Homenagem do Blog ao Dia das Crianças com poema do amigo-poeta Luiz Augusto

Publicado em 10 de outubro de 2009 às 16h19
Atualizado em 02 de dezembro de 2009 às 23h57

Na passagem do Dia das Crianças, nada melhor do que este Blog prestar uma homenagem em alto estilo poético, através da veia artística do amigo-poeta tenente Luiz Augusto.

Aliás, o poeta olimpiense está participando do concurso Talentos da Maturidade, de nível nacional, promovido pelo Santander. É um dos mais prestigiados, com 17 mil visitações na página do concurso. Procure o link nos posts relacionados ao exibir todo o tópico.

MENINO VIA MEMÓRIA

Há tão pouco tempo
Seu ventre eu habitava
Sentia o seu carinho
Enquanto me esperava.

Deu-me à luz
Naturalmente choro
Logo sinto alegria
Olho nos seus olhos.

Em um mundo novo
Tudo atrai minha atenção
Ganho vida! Mais vida!
Vida com proteção.

O tempo passa…
Recebo seu aconchego
Protegido em seus braços
Nunca sinto medo.

Conduz-me ao colo
“Colado” aos seus seios
Leva-me à igreja
Meu primeiro passeio.

Sou criança!
Abençoado pelo Divino
Mesmo velho – (criança)
Senhora! sou menino.

Meus primeiros momentos
Confesso, tento descrever
Aproveito este dia
Para a DEUS agradecer.

(Poema publicado no livro O ARCO-ÍRIS DAS POESIAS, com o título e texto modificados pelo autor, LUIZ AUGUSTO DA SILVA, com exclusividade para o BLOG).

ABRAÇOS POÉTICOS

Assunto(s): ,

Leia também:

2 comentários

  1. O que eu poderia comentar? Apenas: Muito obrigado, amigo-poeta-tenente. Felicidades e, claro, abraços poéticos para o senhor e sua família também.

  2. LUIZ AUGUSTO DA SILVA disse:

    PREZADO AMIGO, LEONARDO.OBRIGADO PELO PRESTÍGIO.GOSTO MUITO DA ILUSTRAÇÃO E DA ESTÉTICA DA MATÉRIA EM PAUTA. OS ABRAÇOS SÃO RECÍPROCOS. LUIZ AUGUSTO. ATÉ BREVE…

Faça um comentário