EXCLUSIVO: veja os selos e o carimbo do centenário da Paróquia de São João

Publicado em 01 de maio de 2010 às 15h58
Atualizado em 01 de maio de 2010 às 16h03

* Selo e carimbos serão utilizados pela Prefeitura durante trinta dias em comemoração ao centenário da Paróquia, divulgando a data para todo o País e o mundo.

selo1Como já havíamos divulgado, também em primeira mão (clique aqui e reveja aquela informação), para a comemoração do centenário da Paróquia de São João Batista, de Olímpia, o prefeito Geninho Zuliani (DEM) encomendou aos Correios a elaboração de um selo e carimbo alusivos à data, divulgando para todo o País essa importante efeméride religiosa da cidade.

Agora, o Blog consegue, com exclusividade, o modelo do selo e do carimbo. Além de Geninho, participam desse trabalho o vereador Luiz Salata (PP), o clube de Filatelia de Olímpia e, claro, os Correios. Clique abaixo para saber (e ver) mais.

Aliás, o esboço do selo também havíamos antecipado na reportagem anterior, confirmando agora com o esboço que Carlos Roberto Faverão, assistente comercial dos Correios em Rio Preto e nosso colaborador filatélico, enviou para a aprovação do prefeito e do monsenhor Antonio Saint’climents Torras, da Igreja-Matriz de São João Batista.

A folha completa de selos é esta:

selofolha

E o carimbo comemorativo, que é timbrado junto com o selo:

carimbopostal

Assunto(s):

Leia também:

4 comentários

  1. Luiz Augusto da Silva disse:

    Sensibilidade e espiritualidade:

    Tudo de bom acontece quando estamos em perfeita sintonia com os fluídos cósmicos.

    Busquem por favor neste artigo “aqui” em azul. Clique e verá o comentário poético que postei à matéria anterior.

    Vocês já se deram conta de que quantas “coisas” positivas acontecem, quase que diáriamente, em nossa abençoada cidade? Fenômeno…não! Leiam com atenção os meus comentários e, possívelmente, encontrarão a resposta. OK?

    Que todos tenham uma noite divinal .

    Abraços fraternais, do poeta olimpiense,

    Luiz Augusto da Silva.

  2. Cristina disse:

    Visitei OLÍMPIA nesse final de semana,amei ver a minha cidade toda renovada e linda.
    Fui a um desfile de modas no dat Badan,estava
    muito glamuroso,enfim voltei para Campinas fe-
    liz. Como é bom rever as nossas raízes se forta-
    lencendo sempre.
    Léo,senti um pouco de inveja de voces que po-
    dem desfrutar de uma excelente qualidade de
    vida.
    bjs
    Cristina

    • Luiz Augusto da Silva disse:

      Cristina, bom dia!

      Isso sim! É cidadania.

      Embora distante, de maneira muito elegante,
      mostra-me com o seu comentário que ama nossa cidade.

      Obrigado! Pelo amor contagiante, que anima o olimpiense, com as suas palavras que emanam a felicidade.

      Volte sempre! Para alegria da nossa gente!!!

      Fraternais abraços, do poeta olimpiense,

      Luiz Augusto da Silva.

  3. Luiz Augusto da Silva disse:

    A beleza, a criatividade, a simbologia e a pefeita harmonia das formas e cores, que dão um brilhantismo de real grandeza aos selos comemorativos, por aproximada similaridade, empolgam-me a transcrição de dois poemas, de minha autoria, publicados no livro ” O Arco-Íris das Poesias” :

    1 – Ipê do Amor

    O ipê quando floresce
    Exala agradável perfume
    Forte e exuberante
    Como a amor que nos une.

    Símbolo nacional
    Sempre pleno de esplendor
    Resistente como a saudade
    Que fortalece o amor.

    No seu galho apoiado
    Um ninho é edificado
    Por um casal de pássaros
    Verdadeiros apaixonados.

    Assim como as aves
    O meu coração é alado
    Voando a todo instante
    Para pousar ao teus lado.

    (Tema V – Filosóficos – página 60).

    2- Cidade Menina Moça

    Demarcando uma fazenda
    Com muita tenacidade
    Um engenheiro agrimensor
    Pensou na prosperidade.

    Covenceu condôminos
    A parte das glebas doar
    Projetando no futuro
    Nossa cidade criar.

    A primeira doação
    Foi de um amigo altruísta.
    Totalizou 100 alqueires
    Para São João Batista.

    Religiosamente, escolhido
    Padroeiro da cidade
    Eleito pelos doadores
    Patrono da fecundidade.

    John Reid, o engenheiro,
    Homenageu sua afilhada
    Batizando de Olímpia
    A esta terra abençoada.

    (Tema I – Resumo Histórico de Olímpia – página 11).

    Grato!!!

    Abraços fratenos, do poeta olimpiense,

    Luiz Augusto da Silva.

Faça um comentário