S.A. é necessária porque a área de pesquisa e desenvolvimento requer investimento permanente e de longo prazo. “Essa mudança possibilita que a pesquisa e desenvolvimento da cana-de-açúcar atraia investidores permitindo o desenvolvimento mais acelerado da produtividade na indústria sucroenergética brasileira”, disse.

A entidade, com sede em Piracicaba, terá como maior acionista individual a Copersucar S.A., que criou o CTC em 1969 e o controlou sozinha até 2004, quando abriu a entidade de pesquisa para o todo o setor sucroalcooleiro. À época, a Copersucar era apenas uma cooperativa de usinas, mas, assim como o CTC, criou uma S.A. para coordenar as operações.

Outra das mudanças promovidas com a aprovação da criação da SA foi a nomeação de Luis Roberto Pogetti como presidente do conselho diretor no lugar do empresário Roberto de Rezende Barbosa, que é presidente do Conselho de Administração da Copersucar.
As usinas ligadas à Copersucar passarão a ser as maiores controladoras do CTC, com cerca de 25% de participação acionária, seguida pelo Grupo Cosan, com 20%, ainda o maior controlador individual.

A assembleia dos associados aprovou um novo estatuto para o CTC, porém, a liderança executiva do CTC, composta pelos executivos Nilson Zaramella Boeta (diretor superintendente), Osmar Figueiredo Filho (Mercados & Oportunidades) e Tadeu Andrade (Pesquisa & Desenvolvimento) não foi alterada.

O conselho será formado ainda por Ricardo Brito (Bunge), Vitor Wanderley Júnior (Grupo Coruripe), Homero Arruda (São Martinho), Jacyr da Silva Costa Filho (Tereos), Ismael Perina (Orplana), Ricardo Rezende (representante das Usinas do Paraná), José Carlos Grubisich (ETH) e Bruno Melcher (LDC – SEV Bioenergia).

***


* Fique à vontade para dar a sua opinião, mas atenção: se ele não aparecer no mesmo dia é porque, com certeza, você não leu a nossa política de comentários. No momento, está sob moderação.

Assunto(s): ,

Leia também:

Faça um comentário