Começam nesta terça os espetáculos internacionais no FIT de Rio Preto

Publicado em 28 de julho de 2015 às 11h47
Atualizado em 28 de julho de 2015 às 12h23

A partir desta terça-feira (28), o público poderá conferir os espetáculos internacionais da programação da 15ª edição do Festival Internacional de São José do Rio Preto.

La-Morena

Abrindo as apresentações das produções estrangeiras, o grupo Teatro La Morena, do Uruguai, traz ao Teatro Municipal Paulo Moura, nesta terça (28) e quarta (29), às 21h, “Trinidad Guevara”, que conta a história da atriz Trinidad Ladrón de Guevara, precursora da luta pela independência da mulher.

Vivendo em pleno século XIX. Por ser revolucionária e mulher, nunca deixou de ser feminina e mãe, impondo frente ao machismo imperante, uma nova linguagem erótica, dentro e fora dos palcos.

Na quarta (29) e quinta-feira (30), no Teatro Municipal Humberto Sinibaldi Neto, às 20h, o a Companhia Teatro Línea de Sombra, do México, encena “Amarillo”. A peça fala deum homem sai para a fronteira EUA – México e desaparece antes de alcançar seu destino: Amarillo, Texas. O espetáculo aborda a natureza complexa da identidade individual e nacional em um momento de êxodo, tanto para aqueles que saíram e os que são deixados para trás.

Também nesta quinta e sexta-feira, será apresentado no Teatro Municipal Paulo Moura, o espetáculo espanhol “Comissura”. Com um discurso crítico dos tempos atuais, a peça chama a atenção para o absurdo do dia-a-dia. Em sete números, são abordados temas como o controle sobre o corpo alheio, ciúme e privacidade. Coexistem expressões de clown convencional e contemporânea, mas sem se preocupar em corresponder a parâmetros conservadores de teatro e circo. Comissura propõe conectar o público com a melancolia de reconhecer que vivemos com alegria, e a estranheza que pressupõe a existência, contradições, sentimentos contraditórios e sutis.

No palco Teatro SESI, sexta e sábado (31 e 1º), às 20h, diretamente de Portugal, “Fernélia – a história de amor de Fernando Pessoa e Ofélia Queiroz”.

Para conferir a programação completa do Festival acesse o site www.festivalriopreto.com.br ou facebook/festivalripreto.

A bilheteria é na Oficina Cultural Fred Navarro, localizada na rua Jorge Tibiriçá, 3243 – Centro. O horário de funcionamento é de segunda a sexta-feira, das 12h às 20h e aos sábados das 9h às 16h. Nos dias das apresentações, havendo disponibilidade, os ingressos poderão ser retirados, uma hora antes, no local da encenação. Mais informações pelo telefone: (17) 3234 2405 ou pelo e-mail: [email protected].

O Festival é uma realização da Prefeitura Municipal, por meio da Secretaria de Cultura, co-realização da Poiesis, por intermédio da Oficina Cultural Fred Navarro, e da Renova Projetos e Produções, com o apoio do Governo do Estado de São Paulo, através da Secretaria de Estado da Cultura, por meio do ProAC ICMS – Programa de Ação Cultural com patrocínio do Grupo Tereos Guarani, Poty, Levity, Kodilar e Natural Life e apoio cultural de Amplitude Net, JSilva Outdoor, Riopreto Shopping, Diário da Região e rádio CBN.

CONFIRA A PROGRAMAÇÃO COMPLETA DOS ESPETÁCULOS DO FIT 2015:

“Cartas Libanesas” (Cia Eduardo Mossri e José Eduardo Vendramini – SP)

Dia: 31 de julho.

Local: Teatro Municipal Humberto Sinibaldi Neto.

Horário: às 18h e às 21h.

Classificação etária: 16 anos.

Capacidade: 390 pessoas.

 

“Círculo das Baleias” (Pia Fraus Produções Artísticas – São Paulo/SP)

Dias: 28 e 29 de julho.

Local: Teatro Municipal Nelson Castro.

Horários: 28/07 às 19h e 29/07 às 15h.

Classificação etária: livre.

Capacidade: 182 pessoas.

 

“Como a gente gosta” (Grupo Maria Cutia – Belo Horizonte – MG)

Dia: 29 de julho

Local: Calçadão.

Horário: 11h30.

Classificação etária: livre.

Aberto ao público.

“Mazzaropi – um certo sonhador”(Cia. Arte das Águas – Ibirá/SP)

Dia: 30 de julho.

Local: Agerip.

Horário: 10h.

Classificação etária: livre.

 

“MUNDOMUDO” (Cia Azul Celeste – São José do Rio Preto – SP)

Dias: 30 e 31 de julho

Local: Teatro SEST/SENAT

Horário: às19h.

Classificação etária: 14 anos.

Capacidade: 140 pessoas

“O Animal na sala” (Cia. Linhas Aéreas – São Paulo – SP)

Dia: 29 de julho.

Local:Teatro SESI.

Horário: 20h.

Classificação etária: 14 anos.

Capacidade: 376 pessoas.

 

“O baile dos Anastácios” (Oigalê Cooperativa de Artistas Teatrais de Porto Alegre- RS)

Dia: 29 de julho.

Local: Parque da Represa.

Horário: às 18h.

Dia 30 de julho.

Local: Calçadão – Praça Rui Barbosa

Horário: às 10h.

Classificação etária: livre.

Aberto ao público.

“O menino com a panela na cabeça”, (Cia. Arte das Águas – Ibirá/SP)

Dia: 30 de julho.

Local: C.E.I Dr. Aloysio Nunes Ferreira – Pinheirinho.

Horário: às 16h.

Classificação etária: livre.

Aberto ao público

 

INTERNACIONAL

 

“Amarillo” (Teatro Línea de Sombra – México)

Dias: 29 e 30 de julho

Local: Teatro Municipal Humberto Sinibaldi Neto

Horários: às 20h.

Classificação etária: 14 anos.

Capacidade: 390 pessoas

 

“Comissura” (Cia Patrícia Pardo Teatro – Espanha)

Dias: 30 e 31 de julho.

Local: Teatro Municipal Paulo Moura.

Horário: 22h.

Classificação etária: 16 anos.

Capacidade: 916 pessoas.

“Fernélia – A história de amor de Fernando Pessoa e Ofélia Queiroz” (Produção Independente – Portugal)

Dias: 30 e 31 de julho.

Local: Teatro SESI.

Horário: às 20h.

Classificação etária: 14 anos.

Capacidade: 376 pessoas.

“Trinidad Guevara” (Teatro La Morena – Uruguai)

Dias: 28 e 29 de julho.

Local: Teatro Municipal Paulo Moura.

Horários: 21h.

Classificação etária: 14 anos.

Capacidade: 916 pessoas

Programação sujeita à alteração.

 

 

ATIVIDADES FORMATIVAS

 

CICLO DE DEBATES: A OBRA DE VLADIMIR CAPELLA

Local: Auditório do Centro Cultural Prof. Daud Jorge Simão.

Horário: 15h às 17h30

Público: interessados a partir de 14 anos

Inscrições: de 14/7 até a data de cada mesa

Seleção: primeiros inscritos

80 vagas por mesa

Descrição: os debates deste ciclo discutirão a obra do dramaturgo e diretor Vladimir Capella, falecido em abril deste ano. Autor de clássicos para o público infanto-juvenil – como “Panos e Lendas”, “Avoar” e “Maria Borralheira” –, Capella era reconhecido por imprimir beleza visual, poesia e musicalidade em suas montagens. As várias facetas do artista serão analisadas por especialistas e, sob mediação de Gabriela Rabelo, debaterão cada assunto com o público.

DIA 28/07

Mesa: O Espetáculo

Palestrante: Dib Carneiro Neto – dramaturgo, jornalista e crítico de teatro infantil. Conquistou o Prêmio Shell 2008 pelo texto “Salmo 91”. Autor de “Pecinha é a Vovozinha” e “Já Somos Grandes”, entre outros livros. Atualmente escreve para a Revista Crescer.

DIA 29/07

Mesa1: A Música no Processo Criativo

Palestrante:Dyonísio Moreno – músico e preparador musical. É graduado em Composição e Regência e pós-graduado em Educação. Trabalhou na preparação musical e na composição de músicas para espetáculos de Vladimir Capella, tais como: “Avoar”, “Como a Lua”, “O Homem das Galochas”, “Maria Borralheira” e “Clarão nas Estrelas”.

 

Mesa 2: A Encenação e o Processo Criativo

Palestrante:MonalisaCapella – MonalisaCapella é atriz e dubladora. Dentre seus principais espetáculos, destacam-se “O Colecionador de Crepúsculos”, “Píramo e Tisbe”, “Tristão e Isolda” e “Avoar”, todos com texto e direção de seu tio Vladimir Capella.

 

Dia 30/7

PROCESSO DE CRIAÇÃO: DRAMATURGIA EM CENA

Convidado: Lauro César Muniz

Horário: das 15h às 17h30

Local: Auditório do Centro Cultural Prof. Daud Jorge Simão: Praça Jornalista Leonardo Gomes, 1 – 1º andar (Praça Cívica).

Público: interessados a partir de 15 anos

Seleção: primeiros inscritos – Inscrições: 14 a 29/7

80 vagas

Descrição: encontro com o dramaturgo Lauro César Muniz, que falará sobre o seu processo de criação para teatro e televisão. Um dos principais autores da história da teledramaturgia brasileira, Lauro César Muniz tem uma carreira repleta de peças teatrais e novelas de grande sucesso. Dentre suas principais obras destacam-se: no teatro, “O Santo Milagroso”, “Este Ovo é um Galo” e “Luar em Preto e Branco”; na televisão, a minissérie “Chiquinha Gonzaga” e as novelas “O Casarão” e “O Salvador da Pátria”, da TV Globo. Recentemente, escreveu as novelas “Poder Paralelo” e “Máscaras” para a TV Record. Seus textos teatrais foram lançados pela Editora Giostri em uma edição de luxo com quatro volumes, intitulada “Obras Completas de Lauro César Muniz”.

 

Programação sujeita à alteração.

LOCAIS DAS APRESENTAÇÕES E OFICINAS:

Anfiteatro Nelson Castro (Represa Municipal)

Avenida Lino José de Seixas, s/nº – Jardim Seixas.

Agerip

Rodovia Assis Chateaubriand – km 178.

 

D-nite

Avenida Artur Nonato, 6505, Jardim Maracanã.

Calçadão

Praça Rui Barbosa – Centro.

Casa de Cultura Dinorath do Valle

Praça Cacilda Becker s/n, Chácara Municipal.

Centro Cultural Professor Daud Jorge Simão

Praça Jornalista Leonardo Gomes, nº 1, 1º andar (Praça Cívica).

C.E.I Dr. Aloysio Nunes Ferreira (Pinheirinho)

Avenida São José do Rio Preto Preto, s/n° – Solo Sagrado.

Oficina Cultural Fred Navarro

Rua Jorge Tibiriçá, 3243 – Centro.

 

Parque da Represa Municipal

Avenida Lino José de Seixas – próximo ao AME

Praça da Igreja Santa Apolônia – Engenheiro Schmitt

Distrito de Engenheiro Schmitt

Praça da Paróquia São Sebastião – Talhado

Distrito de Talhado

 

Riopreto Shopping

Avenida Brigadeiro Faria Lima, 6363 – Nova Redentora.

 

SEST/SENAT

Avenida Abílio Appoloni, 100 – Jardim Conceição.

 

Teatro GTR

Rua Argemiro Rodrigues Goulart, 1887 – Parque Estoril.

 

Teatro Municipal Humberto Sinibaldi Neto

Avenida Brigadeiro Faria Lima, nº 5381 – Chácara Municipal.

Teatro Municipal Nelson Castro

Avenida Feliciano Salles Cunha, nº 1020 – Vila Itália.

Teatro Municipal Paulo Moura

Av. Duque de Caxias, S/N, Jardim Seixas.

Teatro SESI – Teatro Waldemar de Oliveira Verdi

Avenida Duque de Caxias, nº 4656 – Vila Elvira.

Assunto(s): ,

Leia também:

Faça um comentário