Guarani pede as bênçãos divinas para safra mais produtiva e com menos queimadas

Publicado em 27 de março de 2014 às 17h59
Atualizado em 27 de março de 2014 às 18h01

Celebrações religiosas serão realizadas ao longo das próximas semanas nas unidades industriais da Guarani para marcar o início da safra. Na unidade Cruz Alta, localizada em Olímpia, a celebração foi presidida na manhã de hoje, quinta-feira (27) pelo bispo de São José do Rio Preto, Dom Tomé Ferreira da Silva, além dos padres José, de Rio Preto, e Ivanaldo Mendonça, de Olímpia.

missa-capa

Estiveram presentes, além da diretoria da Guarani, o prefeito de Olímpia Geninho Zuliani (DEM) e o presidente da Câmara Beto Puttini (PTB), o deputado estadual Itamar Borges (PMDB-SP), o 1º sargento de Comunicações do Exército Marco Aurélio Teixeira da Costa (chefe de instrução do Tiro de Guerra 02-025) e o empresário José Elias Morais, o Zé das Pedras.

DSC_3783

Por sinal, o chefe de instrução do TG manteve estreito contato com o novo presidente da Guarani, Alberto Pedrosa, inclusive de colaboração da empresa nas atividades do Exército em Olímpia. E, por sua vez, Pedrosa saudou o sargento ao final da missa, entre as autoridades citadas.

DSC_3762

O diretor-presidente da Guarani, Alberto Pedrosa, no fim da celebração fez alguns destaques, após cumprimentar os celebrantes da missa e os trabalhadores. Um deles é o de que a Guarani continua eliminando a queima da palha da cana-de-açúcar em suas sete unidades industriais na safra 2014/15, que se inicia na Companhia no próximo dia 1º de abril. A estimativa da Guarani é colher 98% da cana própria mecanicamente. Os outros 2% serão retirados do campo de forma manual, sem queima, por se tratar de terrenos inclinados.

Produtores paulistas de cana-de-açúcar têm até o final deste ano para cumprir o Protocolo Ambiental firmado entre a Secretaria de Estado de Meio Ambiente e o setor em 2007. O documento prevê o fim da queima da palha da cana em áreas mecanizáveis em 2014. O prazo vai até 2017 para as áreas em que não é possível utilizar máquinas para colheita.

DSC_3803

A mecanização também se estende para o plantio da cana. No ciclo 2014/15, o plantio será 85% mecanizado na Guarani, isso representa um grande salto comparado à safra 2012/13 quando foi registrado índice de 34%.

“Técnicas de agricultura de precisão e investimentos na renovação de canaviais vão nos auxiliar a aumentar a produtividade da cana-de-açúcar. Nessa safra 2014/15 a empresa vai renovar 18 mil hectares de canavial”, afirma Alberto Pedrosa: “Ainda avaliamos o impacto da seca que atingiu nossa região produtora no início do ano, mas trabalhamos para superar as 19,7 milhões de toneladas processadas na safra anterior”.

Cogeração de energia elétrica

A safra 2014/15 também marca o avanço do projeto de ampliação da cogeração de energia limpa na Guarani. Autossuficiente em energia gerada a partir do bagaço da cana-de-açúcar, a Companhia estima comercializar mais de 1 milhão de MWh na atual safra, o que representa um aumento de 40% em relação à safra anterior.

DSC_3835

A empresa já faz testes para o aproveitamento da palha da cana para geração de energia.

Sobre a Guarani

A Guarani é uma das empresas líderes do setor de cana-de-açúcar do Brasil e destaca-se como a 3ª maior produtora de açúcar. Possui oito unidades industriais, sendo sete no Brasil, na região noroeste do Estado de São Paulo, e uma unidade em Moçambique. Na safra 2013/14, a Companhia processou 19,7 milhões de toneladas de cana-de-açúcar e produziu 1,6 milhão de toneladas de açúcar, 602 milhões de litros de etanol e 720 GWh de energia para a comercialização.

DSC_3797

A Guarani é parte do Grupo Tereos, quarto maior produtor de açúcar do mundo. Em abril de 2010, a Tereos Internacional e a Petrobras Biocombustível estabeleceram uma parceria estratégica e de longo prazo para consolidar a Guarani como um dos principais atores do setor sucroenergético.

GALERIA DE FOTOS

Clique na imagem abaixo, e confira as fotos desta reportagem:

galeria-usina

Assunto(s):

Leia também:

1 comentário

  1. Tati disse:

    Zé das Pedras sempre junto com o povo.
    É de tamanha beleza sua dedicação!
    Deus abençoe.

Faça um comentário