Avô paterno é acusado de abusar de neta de três anos, de novo

Uma atendente  de 20 anos acionou a Polícia Militar de Barretos na noite terça-feira (22). Ela informou que deixou a filha de três anos na creche e o avô paterno pediu para ver a neta, então concordou que buscasse a criança às 17h e ficasse com ela na casa dele até às 21h.

plantão-policial-barretos

A mãe alega que em casa quando dava banho  percebeu que o órgão genital da criança estava muito vermelho.

A menina contou chorando que o avô tinha colocado a mão nela de novo. O fato já havia se repetido anteriormente.

A atendente disse que tal fato já aconteceu em outra ocasião havendo o registro na Delegacia de Defesa da Mulher.

O caso foi registrado como estupro de vulnerável.

(O Diário de Barretos)

Tentativa de homicídio contra um idoso no início da tarde desta segunda-feira

Foi registrada uma ocorrência de homicídio tentado contra um idoso no início da tarde desta segunda-feira (21), em Severínia, no centro da cidade. A Polícia Militar, através dos cabos Souza Costa e Diego, foi acionada pelo Guarda Civil Municipal (GCM) Márcio de Castro, que já havia detido o agressor Wellington Henrique Teixeira da Silva, 26, morador em Cardoso (SP), após avistar uma briga nas proximidades da Drogaria Shalon.

wellington

No local, o GCM Márcio, com apoio do colega Eberti, deteve o agressor após a vítima Manoel José dos Santos, 62, morador no bairro Cohab 4, em Severínia, revelar que havia sido esfaqueado por ele e, de fato, apresentava sangramentos pela cabeça.

Perto de uma caçamba de entulho, foi encontrado o canivete utilizado para golpear a vítima pelas costas, com cerca de oito perfurações. O agressor valeu-se também de um par de luvas pretas para agredir a sua vítima.

O idoso foi socorrido ao Pronto Socorro Municipal e, posteriormente, à UPA de Olímpia, já que o médico plantonista estava ausente por acompanhar uma criança em remoção para Olímpia também.

Wellington foi preso e conduzido à Delegacia, onde o delegado Marcelo Pupo de Paula ratificou a prisão em flagrante delito por tentativa de homicídio, ficando preso na Cadeia local à disposição da Justiça.

De hoje a quarta-feira, 1200 presos estão de ‘saidinha’ na região

O benefício da saída temporária de presos do regime semiaberto colocou cerca de 1,2 mil detentos nas ruas de Rio Preto, nesta quinta-feira (17). Eles devem retornar à unidade prisional até as 16 horas da próxima quarta-feira, dia 23. De acordo com a Vara de Execuções Penais, apenas 41 presos são monitoradas com tornozeleiras eletrônicas. O policiamento foi reforçado na região central e rodoviária.

saidinha

Esta é a terceira vez que o benefício é concedido no ano – as outras saídas temporárias ocorreram em março e junho. Na última, a Justiça liberou 1.250 presos. Destes 31 presos não voltaram e são considerados foragidos.

O benefício da saída temporária é permitido para presos que apresentam bom comportamento, já cumpriram uma parte da pena e estão no regime semiaberto. São até cinco saídas ao ano. Pela legislação, enquanto estiveram soltos os detentos não podem frequentar locais de reputação duvidosa e estão proibidos de permanecer na rua após às 22 horas. O detento que não retornar, é considerado foragido da Justiça.

A Vara de Vara de Execuções Penais vai analisar o pedido de concessão do benefício para 80 mulheres do Centro de Ressocialização Feminino (CRF). Se aprovado, as detentas serão liberadas no próximo dia 30.

(Diário da Região)

Mulher se defende em briga doméstica e acaba presa por porte ilegal

Uma discussão de casal na noite de ontem, segunda-feira (14), na Chácara Nossa Senhora Aparecida, proximidades de um Pesque-Pague, terminou no plantão policial, com uma arma de fogo apreendida.

arma-de-fogo

Segundo relata a vítima Ana Lúcia Franco, 36, cuidadora de idoso, aos policiais militares que a atenderam – cabo Vinicius e soldado Anderson, o seu amásio Luiz Fernando da Cruz, 49, agricultor, agrediu-lhe e tentou enforcar o seu pescoço, quando se desvencilhou e se trancou no banheiro. No apoio, viatura com tenente Marlon, cabo Kleber Lima e soldado Adaor.

De posse de um revólver Rossi, de inox, calibre 22, tentou disparar várias vezes em direção à janela, quando Luiz, segundo ela, tentou entrar no banheiro, mas nenhum disparo foi efetuado, já que seis estavam picotadas e um vazio.

Aqb1b5n72Zil2ohUIk_aALFA-XWAYJjU6Tw-Sh-VtSe2

Muito nervosa, ela alegou aos PMs que tinha encontrado essa arma em um mato nas proximidades, meses atrás, e logo entregou-a alegando que poderia ‘fazer uma besteira’ com o marido se este continuasse a lhe agredir.

Luiz Fernando disse desconhecer a existência da arma na residência do casal. E também negou a agressão à mulher.

Ambos foram parar no plantão policial, onde o delegado titular Marcelo Pupo de Paula registrou a ocorrência como vias de fato e posse ilegal de porte de arma, dando voz de prisão para a mulher, arbitrando fiança de R$ 800, que foi paga, e assim ela responderá em liberdade pelo crime de posse ilegal de arma de fogo.

Delegado quer o depoimento do empresário que ficou tetraplégico em acidente no Thermas

O delegado de Olímpia (SP) responsável pelo caso do empresário Carlos Alberto Magon, de 49 anos (foto), que ficou tetraplégico após cair do brinquedo conhecido como “bolha gigante” do Parque Aquático Thermas dos Laranjais, informou que vai pedir o depoimento dele. Magon, que é de São Bernardo Campo (SP), teve alta hospitalar e irá depor na delegacia da cidade.

empresarioEle ficou internado por mais de um mês no hospital Austa, em Rio Preto (SP). Segundo o hospital, a família não autorizou o hospital a dar informações à imprensa, por isso, não informou o dia exato da alta hospitalar, apenas que o empresário teve alta na semana passada.

Ao G1, nesta segunda-feira (14), o delegado Marcelo Pupo de Paula diz que para concluir o inquérito aguarda o resultado do laudo que será emitido pelo Instituto de Criminalística (IC) e os depoimentos que receberá do empresário, da mulher dele e de um amigo do casal, que estavam no parque no dia do acidente.

Pupo explica que pediu, por meio de carta precatória, para o delegado de São Bernardo do Campo ouvir os envolvidos."Já enviei o e-mail para o delegado de lá ouvir a mulher e o amigo dele, que registrou o boletim de ocorrência. Agora que o empresário teve alta, enviarei o pedido do depoimento dele."

Os peritos do IC estiveram no Thermas há cerca de um mês para avaliar o brinquedo. Eles analisaram, fizeram medições no brinquedo e verificaram a profundidade da piscina e as placas de segurança do local. O laudo apura a segurança do brinquedo e está para ser concluído, de acordo com informações obtidas nesta segunda no IC de Barretos, que atende Olímpia.

Acidente

O acidente ocorreu no dia 21 de julho. O empresário estava no Thermas dos Laranjais com a família e amigos quando foi brincar na atração, que tem uma estrutura inflável que deve ser "escalada" pelos banhistas com auxílio de uma corda. A bolha, com aproximadamente quatro metros de altura, é cercada por uma piscina com um metro de profundidade.

bolha

Segundo a polícia, o empresário escorregou durante a subida e caiu na piscina. Magon foi socorrido e levado pelos funcionários do parque aquático até a Unidade de Pronto Atendimento de Olímpia. Em seguida, foi encaminhado para a Santa Casa local e logo transferido ao Hospital Austa, devido à gravidade dos ferimentos. No hospital foi constatada a tetraplegia.

A direção do Thermas dos Laranjais diz que prestou toda assistência à vítima, que mantém salva vidas no local e que existem avisos sobre riscos no brinquedo, com placas de indicações de uso e que o brinquedo não apresentou ou apresenta qualquer risco, defeito ou vício.

(Via G1)

Homem é preso em Guaraci por ameaça e descumprimento de medida protetiva

Um homem foi preso no centro de Guaraci, por volta das 12h23, acusado de descumprimento de medida protetiva de urgência. A vítima Alessandra Cristina Machado, de 40 anos, acionou a Polícia Militar daquela cidade informando que, desde ontem, sábado (12), Luciano Lucianelli Jr., de 39 anos, estaria perseguindo-a, de carro, e fazendo-lhe ameaças de morte, inclusive poderia estar com arma de fogo.

plantaopolicia

Alessandra está sob medida protetiva de urgência, da Lei Maria da Penha, já que foi vítima de ameaça anterior.

A viatura da PM com cabo Alex e soldado Estevam, em patrulhamento ostensivo, conseguiu localizar Luciano na Rua Campos Sales, nas proximidades da Delegacia de Polícia Civil e, a aproximadamente 30 metros distante da vítima Alessandra.

Foi dada voz de prisão para Luciano por descumprimento de ordem judicial, e os envolvidos conduzidos ao plantão, onde a delegada Débora Cristina Abdala Nóbrega ratificou a voz de prisão em flagrante de ameaça, sendo o indiciado conduzido à Cadeia de Severínia.

Polícia prende ‘caçador de javali’ com porte ilegal de arma no centro da cidade

Por volta da 01 da manhã desta sexta-feira (11) foi preso em flagrante, mas liberado sob fiança, um homem acusado de porte ilegal de arma, pelo centro da cidade. Ele se diz caçador de javali, mas que possuía o registro da arma, porém não o porte.

porte-de-arma

Em patrulhamento pelo centro da cidade, cruzamento da avenida Waldemar Lopes Ferraz com a rua Dr. Antonio Olimpio, os policiais militares cabo Kleber Lima e soldado Adaor avistaram um veículo GM Monza que, por sua vez, ao notarem a presença dos policiais, tentou evadir-se imaginando que seriam abordados.

Com apoio de outra viatura, com cabo Vinícius e soldado Anderson, o Monza foi alcançado e os dois ocupantes abordados e revistados. Com o motorista Eberson Alves Barbosa, morador na Cohab 4, e com o passageiro Daniel Augusto Spinelli Martinussi, 34, morador no centro, nada de ilícito, porém, em revista no veículo os PMs encontraram uma espingarda calibre 36 e mais 23 cartuchos intactos.

Daniel confirmou ser dele a espingarda, que usa para caçar javalis, e que possui o registro da arma em sua residência.

Ele recebeu voz de prisão em flagrante por parte ilegal de arma, sendo conduzido à Delegacia de Polícia Civil.

Lá, o escrivão, em contato com o delegado de plantão, ratificou a voz de prisão, sendo arbitrada fiança de R$ 900, que foi paga por Daniel, que, neste momento, estava acompanhado de seu advogado, José Antonio Arantes. Ele responderá em liberdade por este crime.

Denarc aplicará curso de prevenção às drogas em Olímpia

A Estância Turística de Olímpia será sede mais uma vez do curso “Capacitação de Agentes Multiplicadores na Prevenção ao Uso Indevido de Drogas”, do Departamento Estadual de Investigações Sobre Narcóticos (DENARC), entre os dias 5 e 9 de outubro. O evento é realizado pela Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo, em parceria com a Prefeitura, por meio da Secretaria de Saúde.

denarc

A capacitação, que será realizada na Casa de Cultura, visa apresentar à população diversos temas e situações provocadas pelo consumo e as políticas de combate às drogas. O curso é destinado à população de Olímpia e região, com idade superior a 18 anos, e será ministrado por policiais do DENARC. A capacitação será dividida em 20 horas e cada participante receberá um certificado de participação.

As inscrições para o curso devem ser feitas na Secretaria de Saúde durante o horário de expediente, das 8 às 17 horas.

  • Confira abaixo a programação e os temas das palestras:
  • Dia 05/10 – Segunda-feira
  • 18h – Analberto R. Corrêa, “Drogas na Gravidez”
  • 19h50 – Intervalo: Café
  • 20h10 –  Marcio Rodrigues, “A Responsabilidade dos Pais com os Filhos”
  • 22h – Término das atividades do dia
  • Dia 06/10 – Terça-feira
  • 18h – Dra. Tatiana Grutila Mouriño, “Drogas: Mecanismos de Ação e Reação no Organismo”
  • 19h50 – Intervalo: Café
  • 20h10 – Regina Ribeiro Neves, “Boas Práticas na Prevenção e Tratamento ao Uso de Álcool e Drogas”
  • 22h – Término das atividades do dia
  • Dia 07/10 – Quarta-feira
  • 18h – Dr. Luiz Carlos Magno – Convidado (Delegado de Polícia aposentado), “Aspectos Sociais e Farmacológicos das Drogas”
  • 19h50 – Intervalo: Café
  • 20h10 – Thiago Magno, “Aspectos Biopsicossociais e fatores de risco e proteção”
  • 22h – Término das atividades do dia
  • Dia 08/10 – Quinta-feira
  • 18h – Laércio Rezende, “Lei 11.343/2006 e ECA”         
  • 19h50 – Intervalo: Café
  • 20h10 –  Laércio Rezende, “Lei 11.343/2006 e ECA”         
  • 22h – Término das atividades do dia
  • Dia 09/10 – Sexta-feira
  • 18h – Alexandre Prado Avilez, “Métodos e Abordagens Preventivas para Jovens e Adolescentes”
  • 19h50 – Intervalo: Café
  • 20h10 –  Alexandre Prado Avilez (continuação), “Métodos e Abordagens Preventivas para Jovens e Adolescentes”
  • 22h – Término das atividades do dia

Menor de 12 traficava para o de 17 em Severínia. Foram apreendidos hoje

Um adulto e dois adolescentes foram surpreendidos no tráfico de drogas e associação ao tráfico, na manhã desta segunda-feira (31), no Jardim Cidade de Deus, em Severínia.

menores-drogas-severinia

A equipe da Polícia Militar, composta por sargento Otoniel e cabos Souza Costa e Diego, foi acionada pelo guarda civil municipal Eberti que havia surpreendido o adolescente J.V.T.A., 12 anos, vendendo crack para Anderson Ferreira de Medeiros Brito, 29 anos. Ao GCM, o menor disse que foi procurado em sua casa pelo Anderson, daí ele havia ido até à esquina para entregar-lhe a droga.

anderson

O garoto de 12 anos estava com 25 porções de crack, já embrulhadas para o tráfico, em papel alumínio, acondicionadas em tubo plástico. Ele disse ainda, aos policiais, que vendia o crack para L.N.C., de 17 anos, e de cada 10 porções de crack, quatro eram suas por pagamento pela venda.

Os PMs e CGMs Eberti e Pereira, foram até à residência de L.N.C., onde, com autorização de sua mãe M.L.N., foi realizada vistoria, mas nada de ilícito foi encontrado.

trafico-seve

Os dois menores foram apreendidos e, após qualificados, passaram pelo Pronto Socorro Municipal e, depois, para a Delegacia de Polícia Civil, onde o delegado Ricardo Afonso Rodrigues ratificou a apreensão de ambos por tráfico de drogas e associação para o tráfico.

Quanto ao adulto, ou ouvido e liberado.

Os adolescentes serão apresentados à Vara da Infância e Juventude oportunamente.

Motorista perde o controle do veículo e cai no Córrego Olhos D’Água

Um aposentado de 76 anos perdeu o controle da direção e caiu em um córrego que passa pela região central de Olímpia nesta terça-feira (11).

corrego

Segundo informações da polícia, com o impacto da batida, o motorista derrubou a grade de proteção do córrego e acabou caindo no local.

O acidente aconteceu na avenida Aurora Forte Neves, e atraiu a atenção de quem passava pelo local. O motorista foi resgatado pela equipe do Corpo de Bombeiros e sofreu ferimentos leves. Ele foi levado para a Santa Casa da cidade onde permanece em observação.

G1

Homem é preso em Guaraci por porte e disparo de revólver na via pública

A Polícia Militar de Guaraci, através da ação rápida de cabo Bitencourt e soldado Borges, prendeu por volta das 2h desta segunda-feira (3), no Jardim do Bosque, em Guaraci, Márcio Ferreira da Silva, 42 anos, residente no Centro, naquela cidade, efetuando disparos com arma de fogo em via pública.

P8030420

Por volta da zero hora, a equipe policial recebeu diversas ligações anônimas dizendo que Márcio estaria na Vila Camargo efetuando disparos de arma de fogo, causando temor na comunidade. A equipe se deslocou até o bairro citado, realizou patrulhamento, inclusive na casa do suspeito, mas não foi encontrado.

Mais tarde, em patrulhamento de rotina, os PMs ouviram outro estampido semelhante a disparo de arma de fogo vindo do Jardim do Bosque, deslocando-se até lá. Nas proximidades da rua Ângelo Bernardes da Silva, outro estampido foi ouvido pelos militares e, ao adentrarem à citada rua, mais um estampido e, desta vez, viram Márcio defronte ao número 45. Ao visualizar a viatura, colocou algo em seu bolso e tentou fugir em uma motocicleta, mas foi detido, imobilizado e algemado e, em busca pessoal, os policiais encontraram no bolso de sua calça um revólver calibre 32 com dois cartuchos deflagrados em seu interior e outros cinco, também deflagrados, no mesmo bolso.

Era um revólver marca Trade Mark, calibre 32, niquelado, cabo de plástico e 7 cartuchos deflagrados.

Diante dos fatos, foi dada voz de prisão. No mesmo local, foi constatado que mora a irmã e o cunhado do indiciado, que apresentava um corte na mão esquerda, que sangrava muito, e estava visivelmente drogado.

Foi conduzido ao hospital municipal e, posteriormente, ao DP, juntamente com as partes, onde a delegada Débora Cristina Abdala Nóbrega ratificou a voz de prisão, autuando o indiciado em flagrante delito, por porte ilegal de arma de fogo e disparo em via pública.

Márcio confessou ter realizado vários disparos com aquele revólver, para o alto, na via pública, em locais e horários diferentes.

Foi encarcerado na cadeia de Severínia, permanecendo à disposição da Justiça. As demais partes foram ouvidas e liberadas.

PM prende dois no Santa Fé com 17 gramas de cocaína

A Polícia Militar de Olímpia prendeu em flagrante, na tarde desta sexta-feira (31), no bairro Santa Fé, duas pessoas acusadas de tráfico de drogas e associação. Com elas, estavam 17 gramas de cocaína em 17 pinos, além de R$ 60 em espécie e um celular.

presos

Por volta das 14h46, os soldados Vinicius e Anderson, realizavam patrulhamento de rotina pelo bairro, quando avistaram dois elementos suspeitos com outra pessoa conversando sobre uma moto, no cruzamento da Avenida Manoel Cunha com a rua Paulino Baraldi. Com apoio do Comando Grupo Patrulha (CGP 2) – cabo Kleber Lima e soldado Adaor – os suspeitos foram abordados, mas o indivíduo de moto conseguiu evadir-se sem que fosse identificado.

Primeiramente, os militares conseguiram capturar Richard William Jacomessi Simões, 18 anos, desocupado, morador no bairro São Francisco, que tentou fugir ao se esconder em um bar. Antes, ele jogou ao solo um saquinho plástico, de cor preta, e R$ 20. Abordado, foi encontrado no bolso de sua bermuda três pinos contendo cocaína e, no solo, dispensado por ele, mais seis pinos, também com essa droga.

IMG_8891

Em seguida, com apoio do CGP-2, foi encontrado Chrystian Batista Engel, 21 anos, também desocupado, e morador no centro da cidade. Antes, ele tentou fugir dos PMs pela Avenida Manoel Cunha, onde também tentou dispensar 8 pinos de cocaína, sendo abordado e a droga recolhida. Em busca pessoal, em sua bermuda foram encontrados R$ 40.

IMG_8886

Levados ao plantão policial, o delegado titular Marcelo Pupo de Paula, ratificou a voz de prisão, determinando que ambos fossem encarcerados na Cadeia de Severínia.

Criminoso mantém idosos amarrados na Fazenda Reunidas para roubar

Um casal de idosos, 66 anos, foram mantidos reféns por várias horas na Fazenda Reunidas, zona rural de Severínia, ontem, quinta-feira (23), em uma ocorrência de roubo.

O criminoso manteve o casal amarrado das 13h às 17h, disse ser da cidade e que foi mandado para efetuar o roubo, mas só conseguiram se desamarrar por volta as 21h, acionando a Polícia Militar sob o comando do sargento Otoniel, com os cabos Souza Costa e Diego, e soldado Estevam.

Segundo relato das vítimas Maria Lopes da Silva e Pedro Geraldo da Silva, a Fazenda localiza-se às margens da rodovia Armando Sales de Oliveira. A mulher havia saído e ao retornar, por volta das 16h30, foi rendida por um homem moreno, magro, vestindo camisa cor azul, com dizeres nas costas, e calça também cor azul. Ele já estava no interior da casa desde às 13h, tendo rendido o esposo Pedro, então amarrado em uma cadeira na sala, sob ameaça e o homem armado de foice.

A mulher foi obrigada a entregar ao criminoso R$ 1,5 mil de sua bolsa, e também duas blusas pretas, dois edredons, um celular marca LG cor preta, uma aliança de ouro e uma correntinha também de ouro.

Segundo ela, o homem que a roubou disse-lhe que é de Severínia e que havia sido mandado para ir em sua casa. Ele tentou, ainda, levar o veículo, mas não conseguiu.

As vítimas só conseguiram se desamarrar por volta das 21h, quando acionaram a PM. O caso foi atendido pelo investigador Clodoaldo e delegado Marcelo Pupo de Paula.

Dois adultos e um adolescente presos pela PM de Severínia por tráfico de drogas

A Polícia Militar de Severínia prendeu na noite de ontem, quarta-feira (22), no quilômetro 434 da rodovia Armando Sales Oliveira, dois adultos e um adolescente acusados de associação e tráfico de entorpecentes.

drogasw

A equipe de policiamento ostensivo, com cabos Vinícius e Nilton, durante patrulhamento, avistou dois indivíduos desconhecidos em uma moto conversando com o adolescente C.A.S., 17 anos, conhecido dos meios policiais por envolvimento com o tráfico de drogas, daí realizaram abordagem e identificaram o condutor da moto Honda CG 125 Titan, placa DBH-1185, de Lençóis Paulista (SP), como sendo o mototaxista Alessandro José Bueno, 36 anos, e o passageiro como Gilmar Ramires Júnior, 25 anos, que, revistados, nada de ilícito foi encontrado com eles.

Apesar disso, chamou a atenção a distância percorrida pelo mototaxista até Severínia, bem como as mensagens recebidas nos celulares, dando conta de que receberia alguma encomenda, mas foram liberados e, com apoio dos guardas municipais Pereira, Denilson e Bitencourt e Serra, foram observados e acompanhados à distância, até que, o bairro Cidade de Deus, foram flagrados novamente. Ao perceber a presença da viatura, Alessandro e Gilmar fugiram pela avenida Severino Secchieri, saindo na rodovia Armando Sales Oliveira sentido Olímpia, sendo que, nas proximidades do quilômetro 434 o passageiro Gilmar jogou algo que estava em sua cintura à margem da rodovia.

DROGAA

Foram abordados e, em busca pelo local, foi localizada uma pequena bolsa preta que, em seu interior, continha 10 pedras de haxixe e R$ 177 em espécie com o condutor.

Indagados sobre a droga, confessaram que entregariam para o adolescente C.A.S. Eles foram detidos e de retorno à Severínia, os policiais localizaram o adolescente. Revistado, nada de ilícito foi encontrado, porém, em busca em sua casa, os policiais encontraram cinco pinos de cocaína, que confessou ser sua propriedade.

COCAÍNA

Diante dos fatos, foi dada voz de prisão para Gilmar e Alessandro, e o menor C.A.S. apreendido, sendo conduzidos, juntamente com as drogas, dinheiro e a moto, até à Delegacia de Polícia, onde o delegado de plantão ratificou a prisão e apreensão do menor.

Todos possuem passagens criminais. Gilmar por tentativa de furto em caixa eletrônico na cidade mineira de Ivinhema com uso de explosivo (leia AQUI); Alessandro por tráfico de drogas, estelionato, porte de drogas e desacato, e o menor já foi apreendido outras vezes também por tráfico.

Comando da PM desmente manchete sensacionalista de semanário sobre ‘operação tartaruga’

Como já é sabido, o semanário Folha da Região veiculou, no último final de semana, manchete alegando que a Polícia Militar estaria ‘escondendo’ ocorrências da ‘imprensa’. O Diário de Olímpia já deixou claro que a manchete não representa toda a ‘imprensa’, assim, é mentirosa, pelo menos no tocante ao Diário que trabalha sem retaliações ou sensacionalismo para alavancar vendas de papel impresso.

vinicius-zoppellari

Agora, é a vez do comandante da 2ª Companhia de Polícia Militar, capitão PM Vinicius Cláudio Zoppellari, desmentir a referida manchete, dizendo ser ela “sensacionalista” e, conforme o Diário já ratificou, não condiz com a realidade, inclusive dos profissionais daquele tabloide que trabalham dentro dos plantões militares. Ao final, o capitão afirma que é trata-se de ‘um fato mentiroso, ardiloso e vil’.

Em nota endereçada à Folha, e também à imprensa, o capitão assim se manifesta:

 

policia“Em preciosa lição de Vital Moreira, podemos observar a exata noção de tal fundamento: “Com efeito, o direito de resposta consiste essencialmente no poder que assiste a todo aquele que seja pessoalmente afetado por notícia, comentário ou referência saída num órgão de comunicação social, de fazer publicar ou transmitir nesse mesmo órgão, gratuitamente, um texto seu contendo um desmentido, retificação ou defesa”.

 

zoppellari“O instituto do direito de resposta deve ser compreendido como um dos meios necessários para que se possa falar numa imprensa livre.

 

“Dentro de uma sociedade que se diga pluralista e democrática, deve haver o espaço para uma imprensa livre, mas, sobretudo ocorre a exigência de que num Estado Democrático de Direito não se admita a existência de um direito à liberdade de imprensa destituído de qualquer limitação, posto que qualquer poder ilimitado, por melhor que possa parecer, corre o risco de ser ditatorial.

 

“A Constituição Federal de 1988 assegura o direito de resposta em seu artigo 5, inciso V, ao determinar que ele deve ser “ proporcional ao agravo”, com indenização por “dano material, moral ou a imagem” (grifo nosso).

 

“Logo, em resposta a manchete do Semanário Folha da Região, datada de 18 de julho de 2015 que expõe o texto infundado “Polícia Militar faz Operação Tartaruga e esconde ocorrências da imprensa”.

 

“O Comando da Polícia Militar da 2ª Companhia – Olímpia, vem por meio desta Nota de Imprensa, deixar claro a todos, que não adota censura ou qualquer outro meio de limitação a nenhum órgão da imprensa do município e região (televisiva, radiofônica e/ou escrita) ou por qualquer outro órgão que busque informações concretas, que esteja compromissado com o jornalismo verdade, sério e imparcial, com o objetivo de bem informar aos cidadãos.

 

“Pelo contrário, tem grande interesse na divulgação de todas suas ocorrências, expondo dessa forma, o trabalho diuturno, realizado pelos Policiais Militares no município e na região.

 

“A PMESP é legalista e está compromissada com a defesa da vida, da integridade física e da dignidade da pessoa humana, qualquer atitude contrária a isso é apurada em todas suas esferas, sendo os responsáveis punidos exemplarmente e com o rigor necessário. Não pactuamos com nenhum desvio de conduta ou nos achamos no direito de decidir ou de julgar. Trabalhamos de forma séria e profissional, com os meios que dispusemos, para bem atender a população, prestando serviços de segurança pública e de repressão imediata, direcionando nossas forças a redução dos indicadores criminais no combate direto ao crime, conforme constitucionalmente previsto. Ressaltamos nossa total seriedade e compromisso com o bem comum e se necessário for, parafraseando o juramento feito em nossas escolas de formação, “…com o sacrifício da própria vida em defesa da sociedade”.

 

“Aliás, apenas para relembrar ou trazer a tona tal conhecimento, a quase totalidade dos policiais militares, “seres humanos”, com todos seus defeitos e virtudes, que aqui prestam seus serviços, têm aqui seus lares, seus familiares, pais, mães, avós, filhos, esposas, amigos. Esses policiais têm como único interesse profissional e porque não dizer também pessoal, cumprir seu dever de bem servir e colaborar com seu trabalho a tornar Olímpia, numa cidade cada vez mais próspera, mais segura, mais desenvolvida, realizando-se profissionalmente e auferindo os benefícios com o desempenho de um trabalho profícuo.

 

“Não somos super-heróis, muito longe de querer sê-los. Mas sim profissionais de segurança pública, na qual nosso objetivo maior é cumprir nossa missão com maestria, trazendo a sensação de segurança a sociedade. Se falhas existem é porque somos humanos, cometemos erros, não intencionalmente mas, na ânsia de querer o melhor e buscando sempre a justiça.

 

“Nos últimos mais de 5 anos, na qual me encontro a frente do Comando dos Policiais Militares de Olímpia e Região, a Polícia Militar sempre teve excelente relacionamento com todos os órgãos de imprensa, falada e escrita, independentemente de quem fosse, oferecendo tratamento isonômico a todos, inclusive sempre me colocando a disposição a qualquer hora do dia ou da noite para dirimir quaisquer dúvidas e/ou retransmitir qualquer tipo de informação quando solicitado.

 

capitao-zoppellari

 

“Saliento que em nenhum momento fui procurado por este jornalista que veiculou a matéria infundada, por qualquer meio de comunicação (telefone, email, pessoalmente, whatsapp) para me manifestar sobre o fato relatado ou mesmo tomar conhecimento de algum problema que porventura possa ter ocorrido. Mas a Polícia Militar está aqui para bem servir a todos, indistintamente, sem se posicionar quanto a cor da pele, posição político partidária ou credo, independente da opção sexual, das riquezas materiais, da cultura ou de posições ideológicas.

 

“Os fatos apontados pelo digno filósofo, advogado e jornalista, no tocante a Polícia Militar e ao comando local estão carentes de imparcialidade, ampla defesa e contraditório, valores estes que tanto preza, mas, independentemente disso, quanto a ocorrência envolvendo as menores infratores, matéria veiculada na imprensa, já estão sendo apurados através de procedimento administrativo da Polícia Militar, antes mesmo da veiculação da matéria.

 

“Porém causa estranheza a manchete sensacionalista, infundada, parcial e inverídica veiculada por este órgão de imprensa (Folha da Região), atacando a Polícia Militar local, lhe direcionado injustamente uma pecha, vez que, nunca foi a postura, nem mesmo de longe, a orientação do Comando desta Cia, qualquer impedimento/censura/limitação de divulgação de ocorrências policiais, pois como já dito, é do nosso interesse a divulgação espontânea do trabalho, em prol da população de Olímpia e região, tratando-se de mídia gratuita do nosso desempenho operacional.

 

“Insta ainda, esclarecer que em contato com quase todos os órgãos de imprensa do município, 5 (cinco) no total, com o intuito de ouvir eventuais críticas ou problemas ocorridos nesse sentido, quiçá, foi nossa surpresa, na qual não recebemos uma reclamação sequer, nem de agora, nem dos 5 (cinco) anos passados no comando da 2ª Cia, pelo contrário, apenas elogios do trabalho efetuado pela Polícia Militar no município e a ratificação do excelente relacionamento que sempre tivemos.

 

“Há, ainda, um reconhecimento da população em geral, no tocante a redução crescente dos indicadores criminais no município e pelo aumento de nosso desempenho operacional, mas que alguns desavisados insistem em não enxergar, quer por motivos políticos, ideológicos, religiosos, quaisquer que sejam, mas estão ai para quem quiser ver, pelo meio de consulta que desejar. Pessoalmente por mim, que será uma honra atender ou por meio de qualquer das ferramentas tecnológicas (sites da Secretaria de Segurança Pública, Governo do Estado de São Paulo), pela imprensa séria que divulga matérias lastreadas por informações verídicas e ratificadas. Meios para tal, não faltam, basta força de vontade e isenção para bem informar, longe de qualquer preconceito.

 

zoppellari

 

“Apesar da matéria pejorativa, tentar amealhar nossa Polícia Militar, Corporação que possui mais de 180 anos de prestação de serviços ao povo paulista, tenho a convicção de que estamos trabalhando com seriedade, profissionalismo e dentro da lei, não se podendo generalizar a conduta de um, a todo um contingente, somos mais de 100 mil homens e mulheres que se doam todos os dias, dessa forma, tornaria se o democrático jornalista, em julgador, incutido dos adjetivos utilizados para pré-julgar a todos na manchete publicada envolvendo a Polícia Militar.

 

“Cabe ressaltar que os fatos narrados apresentaram-se sem uma motivação aparente, que possa me fazer entender, tamanha revolta e indignação com a força policial da cidade, que tem como missão maior o atendimento ao povo e sua segurança.

 

“A Polícia Militar está para servir e proteger os cidadãos de bem, qualquer outro artifício contrário para denegrir nossa imagem, posso me posicionar com absoluta convicção, que será um fato mentiroso, ardiloso e vil.

 

“Contem sempre com a Polícia Militar do Estado de São Paulo.

 

“Olímpia, 21 de julho de 2015”.

 

VINICIUS CLAUDIO ZOPPELLARI

CAPITÃO PM COMANDANTE DA 2ª COMPANHIA PM OLÍMPIA

Nota da Redação:

Concordamos com todas as afirmações do competente comandante da PM. Ao Diário, nunca as portas da PM foram fechadas. Nem à população. O tabloide não nos representa.

Elucubrações de semanário contra a PM não representa a imprensa, nem o Diário

O colunista filósofo José Arantes, da Folha da Região, publicou em seu semanário, sábado (18), a manchete alardeando que “Polícia Militar faz operação tartaruga e esconde ocorrências da Imprensa”. O Diário de Olímpia.Com, há quase sete anos no mercado jornalístico, discorda e desautoriza o filósofo a fazer elucubrações em seu nome. A PM jamais escondeu nada do Diário de Olímpia, diuturnamente estamos em contato com os policiais e o comando, principalmente capitão Vinicius Zoppellari, que até nos atende em seu celular.

PM-Cia-Olimpia

Por mais uma vez, o filósofo arrola este profissional e o Diário de Olímpia em suas elucubrações semanais. Primeiramente foi no caso das garotas que jogaram ovos nas viaturas da PM e um vídeo rolou solto na internet e este profissional também compartilhou, já que o recebeu, contrariamente ao que Arantes desfiou em sua coluna, de um colaborador seu da área radiofônica, via WhatsZap. Normal e natural. A coluna publicou o comentário particular, e não do Diário, em sua capa, confundindo o leitor de que este profissional teria espalhado o vídeo das ‘pobres coitadas crianças’.

O caso está sendo investigado pela PM e na alçada também jurídica que estamos movendo. Como já trabalhamos com o citado filósofo, ao lado de seu ‘conselho editorial’, sabemos o seu ‘modus operandi’, colocando nomes das pessoas sem a devida autorização, jogando-as no fosso comum de sua imaginação fértil, misturando alhos e bugalhos.

pm (1)

A Polícia Militar jamais faz operação tartaruga, isso é conversa fiada. Tanto que quem trabalha para ele, o filósofo, também discorda de sua posição.

A Folha da Região e os seus colaboradores não representam o Diário de Olímpia. Como imprensa estabelecida na cidade, como empresa, como pessoas de bem que apenas querem informar e ter o seu espaço jornalístico, não somos nós quem retaliamos, e as próximas descargas opinativas comprovarão o que escrevemos.

Assim, está errada a manchete de que a PM esconde informações da imprensa. Como imprensa, a manchete é MENTIROSA.

Ponto final. E vamos trabalhar.

Leonardo Concon, editor