Aplicativo de mensagens vira caso de polícia em Tanabi por causa de ‘lista de zoeiras’

Mensagens enviadas pelo aplicativo WhatsApp acabou em agressão e virou caso de polícia, ontem, em Tanabi. A professora K.A.G., 35 anos, e a irmã dela N.A.G., de 31, agrediram a farmacêutica P.F.S., de 23 anos, porque se sentiram ofendidas com uma mensagem que ela teria repassado pelo aplicativo. O nome das duas consta em uma lista que está sendo repassada pelo celular entre os habitantes de Tanabi desde a semana passada. Nela, estão nomes de moradores com a classificação de “os mais chatos”, “os mais cornos” e “os mais gays”, além de ofensas contra mulheres da cidade.

zap

Só ontem, seis pessoas – entre elas as duas irmãs envolvidas na briga – haviam procurado à polícia para denunciar o problema. As irmãs afirmaram aos policiais que ficaram sabendo da lista e acusam P.F.S. de ter repassado a mensagem. Por conta disso, foram até ao local de trabalho dela, em uma farmácia, e a agrediram. Elas prestaram depoimento, registraram queixa por injúria e foram liberadas. Já a farmacêutica fez boletim de ocorrência por agressão e negou que tivesse repassado a lista com os nomes pelo WhatsApp.

Outra que procurou a polícia foi a assistente social F.G.P.V., de 36 anos. Ela afirma que teve a imagem prejudicada ao ser mencionada na lista. “Tenho um nome a zelar. Sou mãe de família e tenho dois filhos. Isso está afetando muito minha vida pessoal e profissional também. Foi coisa de alguma pessoa que tem inimizade comigo. Quero que essa pessoa seja punida”, afirmou.

b4ac25bb0d79a80abf19aed0acc7c9fbPolícia vai investigar

O delegado José Francisco de Mattos Neto, titular da delegacia de Tanabi, afirmou que todos casos foram registrados como injúria, ou seja, quando o acusado atribui a alguém qualidade negativa, que ofenda sua honra ou dignidade. A pena para quem comete esse tipo de crime é de um a seis meses de detenção ou multa.

“Todas ficaram ofendidas com essa lista de muito mau gosto. Duas delas agrediram uma moça porque acreditam que ela teria repassado as mensagens. Vamos começar a investigar para chegar à origem dessas injúrias”, afirmou o delegado.

Especialista diz que vai ser difícil encontrar suspeitos

Criado em 2009, o WhatsApp se tornou o líder de downloads dos usuários de smartphones e é ainda continua o mais baixado entre os aplicativos para celulares. Junto com o crescimento dele, aumentou também o número dos casos de injúrias, difamação e calúnia cometidos no mundo virtual. A aplicativo permite a troca de mensagens instantâneas entre pessoas por meio da internet. Também é permitida a criação de grupos de até cem integrantes.

Com tanta gente conectada, a velocidade com que uma foto ou um texto se propaga é grande, o que dificulta as investigações policiais. E o caso de Tanabi não foge à regra. A lista de mau gosto que rotula moradores da cidade começou a ser divulgada no último fim de semana e já chegou para a maioria dos usuários do WhatsApp daquela cidade. “Todo mundo está sabendo dessa lista. E cada um que recebe repassa e inclui algum nome, o que piora ainda mais a situação”, afirmou a assistente social F.G.P.V, vítima das mensagens.

Celular por celular

Além da rápida propagação das mensagens, as investigações policiais desse tipo de crime enfrentam outra dificuldade. De acordo com o professor Carlos Roberto Valêncio, especialista na área de banco de dados da Unesp de Rio Preto, esse tipo de aplicativo costuma armazenar os conteúdos apenas no celular do usuário, portanto para a polícia chegar até o autor da injúrias teria de examinar cada celular envolvido.

“Essas empresas geralmente guardam apenas os nomes de usuários e o número de mensagens enviadas, mas não o teor delas. Fica impossível guardar todos os conteúdos das conversas porque são muitas pessoas cadastradas. O melhor caminho para chegar até o responsável pelo envio da lista em questão é conseguir uma lista de suspeitos e examinar o celular deles”, sugere.

Fonte: Diarioweb

Polícia Militar tem novo comandante no Estado

O coronel Ricardo Gambaroni,49, tomou posse como novo comandante Polícia Militar do Estado de São Paulo, em solenidade nesta quinta-feira (15), na capital. Seu nome foi anunciado para o cargo no dia 5 de janeiro, em substituição ao coronel Benedito Roberto Meira, que estava no cargo desde 27 de novembro de 2012, e será transferido para o Estado Maior do Exército.

comandante

O governador Geraldo Alckmin destacou a carreira do oficial. “ É um reconhecimento à excelência dos formados aqui na academia do Barro Branco, primeiro aluno em toda a sua carreira, poliglota, piloto de avião, cursos no exterior, era o comandante do grupamento aéreo da PM, muito bem escolhido pelo secretário Alexandre Moraes”, disse  Alckmin.

“Esta solenidade, mais do que tudo, é uma solenidade de serviço, de se colocar os objetivos da corporação, do alinhamento com todos os objetivos”, destacou o novo comandante. Ricardo Gambaroni ingressou na Academia de Polícia Militar do Barro Branco em fevereiro de 1981 e se formou oficial em 1985.

Homem de 53 anos se enforca em árvore defronte a sua casa, em Severínia

PLANTÃO DO DIÁRIO – Um homem de 53 anos foi encontrado enforcado em árvore que fica na calçada de sua residência, em Severínia.

10846895_814913311900375_1127061962_n

Ademir Ferreira dos Santos é solteiro e é conhecido como Titão da Piscina.

A Polícia Militar foi acionada, com o comando do sargento Otoniel, sendo o caso registrado como suicídio na Delegacia de Polícia Civil local, que apurará as prováveis causas.

Segundo relato de familiares ele teria acordado cedo e pouco depois das 5 horas saído pra fora da residência onde morava com sua mãe poucos minutos depois de um irmão sair para o trabalho.

Devido a posição ereta do corpo, algumas pessoas relataram ter passado no local sem perceber a situação. Um disse ter até cumprimentado.

Diante do ocorrido foi acionado o investigador Marcelo que acionou por sua vez a perícia. Às 07:30 hs, o perito chegou no local e liberou o corpo que seguiria para o IML de Barretos.

Ladrão é preso em flagrante após furtar residência no centro da cidade

Um homem de 37 anos foi preso em flagrante pela Polícia Militar de Olímpia no final da noite de ontem, sexta-feira (9), após ter furtado uma residência na rua Washington Luís, centro, que estava fechada por motivo de sua moradora, Arilene Soares, 30 anos, estar em viagem na cidade de Santos (SP).

Ele foi preso após arrombar um dos vitrôs da casa, e estar conduzindo em uma sacola os produtos de roubo e, por ser conhecido dos meios policiais, foi abordado pela viatura da PM com cabo Alves e soldado Pedra, após averiguarem ocorrência de perturbação de sossego pela rua Silva Jardim.

A guarnição avistou José Roberto de Souza Júnior, residente do Jardim São Francisco, de posse de uma TV e de uma sacola e, este ao perceber a viatura, se assustou, assim foi abordado nas proximidades do Auto Posto Califórnia, onde os PMs verificaram que, no interior da sacola, estavam um Playstation e o controle da TV que ele carregava. José tentou convencer os policiais de que os produtos eram seus e que estavam na residência de sua irmã, mas, conhecido pelos policiais, foram feitas outras perguntas e, caindo em contradição, confessou o furto na rua Washington Luís.

De fato, no local, os policiais constataram que o vitrô da sala havia sido arrombado e, de posse de um ticket de recarga de celular encontrado, os PMs ligaram para a vítima, que se encontra em Santos (SP), e colhidos os seus dados para a elaboração do boletim de ocorrência de furto e prisão em flagrante do acusado. A proprietária da casa autorizou a sua vizinha a ser testemunha e representá-la nessa ocorrência.

José recebeu voz de prisão, sendo os objetos e as partes levadas ao plantão da Delegacia de Polícia Civil, onde o delegado titular Marcelo Pupo de Paula ratificou-a, determinando o encarceramento do ladrão na Cadeia de Severínia.

Homem é preso com 734 gramas de drogas no Bela Vista

Operação da Polícia Militar de Olímpia prendeu na tarde desta terça (6) um homem de 30 anos acusado de tráfico de drogas na Fazenda Aires, no bairro rural Bela Vista.

IMG_7035.JPG

Com José Carlos Paladini foram apreendidas 734 gramas de entorpecentes: 182, gramas de crack e 552 gramas de maconha, além de 2.443 pinos vazios, três rolos de papel alumínio, um rolo de swap plástico e duas facas.

Foram apurar denúncia anônima de que naquela Fazenda estaria abrigando o tráfico de drogas, recebendo-as e embalando-as as viaturas com Cabo Reginaldo com soldado Ferri, tenente Marlon e, soldado Oliveira, Cabo Camargo e soldado Henrique, as Motos da ROCAM com cabo Fernando e soldado Zacariotto, e o Canil da PM De Barretos.

IMG_7032.JPG

Durante a aproximação das viaturas um indivíduo conseguiu fugir. Mas, os policiais encontraram dentro de um tambor plástico as drogas e os materiais acima descritos, apresentando-os ao plantão da Delegacia de Polícia Civil.

No turno da noite, os policiais militares encontraram no Bar Salve Jorge o indivíduo conhecido dos meios policiais como Paladini, que assumiu a propriedade do que foi encontrado na Fazenda Aires na tarde de hoje.

Ele recebeu voz de prisão que foi ratificada no plantão policial pelo delegado Cesar Aparecido Martins, sendo encarcerado na Cadeia de Severínia.

IMG_7034.JPG

Assaltantes de mini mercado em Monte Verde são presos em operação policial

Três homens roubaram um mini-mercado no Distrito de Monte Verde, em Cajobi, no final da tarde desta sexta-feira (19). Dois deles foram presos pela Polícia Militar com apoio da Guarda Civil Municipal. O produto do roubo: R$ 650 em moedas.

roubo

O local foi o Mini Mercado São João, na avenida Manoel Mendes, 286, no distrito de Monte Verde. Em contato com as vítimas Priscila Dornelas e Cecília Paneco, cabo Souza Costa e soldado Diego tomaram conhecimento de que três indivíduos as ameaçaram, anunciando o roubo, inclusive alegando que estavam armados, ameaçando-as de morte.

Foi, então, iniciada uma busca entre as propriedades rurais entre o Distrito de Monte Verde e Severínia, juntamente com o apoio da viatura do 1º tenente Marlon, subtenente  Carlos e cabo Silvio; com a viatura também da Força Tática com sargento Monteiro e equipe; sargento Atair e equipe; viatura com cabo Ávila e soldado Da Silva, e a viatura da Guarda Municipal com soldados Eberti, Valdir e Márcio.

Um dos indiciados, Oscar Aparecido de Oliveira, 26, residente no bairro Cidade de Deus, em Severínia, saiu do canavial e adentrou a cidade de Severínia, mas foi abordado e nada de ilícito foi encontrado com ele, porém, confessou que participou do roubo e que estava em companhia de Marcos Matheus Bitencourt da Silva, 18, residente na Vila Dr. João Camacho, em Severínia; e de Carlos Henrique Souza de Oliveira, 20 anos, conhecido como Gaguinho, residente na CDHU, também em Severínia.

As equipes policiais continuaram a busca desses indivíduos, onde receberam a ligação do guarda municipal Eberti informando que Marcos havia saído do canavial e que havia detido o mesmo, que tentou fugir, desfazendo-se das moedas do roubo. O terceiro elemento do roubo, Carlos, não foi localizado e permaneceu escondido na mata fechada.

Também foram abordados em Severínia, Lindinalva Ferreira Lima e sua filha Nicole Lima Fernandes, residentes no bairro Cidade de Deus, em Severínia, e Everton Ramos Oliveira, residente na CDHU, também daquela cidade, já que eles estavam com os indiciados no Distrito de Monte Verde e as testemunhas viram essas pessoas rondando o mini mercado assaltado.

Lindinalva confirmou estar com eles e que é amásia de Oscar.

Diante dos fatos, Oscar e Marcos receberam voz de prisão dos militares e conduzidos, com as partes, para o plantão da Delegacia de Polícia Civil. oportunidade em que o delegado Marcelo Pupo de Paula ratificou a voz de prisão pelo crime de roubo.

Dupla de Barretos tenta sacar R$ 4 mil em cheque falsificado de Olímpia

Uma mulher de 26 anos, residente no Jardim Dom Bosco, em Barretos, tentou descontar um cheque falsificado no valor de R$ 4 mil, na agencia do Banco Santander, de Olimpia, por volta das 14h53 desta quinta-feira (18).

image

Segundo o gerente M.S.M., disse aos policiais militares cabo Luiz Antônio e soldado Fabio, acionados por ele ao desconfiar da ação da falsa cliente, Thais Paixão Suleiman, que tentava descontar uma folha de cheque daquela agencia, em nome de Joel Stucchi, no valor de R$ 4 mil.

O gerente disse que notou que a referida folha era falsificada e que tinha conhecimento anterior que outras duas folhas já haviam sido sacadas do mesmo cliente.

Descoberta, ela tentou fugir, mas os PMs a detiveram. Ela confessou que, do lado de fora da agência, estaria um comparsa Oliver Junior, também de Barretos, em um veículo Ônix azul. Os policiais tentaram encontrar esse veículo, mas ele havia se evadido.

A golpista de Barretos foi apresentada ao plantão da Delegacia de Polícia Civil, onde o delegado Cesar Aparecido Martins fez o boletim de tentativa de estelionato e determinou o seu encarceramento na Cadeia Feminina de Colina.

Mulher de Guaraci dirigia Fusca em estrada rural quando, de repente, ele pegou fogo

Por volta das 16h desta segunda-feira (15), um veículo VW, Fusca, cor marrom, placas de Guaraci (BKA-6529), de propriedade de Eliana de Lourdes Moretti, também de Guaraci, pegou fogo sem uma causa ainda esclarecida.

PC150227

Segundo ela explicou ao 2º sargento Arantes, ela conduzia o Fusca pela Estrada da Bocaina quando, repentinamente, o veículo começou a incendiar-se por completo.

PC150223

Os bombeiros de Olímpia controlaram o fogo e fizeram o rescaldo. Felizmente, não houve vítimas.

PC150230

Mulher é presa com 18 pinos de cocaína no São José

Uma jovem de 18 anos foi presa em flagrante no cruzamento das Rua São Paulo com Santos Dumont, no bairro São José, nesta quarta-feira (10), quase às 4h, traficando drogas.

IMG_6845.JPG

Os policiais militares cabo Kleber Lima e soldado Adaor flagraram Lelandra Inês Copili, 18, moradora daquele bairro, conversando com ocupantes de um Fiat Palio branco, em atitude que despertou suspeita, daí nova abordagem o Fiat conseguiu fugir, mas Lelandra foi detida.

IMG_6846.JPG

Ela retirou da cintura uma sacolinha com 18 porções de cocaína, que pesaram 16 gramas, e confessou que estava no local vendendo entorpecente desde à meia noite e meia. Com ela, ainda, foram apreendidos R$ 204 e um celular.

Ela recebeu voz de prisão, que foi ratificada pela Delegada Maria Tereza Vendramel, sendo encarcerados na Cadeia feminina de Colina.

Quatro feridos de Olímpia, entre eles uma criança, em acidente na Armando Sales

Por Tadeu Fonseca – Um acidente envolvendo três veículos fechou as duas mãos da Rodovia Armando Salles de Oliveira por mais de uma hora no início da tarde desta terça (9).

IMG_6745.JPG

Chovia quando um furgão da Secretaria de Administração Penitenciária do Estado bateu na traseira de uma camionete que estava parada na fila do pare, em um trecho em obras próximo ao Auto Posto Pimenta.

IMG_6742-0.JPG

Com o impacto a camionete foi empurrada e prensada na traseira de um caminhão que transportava peixes.

IMG_6743.JPG

Alcides Aparecido da Silva, 53 anos, morador de Olímpia, condutor do caminhão, contou que parou na fila normalmente e viu a camionete parar atrás, foi quando sentiu o impacto. “A camionete estava feia e levei um susto, estavam em quatro, um senhor dirigindo estava desacordado, ao seu lado uma senhora que estava operada e atrás estava a criança com sua mãe. O menino começou a passar mal e junto a outros que chegaram prestamos os primeiros socorros”. A família também é de Olímpia.

No furgão estava um funcionário da Secretaria de Administração Penitenciária do Estado que voltava de uma viagem, aonde havia levado prisioneiros do presídio de Taiuva para Presidente Prudente. Ele disse aos policiais que não percebeu o trânsito parado e bateu. Ele não teve ferimentos.

Com a chegada do socorro todos foram encaminhados para a U.P.A de Olímpia.

Quase duas horas depois o trânsito foi parcialmente liberada.

As vítimas foram as seguintes: Adelcio Moreno Martins Filho, de 54 ano;  Nelci Elizabeth Araújo da Silva Martins, 53 anos;  Juliana da Silva Martins, 28 anos, e Miguel Martins Carnassa, 3 anos.

Adolescente é apreendido com maconha na cueca

Um adolescente de 16 anos foi apreendido na tarde desta segunda-feira (8), pela Polícia Militar, no bairro São José, em Olímpia. A ocorrência deu-se no cruzamento das Ruas Julio Ferranti com São Paulo, às 16h20.

IMG_6643.JPG

Trata-se de L.F.M.N., que completará 17 anos em janeiro próximo. Após denúncia anônima vida 190, a guarnição com cabo Kleber Lima e soldado Adaor foi ao local indicado, e encontrou o menor que estava de costas, mas, quando notou a presença dos policiais, correu e jogou para os telhados alguns objetos que estavam dentro de sua bermuda.

O adolescente foi acompanhado é detido, sendo encontradas em sua cueca quatro porções de maconha e R$ 10.

Os PMs vistoriam o local e redondezas e nada foi encontrado. O menor foi apresentado na Delegacia de Polícia, com apreensão do menor e da maconha, devendo ser apresentado à Vara da Infância e Juventude no próximo expediente.

Vigia é encontrado enforcado dentro da Serglez na manhã de hoje

Um jovem de 21 anos foi encontrado enforcado dentro da empresa de confecções Serglez, atualmente gerenciada por um ‘pool’ de costureiras, ex-funcionárias, no Distrito Industrial-1, às 7h21 desta segunda-feira (8).

Trata-se de William Benevides de Souza morador no bairro São José. Era conhecido por Torresmo ou Pelé, jamais Neguinho, foi apressadamente noticiado.

Os policiais militares cabo Rubens e soldado Casemiro foram ao local e constataram que a vítima estava dependurada por um fio de computador no pescoço e já sem vida.

Uma testemunha, de primeiro nome Marcelo, informou que era o primeiro dia em que William ficou de serviço como vigia, como teste, e que possivelmente iria para outra função, já que ele trabalhava na empresa havia três meses e que, ao assumir o posto às 19h de ontem, domingo (7), deparou com a empresa aberta, mas não encontrou o vigia.

Somente hoje pela manhã William foi encontrado, dependurado.

No local, compareceu o perito Luís Carlos e o fotógrafo Saloio. Os pertences da vítima foram entregues à testemunha Celisa.

O corpo foi retirado do local pelo serviço funerário.

Bandido que assaltou Pitta dias atrás é morto em tiroteio em Barretos

Uma tentativa de roubo em residência no bairro Jockey Club, de Barretos, por volta das 23h40, da noite deste sábado (6), envolvendo dois criminosos resultou na morte de um deles que resistiu à voz de prisão dada pelos policiais militares e acabou morto na troca de tiros.

Segundo informações do repórter Ronaldo Moura, do Portal NBR, ao Diário, a PM foi alertada que os criminosos estariam pela casa, e foi feito um cerco. Cientes disso, os bandidos tentaram fugir, pulando diversos muros de casas, mas a PM os cercou.

O marginal conhecido como “Treta”, Rodrigo de Oliveira de Amorim, 28 anos, foi cercado na edícula de uma casa da Rua 18 com a Rua 57. Recebeu voz de prisão, mas, armado, revidou com tiros, sendo alvejado.

O SAMU foi chamado, mas o bandido não resistiu aos ferimentos.

Foi preso o segundo assaltante, Caio Vinicius da Silva, 21 anos.

Descobriu-se que ele foi um dos assaltantes da residência do secretário de Governo de Olímpia, João Paulo Pitta Polisello, recentemente, que chegou a levar o seu carro (foto) abandonando-o em uma vicinal de Barretos.

IMG_6635.JPG

O caso foi registrado pelo capitão PM Vinicius Zoppellari, que estava de Oficial de Área, em Barretos. Ele é o comandante da 2a. Cia. Da PM de Olímpia.

Mais um incêndio de veículo em Severínia. Agora, um caminhão

Um segundo veículo foi incendiado em Severínia nos últimos sete dias. Há poucas horas de disputar a presidência da Câmara Municipal, de segunda feira (1), o vereador Nenê empreiteiro (foto abaixo, de Tadeu Fonseca), então vice-presidente foi acordado com a notícia de que haviam ateado fogo em um dos seus ônibus rurais. Hoje, também durante a madrugada, um caminhão pode ter sido incendiado. Fotos Divulgação

IMG_6634.JPG

No primeiro caso, testemunhas ouviram gritos de “coloca mais fogo” e há suspeita de motivação política. Neste de hoje, domingo (7), a perícia irá investigar.

IMG_6633.JPG

A Polícia Militar foi acionada às 4h30, à Rua José Ferrareze, na Cohab 2 daquela cidade, através de Cabo Nilton e soldado Vinicius. Era um caminhão totalmente em chamas Fiat 70, placas BWD-4643, de Severínia, propriedade de Waldomiro Soares Bailão, de 61 anos, morador daquele bairro.

IMG_6632.JPG

Foi acionada a Polícia Civil, através do Investigador Marcelo que, por sua vez, chamou a Perícia, e os bombeiros de Olímpia, sargento Arantes e soldados Molina e Messias.

IMG_6631.JPG

Os bombeiros controlaram o incêndio, mas ficou danificada a carroceria e vários utensílios que estavam em seu interior, como dois pneus, uma canoa de alumínio, caixa térmica, caixa de cozinha, e parte traseira.

Pedófilo de Guaraci é preso pela Civil, após um ano de espera do Tribunal

EXCLUSIVO – Foi preso na manhã desta sexta-feira (5), pela Polícia Civil de Guaraci, o acusado de estuprar uma mulher de 18 anos, à época dos fatos, há cerca de um ano. A demora em sua prisão preventiva foi o fato de que, o juiz criminal de Olímpia, na época, negou o pedido da delegada Débora Cristina Abdala Nóbrega, mas o promotor do caso recorreu ao Tribunal de Justiça e, agora, o pedido foi favorável.

fabiano

O juiz atual, Eduardo de Abreu e Costa, expediu o mandato e, pela manhã, os investigadores Roberto Diogo e Artur Sanches Jr., foram até à cidade de Monte Azul Paulista, onde o acusado reside, cumprindo a nova prisão preventiva.

Trata-se de Fabiano Alves, 31, que já tem antecedentes de pedofilia e, por isso, o pedido de prisão preventiva. Não é a primeira vez que ele se envolve com menores. A primeira vez, ele era adolescente e estuprou um menino de 6 anos de idade. Depois, já adulto, atentou contra um garoto de 12 anos – quando menor, o caso não deu em nada, já o segundo caso, a família descobriu tardiamente. Desta vez, ele tirou a virgindade, há cerca de um ano, de A.C.N., atualmente com 19 anos, seduzindo-a inclusive com outra identidade. A mulher é considerada vulnerável devido a um estágio de atraso mental.

Fabiano residia na Cohab 4 em Guaraci. Talvez devido aos fatos, mudou-se para Monte Azul Paulista. Pela manhã, os investigadores Diogo e Artur cumpriram a prisão preventiva, válida por 20 anos. Agora, depende do andamento do processo, do julgamento, para ele continuar preso, seja em definitivo ou não.

Pessoalmente, a delegada Débora Cristina foi conduzir o estuprador para uma das celas em Severínia, nesta tarde de sexta, enquanto o Diário redigia e publicava esta nota.

João Guerreiro, da Assistência Social, se enforca no Jardim Toledo

PLANTÃO DO DIÁRIO – Um homem se enforcou na noite desta segunda-feira (1), no Jardim Toledo.

A Polícia Militar e o Samu foram acionados, mas o homem já estava sem vida.

Trata-se de João Batista Guerreiro, 61, servidor municipal que trabalhava na Secretaria de Assistência Social. Consta que, no último final de semana, tentou matar o dono da casa com uma faca, o pipoqueiro João Francisco Ferreira.

IMG_6525.JPG