Dança do Bambu vai ser apresentado por Fátima Bernardes nesta sexta

Publicado em 03 de julho de 2015 às 8h00
Atualizado em 03 de julho de 2015 às 9h28

Após o grande sucesso do vídeo da Dança do Bambu, compartilhado em rede social do GODAP – Grupo Olimpiense de Danças Parafolclóricas Cidade Menina Moça, o grupo se prepara para apresentar-se nesta sexta-feira (3), ao vivo no Programa Encontro com Fátima, da Rede Globo, a partir das 11h.

godap

Após a ‘viralização’ do vídeo, que obteve mais de 3 milhões de visualizações e mais de 100 mil compartilhamentos, ainda foi compartilhado pelo turco Bora Yeter alcançando mais de 18 milhões de visualizações, contribuindo ainda mais para a divulgação da dança.

Daí, para o contato de diversos veículos interessados em divulgar o folclore do grupo olimpiense, foi um pulo. Assim, irão levar ao programa global a história dos 48 anos do GODAP e a trajetória dos 51 anos do Festival do Folclore de Olímpia, precursor desta caminhada da professora Maria Aparecida de Araújo Manzolli à frente do grupo de dança.

 

A dança

A dança do bambu é da região de Ibitinga (interior de São Paulo), remete ao ciclo junino e as celebrações pelo tempo de colheita. Pesquisada pela professora Maria Aparecida de Araújo Manzolli em 1967, desde então é apresentada pelo Grupo de Danças Parafolclóricas “Cidade Menina Moça” – GODAP – de Olímpia (São Paulo).

Originalmente dançada por apenas um casal sobre um único par de bambus, a dança sofreu adaptações relacionadas à música e a coreografia, até chegar ao formato apresentado hoje pelo GODAP. (MANZOLLI, M. A. de. In Anuário do 26º Festival do Folclore, Olímpia, 1990). Nas Filipinas pode ser observada um dança similar, com menos bambus e menos dançarinos.

 

Assunto(s): ,

Leia também:

Faça um comentário