Paciente usa, e abusa, do dinheiro público: mais de 10 mil exames estão encalhados na Saúde

Levantamento feito pela Secretaria Municipal de Saúde de Olímpia, junto às Unidades Básicas de Saúde-UBS’s, Centro de Referência e Ambulatório contabilizou, em todo ano de 2014 até junho deste ano, 10.180 resultados de exames médicos diversos arquivados, ou seja, que o paciente não foi buscar.

postao

Este número representa um contingente superior a 3,6 mil pacientes que realizaram exames gratuitamente e depois não se interessaram pelo resultado. Os exames são realizados mediante a solicitação médica, de acordo com as necessidades do paciente.

De acordo com a Diretora de Divisão de Atenção Básica do Município, Rosa Maria de Carvalho, neste montante está contabilizado o número de envelopes de exames, ou seja, o número de pessoas que não buscam o resultado. Em serviços laboratoriais são em média cinco exames por envelope, ou seja, como são 1.624 pacientes que não compareceram para retirá-los neste período, há em todas as Unidades, 8.120 resultados “arquivados”.

imagem95651_thumb

Nos dados apresentados pela Secretaria, o Ambulatório de Referência e Especialidades (ARE [“Postão”]) é a Unidade que apresenta o maior número de resultados laboratoriais “arquivados”, no período de 18 meses. São 380 pacientes que não compareceram para retirar os exames para verificação, contabilizando 1,9 mil resultados. Em relação aos exames de Papanicolau e Mamografia, a unidade apresenta acúmulo de 73 no primeiro caso, e de 67 exames não procurados no segundo caso.

Outra Unidade que registra grande número de pacientes que não buscaram os resultados é a “Dona Dalva Moreda Ayusso”, no Jardim Campo Belo, que contabiliza 350 pacientes, ou 1.750 resultados.

No levantamento, outros dois exames apresentam alto índice de “abandono”: o Raio-X e o Ultrassom, dois dos exames mais solicitados na rede, e que são feitos na Unidade de Pronto Atendimento-UPA, e depois retirados na sede da Secretaria (Praça Altino Arantes). Somando ambos os exames, há 791 resultados aguardando seus destinatários.

Conforme explica a Chefe do Laboratório local de Saúde, Graziela Cristiane Sperandio, os resultados dos exames ficam à disposição dos clientes na recepção das Unidades de Saúde.

“O resultado retorna ao posto de origem da consulta. Por exemplo, se o paciente se consultou na UBS da São José, buscará o resultado naquela UBS, já que fica mais fácil para pegá-lo e marcar o retorno com o médico. Agora, caso tenha urgência e necessite do resultado para o mesmo dia, o paciente vai retirá-lo no ARE (“Postão”), ou enviamos por e-mail se as UBS’s forem dos distritos”.

Quando o paciente faz o exame, recebe uma guia de retirada, constando nome e data em que o fez. Caso não busque no prazo e perca a guia de retirada, o paciente precisará apenas dizer o seu nome e informar que é um resultado de exame mais antigo.

TABELA

De tradicional família olimpiense, dermatologista Natália Mazer atende na Clínica Lopes Ferraz

A Estância Turística de Olímpia passa a contar com mais uma dermatologista e com fortes raízes familiares. Natália Mazer, 30, nascida em São José do Rio Preto, de tradicional família olimpiense, alguns parentes médicos também, está há cerca de um mês atuando na Clínica Lopes Ferraz – Estética e Clínica Avançada, integrando-se à jovem e competente equipe comandada pelos irmãos Waldemar e Otávio Lopes Ferraz.

natalia-mazer

Com formação nas área de Pediatria e Dermatologia, em Olímpia se dedicará exclusivamente à segunda especialização, em que realizou estágio de trinta dias em Sevilha, Espanha, no ano passado, em Centro de Quirurgico e Laser Europeu. É membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia Clínico Cirúrgica (SBDCC) e membro aprovada no curso de PALS (Suporte Avançado de Vida em Pediatria), da AHA – American Heart Association.

programaNa área de Pediatria, a médica Natália atuou por quatro anos no Hospital Santa Marcelina, na capital paulista, angariando uma larga experiência, já que é uma instituição renomada e bastante movimentada.

cartaz-semalDevido ao seu largo conhecimento em Dermatologia, foi convidada para ser ‘speaker’ (palestrante) no “XIV Congreso de La Sociedade Española de Medicina Antienvejecimiento y longevidade (SEMAL)”, na Espanha, no dia 3 de outubro, ao meio-dia.

O tema de sua exposição será sobre o “uso de antioxidantes para prevenção do envelhecimento”.

TECNOLOGIA

natalia-mazer2Ao Diário, relatou a sua experiência profissional nas duas áreas de especialização e como vem atuando em Olímpia, às segundas-feiras, na Clínica Lopes Ferraz, valendo-se de seu conhecimento e, claro, de equipamentos de última geração, como rádio frequência fracionada para cicatrizes de acnes e rejuvenescimento, por exemplo; dinolight para prevenção aos diversos tipos de cânceres de pele; infusão de CO2 Medicinal, de uso exclusivo médico, para ativação de colágeno, tratamento de estrias, cicatrizes e as indesejadas gorduras localizadas.

Até que se mude, em definitivo, de São José do Rio Preto para Olímpia, a médica Natália Mazer tem atendido às segundas-feiras na Clínica Lopes Ferraz, à rua Síria, 1152, mas pacientes podem ser atendidos em qualquer dia, bastando o agendamento prévio, inclusive pelo telefone da Clínica (17) 3281-1306.

Por enquanto, o atendimento é particular, mas ela está providenciando o cadastramento nos planos de saúde, a serem divulgados posteriormente.

Natália fez uma visita à Redação, tomou um ‘café diário’ arábico do Sul de Minas, e expôs os seus planos para adotar, em definitivo, a cidade de seus familiares. Desejamos à nova profissional médica, agora da área dermatológica, muito sucesso.

Olímpia encerra campanha de vacinação contra a poliomielite com 99,11% de cobertura

A Secretaria de Saúde da Estância Turística de Olímpia encerrou no último dia 10 a Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite e Multivacinação, registrando, conforme dados divulgados pelo Ministério da Saúde, cobertura vacinal de 99,11%, ou seja, 2.847 crianças vacinadas, das 2.872 que deveriam receber a “gotinha”.

vacina2polio

De acordo estatísticas do Estado e da federação, a Campanha não atingiu a meta estipulada pelo Governo Federal, de vacinar 95% das crianças. Registraram 93,52% (11.893,045 crianças) e 89,66% (2.519,247 crianças vacinadas) respectivamente.

Segundo dados do Ministério da Saúde, as faixas etárias que Olímpia mais imunizou foram as de seis meses a 1 ano, 3 e 4 anos, apresentando, respectivamente, 104,28%, 102,22% e 101,9%, do total de crianças vacinadas respectivamente. As crianças de seis meses a 1 ano totalizam 341 doses, 14 a mais do que a meta apresentada pela Secretaria Municipal de Saúde, de 327.

Em números, na faixa etária de 3 anos, o município ministrou 644 doses, enquanto a meta calculada era de 630. Em crianças de 4 anos, a gotinha foi distribuída para 644, acima do número de crianças estipuladas para esta faixa, que era de 632.

As crianças com 2 anos registram 615 doses, um total de 97,77% das 629 que deveriam receber a gotinha durante a campanha. A única faixa etária que ficou abaixo dos 95% foi a de 1 ano, que registrou 92,2%, um total de 603 doses ministradas.

Unimed Rio Preto não tem nada a ver com ‘quebra’ da Paulistana, diz nota

A ‘quebra’ da Unimed Paulistana em nada afeta a Unimed de São José do Rio Preto. É o que afirma a nota da instituição após a divulgação, pelo Diário de Olímpia, na última quarta-feira (2), de que a crise no sistema de saúde complementar no Brasil se agravou hoje com a decisão da ANS sobre a Unimed Paulistana. A operadora terá de entregar sua carteira de clientes para um outro administrador em 30 dias, a contar da data da notificação, publicada naquela quarta-feira no “Diário Oficial da União”.

unimed

A repercussão da notícia causou mal-estar em alguns usuários. “Muitos clientes acham que o problema tem reflexo na Unimed Rio Preto, mas não tem”, assegura a assessoria de imprensa ao Diário.

A NOTA OFICIAL

Diz a nota encaminhada ao Diário de Olímpia que:

“Com relação ao processo de alienação compulsória da Unimed Paulistana, esclarecemos que em nada afeta o funcionamento da Unimed São José do Rio Preto. Todas as Unimeds são independentes entre si, com carteiras de clientes e administração próprias, por isso, tais fatos dizem respeito exclusivamente à Unimed Paulistana.

Unimed Rio Preto Coluna do Beck

“Atualmente, a Unimed Rio Preto possui 240 mil clientes e 1.400 médicos cooperados. A situação financeira da cooperativa rio-pretense é totalmente estável e segura. Os clientes continuam com atendimento garantido na cidade de São Paulo em caso de necessidade por meio do intercâmbio, com total respaldo dos prestadores de serviços médicos da Federação das Unimeds do Estado de São Paulo – Fesp”.

Estoque de sangue está crítico e doadores serão bem-vindos

A unidade de hemoterapia de Olímpia pede, mais uma vez, socorro aos doadores voluntários de sangue. Segundo revela a agente captadora Edrene Martins da Silva, ao Diário, “o nosso estoque encontra-se abaixo do esperado”.

hemocentro

“Pedimos, encarecidamente, por caridade, que a população venha a colaborar conosco mais uma vez, doando sangue, vital para tantas vidas que dele necessitam”, acrescenta Edrene.

Segundo a agente explica, “esta é uma época do ano crítica em que os estoques em todas as Unidades ficam abaixo do nível de segurança, inclusive a de Olímpia, e não podemos deixar isso acontecer”.

Cada paciente, transfusão ou acidentados, segundo ela, necessita, geralmente, de mais uma bolsa de sangue em um procedimento hospitalar.

doar-sangue1

E, como todos sabem, não existe nenhum substituto para o sangue.

A Unidade também faz o cadastramento de doação de Medula Óssea.

O doador deve estar em boas condições de saúde, descansado (ter dormido, no mínimo, seis horas) e alimentado. Os voluntários não devem ter consumido alimentos gordurosos até quatro horas antes da doação e nem ter consumido bebida alcoólica nas 12 horas anteriores. Não pode doar sangue quem teve hepatite após os 10 anos de idade, é usuário de drogas injetáveis ou é portador de hepatite B, hepatite C ou Aids.

HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO

A Unidade de Hemoterapia (conhecida popularmente como ‘hemocentro’) funciona das 7h ao meio dia, de terça a sábado.

E é fácil de ser encontrada: ao lado da Santa Casa local, na rua Síria, 190.

Dúvidas? Ligue (17) 3281-9080.

Nova UBSF ‘Dr. Francisco Figueiredo Filho’ é entregue por Geninho e Silvia Forti

A Prefeitura da Estância Turística de Olímpia, por meio da Secretaria de Saúde, inaugurou nesta quinta-feira (3), as novas instalações da Unidade Básica de Saúde da Família-UBSF “Dr. Francisco Figueiredo Filho”, localizada no Jardim São José.

DSCN9825

A nova UBSF faz parte de um projeto desenvolvido pela Secretária Municipal da Saúde, Silvia Forti Storti, que conseguiu, junto aos governos Federal e Estadual, verbas no valor total de R$ 610 mil para adequação do prédio e requalificação da Unidade. Os projetos foram inseridos com base no Programa de Requalificação de UBS’s, do Governo Federal, e o Programa Qualis UBS, do Governo do Estado de São Paulo.

A solenidade contou com a presença do prefeito Geninho Zuliani (DEM), do vice-prefeito Luiz Gustavo Pimenta, da Secretária de Saúde, Silvia Forti Storti, e dos vereadores Luiz Antônio Moreira Salata, Cristina Reale e Leonardo Simões.

Participou também da cerimônia o filho do homenageado, Francisco Eduardo Arthur Figueiredo, acompanhado da esposa Maria Cristina Gonzales Figueiredo, e dos filhos Francisco e Carolina, além de secretários municipais, colaboradores da Saúde e convidados.

A UBSF “Dr. Francisco Figueiredo Filho” passou por ampliação para se enquadrar no porte 2, com no mínimo três equipes de Estratégia de Saúde da Família. A nova área construída da Unidade, com acesso direto pela Avenida José Rodrigues da Silva, foi totalmente projetada para garantir um bom atendimento ao usuário.

Na unidade estão disponíveis seis consultórios médicos, consultório de enfermagem, consultórios odontológicos para adultos e outro para bebês, uma sala com banheiro para os ginecologistas, sala de vacinas, sala de reuniões para as equipes de estratégia e salão para realização de grupos de orientação e trabalho, como os de gestantes, tabagismo e terceira idade, entre outros setores.

No início da solenidade o padre Ivanaldo Mendonça, pároco da Igreja Matriz de São José, abençoou o novo espaço. Em seguida, Maria Cristina Gonzales Figueiredo, nora do homenageado, fez uso da palavra e elogiou a nova Unidade. “Ficamos muito felizes com a nova UBSF. Está muito bonita e acolhedora”, disse ela, encantada com a estrutura do local. O presidente da Câmara, Luiz Antônio Moreira Salata, parabenizou a secretária Silvia e o Prefeito Geninho pela nova obra.

DSCN9948

Já a Secretária de Saúde, Silvia Forti Storti, disse que tudo ali foi pensado nos mínimos detalhes para que a população do Jardim São José tenha orgulho de entrar num ambiente onde se sinta privilegiada e possa receber atendimento digno e de qualidade.

“A Saúde não é feita somente pelo Secretário ou pelo Prefeito. É feita também por todos os profissionais deste Setor e pelos usuários, que serão ouvidos sempre, para que os resultados sejam os melhores possíveis”, disse a Secretária Silvia Forti, elogiando o Prefeito Geninho Zuliani, por ser “arrojado, corajoso e criativo, com a cabeça voltada à qualidade no atendimento, com o máximo de estrutura possível”.

Cumprimentando Francisco Figueiredo, filho do homenageado presente ao evento acompanhado da esposa, Maria Cristina, e dos filhos Francisco e Carolina, o Prefeito Geninho Zuliani disse estar muito orgulhoso com a inauguração da nova Unidade. “Eu digo nova Unidade porque, apesar do terreno ser o mesmo, ela foi construída e hoje está de frente para a Avenida José Rodrigues da Silva, está bem mais visível para a população do bairro, muito mais aconchegante, muito mais acolhedora”.

“Trata-se de uma obra nova, com equipamentos de última geração, para dar qualidade de atendimento ao público”, complementou. “São investimentos que nós buscamos por meio de projetos, com o ‘empurrão’ político do nosso deputado Rodrigo Garcia, com apoio da Câmara Municipal na aprovação desses convênios”, complementou.

O Prefeito falou do investimento feito pelo Município na Saúde, que deveria ser de 15% do Orçamento anual, constitucionalmente, mas aplica entre 23% a 24%. A Saúde em Olímpia possui um quadro de 450 profissionais, entre médicos – mais de 70, enfermeiros, agentes comunitários, técnicos, farmacêuticos, possibilitando atendimento em todas as modalidades na área.

DSCN9794

O Prefeito lembrou também da implantação da Unidade de Pronto Atendimento-UPA, que hoje atende quase sete mil pacientes por mês, e também do SAMU, que presta um serviço inestimável à cidade. “A Estratégia de Saúde da Família, que não tinha antes, hoje é uma realidade”, afirmou o Prefeito.

“Quero parabenizar a toda equipe de Saúde, desde médicos até os profissionais da limpeza, que facilitam a vida das pessoas, que atendem com carinho; os dentistas, que também têm feito um trabalho brilhante na Rede. Quero parabenizar a Silvia pelo seu maravilhoso trabalho. Tenho muita tranquilidade em ter você como Secretária de Saúde. Estendo aqui meus cumprimentos a todos os meus Secretários e toda a minha equipe. E finalmente cumprimentar o Francisco e sua esposa, e agradecer a todos pela presença”, concluiu Geninho Zuliani.

Olímpia atinge meta de vacinação contra a paralisia, mas campanha prossegue

A Estância Turística de Olímpia ultrapassou a meta estipulada para a Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite e Multivacinação e vacinou, em dados divulgados nesta quinta (3 de setembro), 95,44% da população abrangida pela campanha, ou seja, 2.741 crianças, das 2.872 que devem ser vacinadas.

VACINAÇÃO

Ontem, quarta-feira (2), o Diário divulgou que faltavam doses para serem aplicadas e que, portanto, Olímpia não tinha atingido, porém, com os dados atualizados do DataSUS, do Ministério da Saúde, hoje, quinta-feira (3), as planilhas foram atualizadas, e assim, Olímpia está dentro das cidades que, efetivamente, vacinaram satisfatoriamente contra a paralisia infantil.

Conforme os dados do Ministério da Saúde, a faixa etária de crianças com 3 anos é a que possui a maior porcentagem de doses ministradas, 99,21%, representando um total de 625 crianças imunizadas, restando apenas cinco para todas estarem vacinadas.

As crianças com idade de seis meses a um ano registram um índice de imunização de 98,47%, ou seja, das 327 que devem receber a vacina, 322 já estão em dia com a “gotinha”.

As faixas etárias de 2 e 4 anos também estão superiores as metas estabelecidas pelo Ministério da Saúde, registrando 95,87% e 97,78%, respectivamente. Segundo os dados da Secretaria Municipal de Saúde, a única faixa etária que apresenta índice abaixo da meta é a de um ano, registrando 87,61% de doses ministradas, ou seja, das 654 crianças que precisam ser vacinadas, já foram imunizadas 537.

A campanha foi prorrogada até o dia 10 de setembro e os responsáveis, que ainda não compareceram com as crianças para vacinar, devem procurar as Unidades Básicas de Saúde, de segunda a sexta-feira, com a Carteira de Vacinação.

Vacinação contra HPV

A Secretaria Municipal de Saúde informa que desde o dia 1º de setembro iniciou a segunda etapa da campanha de vacinação contra o HPV (papiloma Vírus Humano). A vacinação é uma medida de prevenção ao câncer de colo do útero e atinge meninas de 9 a 11 anos. As vacinas são encontradas nas Unidades Básicas de Saúde e a partir do dia 8 de setembro serão aplicadas nas escolas da rede municipal.

UNIMED Paulistana quebra e troca de gestor será em 30 dias, ordena ANS

Fernando Rodrigues (UOL) — A crise no sistema de saúde complementar no Brasil se agravou hoje com a decisão da ANS sobre a Unimed Paulistana. A operadora terá de entregar sua carteira de clientes para um outro administrador em 30 dias, a contar da data da notificação, publicada nesta 4ª feira (2.set.2015) no “Diário Oficial da União”.

Essa entrega dos clientes para outro operador é a chamada “alienação” compulsória, segundo a Agência Nacional de Saúde Suplementar. Eis o trecho que trata da Unimed Paulistana no “Diário Oficial” (clique na imagem para ampliar):

DOU-ANS-Unimed-2set2015-1024x247

A troca obrigatória do controlador terá de ocorrer, segundo a ANS, por causa de “anormalidades econômico-financeiras e administrativas graves que colocam em risco a continuidade do atendimento à saúde”. Estão suspensas as vendas de planos de saúde da Unimed Paulistana.

Pelo porte da empresa, trata-se do maior fracasso financeiro de uma operadora de saúde complementar da história brasileira.

plano-de-saude-unimed

Segundo a Agência Nacional de Saúde Suplementar em um comunicado distribuído nesta 4a feira (2.set.2015), “a Unimed Paulistana possui aproximadamente 744 mil beneficiários, em sua maior parte residente no município de São Paulo, e dos quais 78% estão em planos coletivos (empresariais e por adesão)”.

Quando se considera uma mensalidade média de R$ 300 por cliente, a Unimed Paulistana fatura em torno de R$ 2,678 bilhões por ano.

No ranking das maiores empresas de saúde publicado pelo jornal “Valor”, a Unimed Paulistana aparece na 5ª posição em 2014. E a 4ª com o maior lucro operacional. As tabelas estão ao final deste post.

Os clientes da Unimed Paulistana estão preservados no período de transição para um novo operador da empresa.

A ANS informou que a nova operadora interessada em assumir a carteira de 744 mil clientes “deverá possuir situação econômico-financeira adequada e manter as condições dos contratos sem prejuízos aos consumidores”. Será dada prioridade a alguma outra Unimed.

Caso nenhuma das Unimed (uma rede de cooperativas de prestação de serviços de saúde complementar) se interessar, a ANS fará uma oferta pública “para que operadoras interessadas ofereçam propostas de novos contratos aos beneficiários da Unimed Paulistana”.

Esse negócio bilionário deve abrir espaço para outras operadoras de fora do sistema Unimed para assumir uma parte dos 746 mil clientes da empresa quebrada.

Unimed-1-Valor1000-768x1024

Unimed-2-Valor1000-768x1024

Sem atingir a meta, vacinação contra a paralisia vai até o dia 10. E começa a do HPV

Apesar da Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite e Multivacinação ter alcançado até aqui índice quase duas vezes maior em comparação ao último levantamento feito, a vacinação continuará nas Unidades Básicas de Saúde até o dia 10 de setembro, com o intuito de completar o lote de doses à disposição.

Polio

Olímpia, bem como a União e o Estado, ainda não atingiram a meta estipulada de imunização de 95% da população. O país vacinou, segundo dados do Ministério da Saúde, 71,66%, ou seja, 9.112.507 crianças, das 12.716.711 a serem vacinadas.

Em todo Estado de São Paulo foram ministradas 1.768.202 doses, um total de 70,19% das 2.519.247 crianças que têm direito à vacina. O município de Olímpia tem uma taxa de doses ministradas de 81,09%, totalizando 2.329 crianças, das 2.872 que devem receber a “gotinha”.

Em caso de dúvidas, os interessados podem entrar em contato com a Secretaria Municipal de Saúde, pelo telefone (17) 3279-2344.

Confira abaixo a cobertura vacinal nas faixas etárias da campanha:

 

 

QUADRO-POLIO

 

Vacinação contra HPV

A Campanha de vacinação contra o HPV (papiloma Vírus Humano) começa hoje, 1º de setembro. Esta é a segunda etapa de imunização. A vacinação é uma medida de prevenção ao colo do útero e atinge meninas de 9 a 11 anos. As meninas poderão ser vacinadas tanto nas Unidades Básicas de Saúde (UBS’s) quanto nas escolas.

hpv-olimpia1

Quem não recebeu a primeira dose ou completou nove anos após a primeira etapa da campanha também poderá ser vacinada.

Carretas do Hospital do Câncer continuam pelas UBS de Olímpia até o dia 3

Uma carreta do Hospital do Câncer de Barretos está estacionada em Olímpia em frente à uma Unidade Básica do Campo Belo e já esteve, na manhã, em Ribeiro dos Santos. Com a iniciativa, moradoras da cidade têm a oportunidade de realizar exames preventivos de forma gratuita. O câncer de mama é o segundo tipo de doença mais comum entre as mulheres. Muitas vezes, o diagnóstico tardio acaba matando, por isso a prevenção é importante.  A carreta do Hospital de Câncer de Barretos fica em Olímpia até o dia 3 de setembro (veja programação abaixo)

De longe a carreta rosa chama a atenção dos moradores da cidade. Estacionada em frente a uma Unidade Básica de Saúde de Olímpia, os pacientes se sentem em um consultório convencional quando entram no veículo.

carreta

Assim que ficou sabendo que a carreta do Hospital do Câncer de Barretos estava no bairro, a dona de casa Vanderlice Silva se apressou para agendar os exames. “Eu perdi a minha sogra e o meu avô com essa doença e isso é muito triste, por isso optei pela prevenção”, diz Vanderlice.

A carreta oferece exames importantes como a mamografia para identificar o câncer de mama e também o papanicolau que previne o câncer de colo de útero. “Todas as mulheres com faixa etária entre 40 e 69 anos podem procurar uma Unidade Básica de Saúde, com os xerox dos documentos e realizar o agendamento. Para fazer o agendamento não é necessário que paciente tenha um encaminhamento médico”, afirma a enfermeira Amanda Piai.

No total, oito unidades móveis percorreram no ano passado mais de 97 mil quilômetros, o equivalente a mais de duas voltas ao redor da terra e isso apenas em nove estados do país. Foram mais de 312 mil atendimentos e cerca de 247 mil exames realizados.

A aposentada Marilene Bortolazzo não deixa de se prevenir. Há quatro anos ela conta com os serviços oferecidos pela carreta. “Foi por meio da carreta que eu consegui tratamento e não ter algo mais grave”, afirma Marilene.

Facilmente se reconhece a importância da carreta ao analisar as estatísticas. Sendo o segundo tipo mais frequente e o mais comum entre as mulheres o câncer de mama corresponde a 22% dos novos casos registrados a cada ano no país. Por isso a prevenção é fundamental. “O exame da mamografia é um exame que consegue detectar o câncer em fase inicial e todo ano esse exame deve ser realizado”, afirma Amanda.

A dona de casa Isabel Babato, só descobriu o câncer de mama ao realizar o exame preventivo oferecido pelo consultório móvel. E há um ano faz o tratamento no Hospital em Barretos. Apesar de delicado ela já sente os resultados. “Realizei todas as quimioterapias e hoje me sinto bem melhor”, diz Isabel.

PROGRAMAÇÃO

31/08

  • UBS Dona Dalva F. M. Ayusso – Campo Belo – horário: 8:00 às 20:00.
  • UBSF Dr. Custódio R. de Carvalho – Ribeiro dos Santos – horário: 8:00 às 13:00.

1/09

  • UBS Dona Dalva F. M. Ayusso – Campo Belo – horário: 8:00 às 20:00.

2/09

  • UBS Dona Dalva F. M. Ayusso – Campo Belo – horário: 8:00 às 20:00.

3/09

  • UBSF Valter Stuk – Cohab IV – horário: 8:00 às 20:00.

4/09

  • UBSF Valter Stuk – Cohab IV – horário: 8:00 às 13:00.

8/09

  • UBSF Dr. Francisco Figueiredo Filho – São José – horário: 8:00 às 13:00.

9/09

  • UBSF Dr. Francisco Figueiredo Filho – São José – horário: 8:00 às 13:00.

10/09

  • UBSF Dr. Francisco Figueiredo Filho – São José – horário: 8:00 às 13:00.

11/09

  • UBSF Dr. Gilberto V. Mora – Baguaçu – horário 8:00 às 13:00.2ª Campanha de Prevenção do Câncer Bucal18/08
    • UBS Dr. Waldomiro Paiva Luz – Cohab I e II – horário: 8:00 às 13:00.

    19/08

    • UBS Dr. Waldomiro Paiva Luz – Cohab I e II – horário: 8:00 às 13:00.

    20/08

    • Centro de Referência do Idoso – horário: 14:00 às 20:00.

    26/08

    • UBSF Dr. Francisco Figueiredo Filho – São José – horário: 8:00 às 13:00.

    27/08

    • UBSF Dr. Francisco Figueiredo Filho – São José – horário: 14:00 às 20:00.

    3/09

    • UBSF Valter Stuk – Cohab IV – horário: 14:00 às 20:00.

(G1 com Diário de Olímpia)

Campanha de vacinação contra a poliomielite termina hoje em Olímpia

A Campanha Nacional de Vacinação Contra a Poliomielite e Multivacinação, iniciada no dia 15 de agosto, termina nesta segunda-feira (31), e segundo o último balanço divulgado pela Saúde já havia sido imunizado 46,69% das crianças entre seis meses e quatro anos de idade, ou seja, 1.341 das 2.872 crianças registradas na Estância Turística de Olímpia, até o dia 17. De lá para cá, não esse número não foi atualizado pela assessoria de Imprensa.

DSC_0141

De acordo com informações da Secretaria Municipal de Saúde, a faixa etária de três anos é a que apresenta maior índice de cobertura vacinal, com um total de 311 crianças, dentre as 630 a serem vacinadas.

As crianças na faixa etária de seis meses a um ano e maiores de um ano contabilizam 432 crianças vacinadas nos primeiros dias da campanha, ou seja, 143 e 289 respectivamente, de um total de 981.

DSC_0094

A Campanha Nacional será realizada até o dia 31 de agosto, e tem como meta vacinar 95% das crianças. Os pais que não levaram seus filhos podem comparecer em qualquer UBS, das 7h30 às 16h30. Todas as vacinas do Calendário Vacinal estarão disponíveis para as crianças que estiverem em atraso.

DSC_0138-(1)

Crianças com febre acima de 38 graus somente poderão ser vacinadas após melhorar o estado febril. A mãe deve levar a Carteira de Vacina para conferir se existe alguma vacina em atraso.

Carretas da Prevenção do Câncer de Mama e Bucal estão na UBS das Cohabs 1 e 2

Desde o último dia 3, exames anuais gratuitos de Mamografia e o Papanicolau, que previnem os cânceres de mama e do colo do útero, estão sendo realizados em Olímpia, que prosseguem até 11 de setembro, em parceria com o Hospital PIO XII, de Barretos, em duas Unidades Móveis (Carreta e Ônibus), e as mulheres interessadas ainda podem se cadastrar nas Unidades Básicas de Saúde.

Desde ontem, segunda-feira (17), e ainda hoje e até sexta-feira (21), as unidades móveis estão UBS Dr. Waldomiro Paiva Luz – Cohab I e II, das 8h às 20h.

carreta-cancer

A Secretaria de Saúde informa que as interessadas devem comparecer das 7 às 17h para realizarem os seus cadastros nas UBS´s, munidas de cópias do RG, CPF, do Cartão SUS e com um comprovante de residência.

Os exames de Papanicolau serão oferecidos para todas as mulheres que já tenham iniciado sua vida sexual, sendo prioridade as mulheres de 25 a 64 anos. A Mamografia deverá ser feita pelas mulheres de 40 a 69 anos, sendo prioridade aquelas de 40 a 59 anos.

IMG_9292-(1)

Junto a esta campanha, também será desenvolvida a 2ª Campanha Preventiva do Câncer Buca destinada às pessoas acima de 40 anos, fumante (ou que tenha parado de fumar há 10 anos) ou que faça uso de bebidas alcóolicas.

"A campanha visa à prevenção e o diagnóstico precoce de câncer de boca. Além do público alvo, todas as pessoas que apresentarem qualquer lesão na boca e que estão com dúvidas podem participar”, explica a cirurgiã-dentista Fabiana Cristina Fernandes.

PREVENÇÃO DO CÂNCER BUCAL

A campanha de prevenção de câncer bucal será realizada na Unidade Móvel da Prevenção do Câncer bucal (Furgão), onde estará a Carreta ou o ônibus do Pio XII, junto à UBS, conforme o calendário abaixo, a cada semana. O exame é feito por profissional capacitado e aparelho de última geração, que detecta a doença em estágios iniciais e com grande chance de cura.

O horário de atendimento é da Van de Prevenção de Câncer Bucal no período da manhã é das 8h às 14h30.

IMG_9293

As unidades móveis (carreta e ônibus) atenderão de segunda a sexta-feira, com um rodízio dos locais em todas as áreas da cidade e dos Distritos de Ribeiro dos Santos e Baguaçu. A carreta atenderá em dois períodos, das 8 às 20 horas, de segunda a quinta-feira, e realizará até 100 exames de Papanicolau e até 60 mamografias por dia.

11880438_703846526414521_1529854648725288493_n

O ônibus atenderá, pela manhã, das 8 às 13 horas, e à tarde, das 13 às 20 horas, realizando até 50 exames de Papanicolau e até 30 mamografias por dia. O atendimento até às 20 horas proporcionará a oportunidade de todas as mulheres que trabalham fora fazer a sua prevenção a partir das 17 horas.

Confira as datas e os locais de atendimento das Unidades, para a realização dos exames preventivos de Papanicolau e Mamografia.

18/08

  • UBS Dr. Waldomiro Paiva Luz – Cohab I e II – horário: 8:00 às 20:00.
  • Centro de Referência do Idoso – horário: 8:00 às 13:00.

19/08

  • UBS Dr. Waldomiro Paiva Luz – Cohab I e II – horário: 8:00 às 20:00.
  • Centro de Referência do Idoso – horário: 8:00 às 13:00.

20/08

  • UBS Dr. Waldomiro Paiva Luz – Cohab I e II – horário: 8:00 às 20:00.
  • Centro de Referência do Idoso – horário: 8:00 às 13:00.

21/08

  • UBS Dr. Waldomiro Paiva Luz – Cohab I e II – horário: 8:00 às 13:00.
  • Centro de Referência do Idoso – horário: 8:00 às 13:00.

26/08

  • UBSF Dr. Francisco Figueiredo Filho – São José – horário: 8:00 às 20:00.
  • Ambulatório de Referências e Especialidades (ARE) – horário: 8:00 às 13:00.

27/08

  • UBSF Dr. Francisco Figueiredo Filho – São José – horário: 8:00 às 20:00.
  • Ambulatório de Referências e Especialidades (ARE) – horário: 8:00 às 13:00.

28/08

  • UBSF Dr. Francisco Figueiredo Filho – São José – horário: 8:00 às 13:00.
  • Ambulatório de Referências e Especialidades (ARE) – horário: 8:00 às 13:00.

31/08

  • UBS Dona Dalva F. M. Ayusso – Campo Belo – horário: 8:00 às 20:00.
  • UBSF Dr. Custódio R. de Carvalho – Ribeiro dos Santos – horário: 8:00 às 13:00.

1/09

  • UBS Dona Dalva F. M. Ayusso – Campo Belo – horário: 8:00 às 20:00.

2/09

  • UBS Dona Dalva F. M. Ayusso – Campo Belo – horário: 8:00 às 20:00.

3/09

  • UBSF Valter Stuk – Cohab IV – horário: 8:00 às 20:00.

4/09

  • UBSF Valter Stuk – Cohab IV – horário: 8:00 às 13:00.

8/09

  • UBSF Dr. Francisco Figueiredo Filho – São José – horário: 8:00 às 13:00.

9/09

  • UBSF Dr. Francisco Figueiredo Filho – São José – horário: 8:00 às 13:00.

10/09

  • UBSF Dr. Francisco Figueiredo Filho – São José – horário: 8:00 às 13:00.

11/09

  • UBSF Dr. Gilberto V. Mora – Baguaçu – horário 8:00 às 13:00.2ª Campanha de Prevenção do Câncer Bucal18/08
    • UBS Dr. Waldomiro Paiva Luz – Cohab I e II – horário: 8:00 às 13:00.

    19/08

    • UBS Dr. Waldomiro Paiva Luz – Cohab I e II – horário: 8:00 às 13:00.

    20/08

    • Centro de Referência do Idoso – horário: 14:00 às 20:00.

    26/08

    • UBSF Dr. Francisco Figueiredo Filho – São José – horário: 8:00 às 13:00.

    27/08

    • UBSF Dr. Francisco Figueiredo Filho – São José – horário: 14:00 às 20:00.

    3/09

    • UBSF Valter Stuk – Cohab IV – horário: 14:00 às 20:00.

Hoje é dia de vacinar crianças de até 5 anos contra a paralisia

Hoje, é dia de tomar duas gotinhas contra a paralisia infantil. Quem tem filhos na faixa de seis meses até os 5 anos deve procurar um dos postos de vacinação de Olímpia. A poliomielite é uma doença infectocontagiosa grave, afeta o sistema nervoso provocando seis tipos de lesões irreversíveis, podendo causar até a morte.

11705281_10207587942166702_6402350499153372609_n

O prefeito Geninho Zuliani (DEM) já esteve nas Unidades Básicas de Saúde, e faz campanha também nas redes sociais para que os pais levem os filhos em qualquer UBS, ou ‘Postão’, até às 17h.

A doença é causada pelo poliovirus; a infecção ocorre por via oral. A vacina é a única forma de prevenção, por isso, é tão importante receber as gotinhas.

Saúde inicia ‘Campanha dos 3 Bichos’ na segunda-feira, para combater tracoma, hanseníase e parasitas

A Secretaria de Saúde da Estância Turística de Olímpia, por meio da Vigilância em Saúde, começará a desenvolver a partir de segunda-feira (17), a “Campanha dos 3 Bichos”, visando combater o tracoma, a hanseníase e os parasitas.

campanha

A Campanha, que se estende até dia 21, conta com a colaboração da Secretaria Municipal da Educação, onde os Diretores das escolas participantes colaboram para que a Saúde possa ter sucesso, uma vez que estas doenças são de características epidemiológicas e de fácil transmissão.

Os objetivos da Campanha a ser realizada nas escolas são os de reduzir a carga parasitária de geo-helmintos (cujo ciclo evolutivo, em parte, pode ocorrer no solo, que é a fonte de infecção, contendo larvas infestantes ou ovos) em escolares do Ensino Fundamental, por meio do tratamento preventivo; identificar casos suspeitos de hanseníase por meio do “método do espelho” (preenchimento de formulário por familiares relatando se há casos na família, bem como o histórico familiar) e identificar e tratar casos de tracoma nos alunos.

As escolas que irão participar da Campanha serão as EMEBs Santo Seno, Washington Junqueira Franco e Professor José Santana, e as EE Dr. Eloy Lopes Ferraz e EE Comendador Francisco Bernardes Ferreira. A Campanha tem como intuito principal contribuir para uma maior difusão de conhecimentos sobre as três doenças (os “3 bichos”) em relação aos sinais, sintomas, suspeita e formas de prevenção.

A realização de ações integradas no ambiente escolar proporciona excelente oportunidade de atingir o maior número de crianças em razão da agregação delas e dos adolescentes nesse ambiente, com a utilização das ferramentas disponíveis. Esta é uma estratégia para tratamento e potencialização dos resultados da intervenção.

Além disso, as estratégias de integração das ações voltadas para essas endemias, no âmbito escolar, possibilitam a integração de profissionais de Saúde e Educação. Neste contexto, o papel dos profissionais da Estratégia de Saúde da Família, das Unidades Básicas de Saúde e profissionais da Educação é de fundamental importância para o desenvolvimento das ações propostas para a Campanha.

Os suspeitos de tracoma e hanseníase identificados durante as ações da Campanha são referenciados à Rede Básica de Saúde para a confirmação diagnóstica e tratamento oportuno. A quimioprofilaxia para as geo-helmintíases é realizada na própria escola. O alcance dos objetivos e sustentabilidade dos resultados das ações depende de diversos fatores, entre eles, da Educação em Saúde.

No contexto da hanseníase, a singularidade desta Campanha está na conscientização da criança e do adolescente, já que com o autoexame, por meio da ficha de autoimagem, o indivíduo será capaz de identificar os sinais e sintomas da hanseníase e posteriormente ser encaminhado à Unidade de Saúde para confirmação ou não do diagnóstico.

Por meio desta experiência prática, crianças e adolescentes poderão se aproximar do conhecimento sobre estas doenças e contribuírem tanto para o seu autocuidado, como para disseminação deste conhecimento na comunidade.

A Secretaria Municipal de Saúde está à disposição dos interessados no tema, ou mesmo para esclarecer qualquer dúvida, por meio da Vigilância Epidemiológica, no telefone 3279-2344

Santa Casa de Barretos capta sete órgãos de doadora da região

A Santa de Casa de Barretos identificou uma doadora de órgãos, que sofreu morte encefálica. No último dia 7, através da autorização e de um gesto generoso da família, foi feita a retirada de ossos, dois rins, fígado, pâncreas e das duas córneas.

Estes órgãos beneficiarão seis pessoas, que já fazem parte do Cadastro Central de Transplantes e estão na fila de espera, além dos ossos irem para o Banco de Ossos, ficando assim, disponíveis para serem utilizados em diversas possibilidades.

No país, neste semestre, pela primeira vez desde 2007, houve uma diminuição na taxa de potenciais doadores, de doadores efetivos e no número de transplantes de rim, de fígado e de pâncreas, em relação ao ano anterior.

Este é um ato de generosidade, grandeza e amor ao próximo realizado pela família, em um momento de extrema dor.

Atitudes como essa tem ajudado inúmeros pacientes em todo Brasil, que necessitam de transplante para continuar vivendo. A Santa Casa de Barretos parabeniza esta família.

Renda integral do show de Garth Brooks servirá para concluir HC na Amazônia

O diretor geral do Hospital de Câncer de Barretos, Henrique Prata, disse que a renda obtida com o show do cantor americano Garth Brooks em prol a instituição no dia 22 de agosto será usado para concluir as obras do hospital na Amazônia.

O Hospital está localizado na cidade de Porto Velho, em Rondônia, e atenderá pacientes de toda a região. A imprensa foi recebida para uma visita ao Hospital Infantojuvenil, cuja estrutura foi apresentada aos jornalistas pelo diretor, o médico Luis Fernando Lopes.

henrique-prata

“São mais de 4 mil pacientes que percorrem 4 mil km de distância todos os meses para tratar de câncer em Barretos, porque falta esse tratamento na Amazônia. Por isso o recurso arrecadado com o show do cantor Garth Brooks servirá para encurtar a distância entre o tratamento e esses pacientes daquela região, vamos concluir a obra do hospital nesse Estado, fazendo a parte de internação, centro cirúrgico e UTI”, disse Henrique Prata.

Ele ressaltou a disponibilidade do astro americano em fazer o show sem qualquer custo para o Hospital de Câncer. “É algo que temos a oportunidade de ver pela primeira vez o fato do maior artista da história da música no mundo todo deixar um dia da agenda de shows dele para vir a Barretos especialmente para fazer um show em prol ao Hospital de Câncer, que atende 100% SUS. Ele vem gratuitamente, não admitiu que nenhuma despesa com ele fosse paga pelo Hospital de Câncer. Só a despesa com o transporte da produção e de toda a estrutura que ele trará é de mais de R$ 2 milhões”, afirmou Henrique Prata, que citou alguns artistas que já confirmaram presença no show do cantor americano.

“Temos vários artistas que estão tentando cancelar compromissos para estar em Barretos no show de Garth Brooks. Mas já estão confirmados Xuxa Meneghel, Paula Fernandes, Daniel, João Bosco e Vinícius e tantos outros”, destacou.

“O mínimo que a população deve fazer é reconhecer essa ajuda e prestigiar a vinda de um cantor que o mundo inteiro quer e ele vem sem custo algum para Barretos, com todas as despesas do bolso dele, para mostrar que sente a dor do paciente em tratamento de Câncer. Nunca a população viu um ser tão carismático e humano como Garth Brooks. Não tenho dúvida que outros astros e estrelas da música internacional irão se inspirar na atitude desse astro”, conclui.

O Diário de Barretos / Foto Tininho Jr.