Exposição de Carros Antigos na Praça da Matriz neste final de semana, com atrações

Realiza-se  neste sábado (18) e domingo (19), o 4º Encontro de Carros Antigos de Olímpia, na Praça da Matriz. Haverá praça de alimentação e muitos carros de diversas marcas e décadas, que marcaram gerações e que ainda causam admiração dos colecionadores e fãs.

1901305_933301286698348_6616025728398474796_n

Haverá a participação especial de Anastácio, o caminhão de Mazzaropi, que já está na cidade.

O evento tem o patrocínio do Tuti Resort, através da Tuti Administração Hoteleira.

carros

10653686_933301336698343_5333465179074957187_n

Últimas duas torres do Villaggio D’Itália quase concluídas. Chaves em fevereiro

As últimas duas torres do Residencial Villaggio D’Itália, de números 5 e 6,  deverão ser entregues em fevereiro do próximo ano. As obras, como pode registrar nesta segunda-feira (13) o Diário de Olímpia, estão dentro do cronograma. Alguns apartamentos já estão recebendo o piso e os demais acabamentos. Ainda restam alguns unidades, conforme informa o empresário e corretor Carlos Savian, um dos empreendedores juntamente com o empresário Ronald Remondy Júnior e Marcos Buck (Buck Construtora), e podem ser adquiridos antes do próximo reajuste legal.

villaggio-capa

Restam cerca de 30 unidades para serem vendidas. A valorização do empreendimento, desde que foi lançado, em março de 2011, é de cerca de 80%. “Um apartamento de dois dormitórios excelente para morar e para investir neste mercado imobiliário em ascensão”, ressaltou Savian.

DSC_8481

O residencial já conta, também, com uma bem montada academia para facilitar aos moradores que querem se manter em forma ou necessitam se exercitar por questões de saúde.

2014-08-27-09.14c

Mais informações: Apoio Imobiliária, (17) 3281-4848.

GALERIA DE OBRAS

Confira as demais fotos da reportagem, clicando na imagem abaixo:

flickr-villaggio

Veículos com placas de final 7 devem ser licenciados em setembro

O proprietários de veículos com placas de final 7 , além de caminhões com placas finais 1 e 2 devem fazer o licenciamento obrigatório do exercício 2014 durante o mês de setembro.

IMG_2714.JPG

O serviço pode ser feito de forma eletrônica, com entrega do Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV) pelos Correios, ou diretamente nos postos do Detran.SP e do Poupatempo.

De acordo com o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), válido em todo o país, todos os veículos devem ser licenciados anualmente e o porte do Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV) é obrigatório. No Estado de São Paulo, o licenciamento é feito entre abril e dezembro, de acordo com o final da placa. Já o calendário para veículo de carga (caminhão) se inicia em setembro e vai até dezembro.

A taxa de licenciamento para o exercício 2014 é de R$ 68,48 e pode ser paga pela internet, caixas eletrônicos ou nas agências dos bancos credenciados (Banco do Brasil, Santander, Bradesco, Itaú, Caixa Econômica Federal, BMB, HSBC, Safra e Citibank). Ao realizar o licenciamento, é preciso quitar possíveis débitos de IPVA, seguro obrigatório e multas.

Na hora do pagamento, é preciso fornecer o número do Registro Nacional de Veículos Automotores (Renavam). Para receber o documento via Correios, é necessário pagar o valor adicional de R$ 11, referente à postagem.

Quem preferir retirar o documento presencialmente deve apresentar o comprovante de pagamento nas unidades do Detran.SP ou nos postos do Poupatempo.

Nesse caso, será solicitado um documento de identificação. Lembrando que nessa modalidade não se deve pagar o valor de envio pelos Correios.

Loteamento Bulle Arruda: o ‘embrotion’ político que não interessa para Severínia

O interesse da população parece não estar acima do interesse dos políticos de plantão. Mas, a população de Severínia está atenta e quer que o loteamento da Bulle Arruda seja, enfim, votado e aprovado. Sem embromações.

O Diário de Olímpia revelou, em primeira mão, no último dia 7, que Severínia poderá ter um mega loteamento urbano, com infra-estrutura inclusive de tratamento de esgoto próprio, e definitivamente em dia, ao contrário de outros da cidade, diminuindo o déficit habitacional e, principalmente, reclamações de loteamentos entregues com vários problemas de infra-estrutura, com questionamentos até legais. Pelo menos, quatro vereadores já se declararam a favor do projeto. Mas, e os demais? E o prefeito?

Leia mais

Trata-se do projeto da Bulle Arruda Agropastoril, um loteamento anunciado como ‘de primeiro mundo e preços acessíveis’ (veja o link acima). Mas, essa realidade está sendo ‘empurrada’ pelo poder público municipal desde a gestão passada e, na atual, o ‘embrotion’ não disfarça que, além de possíveis problemas técnicos ou legais, que poderia ser facilmente vencidos devido ao folgado lastro de credibilidade das empresas e pessoas envolvidas no projeto, interesses pessoais ou politiqueiros podem estar emperrando-o.

aerea_2

Em recente sessão da Câmara Municipal de Severínia (1º), o projeto entrou em pauta para ser votado, mas ‘divergências de opiniões’ entre os 11 vereadores fez com que, mais uma vez, o interesse real da população fosse passado para trás, causando estranheza nos populares que acompanharam a sessão, e outros que ficaram sabendo da morosidade do projeto em sair do papel, nos gabinetes dos vereadores e do prefeito. “Tem algo de muito podre nisso tudo, e não é difícil saber de onde vem o cheiro ruim”, disse um popular.

olga-paro

De fato. A vereadora Olga Silvia Paro (PSB) fez um relato da situação: “Eu tive a oportunidade, e o interesse, de conhecer melhor o projeto. Os proprietários nos procuraram na Câmara, apresentaram a planta baixa, mostrando toda a infra-estrutura e o interesse em construir, na cidade, um loteamento de verdade, para beneficiar a população. Um loteamento que, de fato, cumpra a promessa de levar creche, hospital, supermercado e, principalmente, asfalto e esgoto. E mais: os proprietários se comprometem a construir uma estação própria de tratamento de esgoto, que, aliás, é uma triste deficiência atual para a nossa cidade, por tudo isso, considero ser este um projeto de primeiro mundo para nós, em Severínia”.

EspacoVerde

O Diário pergunta: “A senhora vai votar a favor, então?” Olga, responde: “Por tudo o que vi, ouvi, e sei da família Bulle e dos incorporadores, me sinto na obrigação de votar a favor sim, a favor do povo, daquelas pessoas que trabalham, pessoas honestas que juntam o dinheiro para pagar as suas contas no final do mês e que merecem ter uma casa com dignidade, isso é ter o sonho da casa própria. Jamais eu seria contra isso”.

A vereadora vai além: “Faz mais de 20 anos que Severínia não tem um loteamento digno. Não há casas populares nessa cidade, só existem promessas, entra o prefeito A-B-C e as promessas vão indo e um vai empurrando para a outra gestão. As pessoas que moram no Camacho III e no Jardim Luiza sabem do que eu estou falando, é falta de asfalto, é poeira quando não chove, e quando chove carros e pessoas atolam nas portas de suas casas, tudo muito indigno e difícil. As crianças não conseguem sair de suas casas para a escola; fui diretora de escola por mais de 12 anos e presenciei por inúmeras vezes alunos faltando por causa disso”.

Olga assinala, ainda, que “agora que surge um empreendimento mais verdadeiro, mais digno e mais completo, surgem dificuldades que, à primeira vista, nos causam estranhamento. Não sou contra o atual prefeito e nem vejo interesses pessoais nesse loteamento, mas sempre vou estar ao lado do povo, a favor dele, sem questões escusas. Aqui, todos nos conhecem, sabem do que somos capazes de fazer, ou não, pelo povo”.

A respeito da segurança envolvendo o novo loteamento proposto pela Bulle Arruda, a vereador Olga Paro esclarece: “Ali é uma rua normal, transita alguns poucos carros, por que é habitada só de um lado e do outro lado é o projeto para o futuro empreendimento e os caminhões das usinas. Mas, esse projeto apresentado a nós vereadores para ser votado, mostra uma infraestrutura completa voltada para a segurança dos futuros moradores, conta com áreas verdes em forma de cinturão, e vias planejadas para um trânsito controlado para evitar acidentes, tudo foi pensado para dar maior qualidade de vida a cidade e propiciar o desenvolvimento urbano de Severínia, com toda a infra estrutura necessária”.

praca

MAIS EMPREGOS

Os vereadores Natal Antônio Reginaldo (PSD), Nestor Almeida Sobreiro (PSDB) e José Antônio Alves Pereira (Pelezinho-PSDB), também entrevistados, se declararam a favor e levantaram pontos de grande importância e benefícios para a cidade. Eles enxergam esse novo loteamento como “um grande crescimento para a cidade além de poder gerar inúmeros empregos para os moradores, movimentando o setor econômico”, conforme lembra Natal.

Os proprietários do loteamento garantiram que toda a mão de obra dos trabalhadores que esteja disponível será contratada na própria cidade.

O vereador Natal faz um ‘apelo’ para os vereadores e principalmente ao prefeito: “Espero que os companheiros de Câmara e o próprio prefeito repensem nessa oportunidade de sonho e desenvolvimento da cidade e coloquem rapidamente esse projeto em votação”.

CADÊ O PREFEITO?

Nil

Por duas vezes, a reportagem tentou agendar um horário de entrevista com o prefeito Edwanil de Oliveira (PSDC), mas sem sucesso: ambas foram desmarcadas. A secretária afirmou que Nil, como é conhecido, estaria ausente da cidade nos horários que previamente foram marcados com antecedência pelo mesmo.

CACÁ, PRESIDENTE DA CÂMARA

Por sua vez, o presidente da Câmara Carlos Alberto Secchieri Júnior (PDT), Cacá, declarou no início sessão que “todos os projetos que são mandados para essa Casa são votados. Como presidente, somente os coloco em votação”. Mas, deixou claro que “o  inicio do processo parte de iniciativa do prefeito, determinando a expansão de área urbana para Câmara”.

caca

Cacá, no entanto, repassou os pontos relatados pelo prefeito Nil acerca do projeto da Bulle Arruda: “Para esse loteamento ser aprovado existem algumas modificações e acertos a serem feitos, penso que esse loteamento será muito bom para nossa população, tendo em vista que já tivemos alguns problemas  em gestões passadas como o Camacho III e Jardim Luiza que até hoje causam transtornos, tanto para o prefeito quanto para nós vereadores, e com a população nos cobrando”.

“SENTAR E CONVERSAR”

Questionado se ele, como presidente da Câmara, teve a oportunidade de ver o projeto em mãos, afirmou que sim: “A infraestrutura desse projeto tenho que assumir que é fora de série, credencia para ser um dos melhores de Severínia e até da região. Hoje tive a oportunidade de conversar com o proprietário do empreendimento, Plácido Heitor Castro da Bulle Arruda, e pedi para ele procurar novamente o prefeito, sentar conversar”.

O QUE DIZ A EMPRESA

Carlos Vollet Monteiro da Silva, representante da empresa, garante: “O loteamento terá preços acessíveis para todas as classes, contará com infra estrutura básica de primeiro mundo, asfalto, iluminação, tratamento de esgoto próprio, esperamos poder trazer tudo isso para a população de Severínia, aguardamos ansiosamente uma definição do poder público”.

Severínia poderá ter loteamento de ‘primeiro mundo e preços acessíveis’

Sempre inovando com tecnologia de ponta na agropecuária, a Bulle Arruda S/A Agropastoril entra no mercado imobiliário, apresentando projeto de ponta em parceria com uma importante incorporadora, para lançamento de um loteamento a três quadras do centro de Severínia.

aerea_2

Segundo revela ao Diário o representante da empresa, Carlos Vollet Monteiro da Silva, “o loteamento terá preços acessíveis a todas as classes, contará com infra estrutura básica de primeiro mundo, asfalto, iluminação, tratamento de esgoto próprio”.

rua

Áreas verdes em forma de cinturão, e vias pensadas para um trânsito controlado para evitar acidentes. “Tudo foi pensado para dar maior qualidade de vida a cidade e propiciar o desenvolvimento urbano de Severínia, com toda a infra estrutura necessária”, garante Carlos Monteiro.

EspacoVerde

Segundo verificou o Diário de Olímpia, o projeto de ampliação do perímetro urbano que possibilitará o loteamento tramita na Câmara Municipal e conta com o apoio de parte da bancada.

praca

O representante da empresa disse ainda, “que toda a mão de obra  utilizada será de Severínia mesmo, gerando empregos e divisas pra cidade”.

Prefeitura abre concorrências para venda de lotes urbanos

A Prefeitura de Olímpia abriu concorrências públicas para a venda de lotes urbanos residenciais e comerciais de propriedade do município. Os lotes estão localizados nos loteamentos Jardim Amélia Dionísio, Parque Villa Lobos e Jardim Centenário.

A Concorrência nº 03/2014, dispõe sobre alienação do domínio pleno de onze lotes urbanos residenciais localizados no Loteamento “Parque Villa Lobos”. Entrega dos Envelopes: 28/07/2014 às 12:00 horas. Abertura dos Envelopes: 28/07/2014 às 13:00 horas. Terrenos de 359,43 m2 à 371,99m2, Valores de R$ 57.510,00 à R$ 59.730,00.

aerea20olimpia

A Concorrência nº 04/2014, dispõe sobre alienação do domínio pleno de dezoito lotes urbanos residenciais/comerciais localizados no Loteamento “Jardim Amélia Dionísio”. Entrega dos Envelopes: 30/07/2014 às 12:00 horas. Abertura dos Envelopes: 30/07/2014 às 13:00 horas. Terrenos de 277,93 m2 à 347,48m2, Valores de R$ 36.135,00 à R$ 45.175,00.

A Concorrência nº 05/2014, dispõe sobre alienação do domínio pleno de vinte lotes urbanos residenciais localizados no Loteamento “Jardim Centenário”. Entrega dos Envelopes: 04/08/2014 às 12:00 horas. Abertura dos Envelopes: 04/08/2014 às 13:00 horas. Terrenos de 295,38 m2 à 306,45m2, Valores de R$ 48.745,00 à R$ 51.850,00.

Para maiores informações entrar em contato com o Setor de Licitações da Prefeitura Municipal de Olímpia, na Rua Nove de Julho, nº. 1.054 – Centro, Olímpia/SP. Tel.: (17) 3279-3274/3279-3294. Edital completo disponível através do site www.olimpia.sp.gov.br

Veículos com placas de final 4 devem fazer o licenciamento 2014 obrigatório

Proprietários de veículos com placas de final 4 devem realizar o licenciamento obrigatório do exercício 2014 durante o mês de julho. O serviço pode ser feito de forma eletrônica, com entrega do Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV) pelos Correios, ou diretamente nos postos do Detran.SP e do Poupatempo.

placas-carro

De acordo com o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), válido em todo o país, todos os veículos devem ser licenciados anualmente e o porte do Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV) é obrigatório. No Estado de São Paulo, o licenciamento é feito entre abril e dezembro, de acordo com o final da placa.

Conduzir veículo com o licenciamento em atraso é infração gravíssima (artigo 230 do CTB): multa de R$ 191,54, inserção de sete pontos no prontuário do condutor, além de apreensão e remoção do veículo.

Já conduzir sem portar o documento, mesmo que o licenciamento esteja em dia, é infração leve (artigo 232 do CTB): multa de R$ 53,20, três pontos na carteira e retenção do veículo até que o documento seja apresentado.

Por isso, é importante que o condutor não deixe para última hora para regularizar o CRLV, pois a partir de 1° de agosto de 2014, veículos com final de placa 4 estarão em situação irregular, caso transitem sem o licenciamento 2014.

PASSO A PASSO – A taxa de licenciamento para o exercício 2014 é de R$ 68,48 e pode ser paga pela internet, caixas eletrônicos ou nas agências dos bancos credenciados (Banco do Brasil, Santander, Bradesco, Itaú, Caixa Econômica Federal, BMB, HSBC, Safra e Citibank). Ao realizar o licenciamento, é preciso quitar possíveis débitos de IPVA, seguro obrigatório e multas.

Na hora do pagamento, é preciso fornecer o número do Registro Nacional de Veículos Automotores (Renavam). Para receber o documento via Correios, é necessário pagar o valor adicional de R$ 11, referente à postagem. A entrega é feita em até sete dias úteis. É imprescindível que o endereço esteja atualizado junto ao Detran.SP. Caso contrário, não será possível fazer a entrega e o cidadão terá de retirar o documento em uma unidade de atendimento.

Quem preferir retirar o documento presencialmente deve apresentar o comprovante de pagamento na unidade do Detran.SP na qual o veículo está registrado ou nos postos do Poupatempo.

Nesse caso, será solicitado um documento de identificação. Lembrando que nessa modalidade não se deve pagar o valor de envio pelos Correios.

A entrega poderá ser solicitada, ainda, por procurador, portando procuração original e cópia do RG do proprietário do veículo; ou por parentes próximos (pais, filhos, irmãos e cônjuge), apresentando documento que comprove o grau de parentesco.

O passo a passo completo do serviço está disponível na área de “Veículos” do portal Detran.SP (www.detran.sp.gov.br) ou diretamente neste link http://migre.me/jf8ip.

Calendário de licenciamento no Estado de São Paulo:

TABELA

Simulador em CFC passa a valer a partir de hoje, ainda facultativo

O simulador de direção veicular, previsto em legislação federal, será implantado em caráter facultativo no Estado de São Paulo, a partir de hoje, 3 de julho. Em Olímpia, apenas o CFC-A Inovar possui o equipamento, e a Universal, disse que está com sala pronta, restando adquirir o mesmo.

20140703-171801-62281663.jpg

Após articulação do Governo do Estado de São Paulo, por meio do Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo (Detran.SP), a resolução de número 493/2014, do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), sofreu alterações e agora estabelece que o candidato à primeira habilitação na categoria ”B” (carro) possa optar por realizar as aulas noturnas no equipamento.

O mesmo vale para os motoristas que desejam adicionar a categoria “B” à Carteira Nacional de Habilitação (CNH) ou que terão que reiniciar o processo porque tiveram o documento cassado por infração de trânsito.

O condutor em treinamento para obter a Permissão para Dirigir (1ª habilitação) poderá escolher se realizará até três das quatro aulas noturnas previstas no simulador de direção, que recria condições adversas e de risco muitas vezes encontradas nas vias.

No caso de adição de categoria “B” à CNH, o motorista poderá fazer até duas das três aulas noturnas previstas. No total, é preciso cumprir, no mínimo, 20 horas/aula ao tirar a 1ª habilitação e 15 horas/aula prática por adição de categoria – incluindo as noturnas.

A medida busca evitar possíveis reajustes nas tarifas praticadas pelo mercado para o processo de habilitação de condutores. “A tecnologia deve reduzir custos e facilitar a vida das pessoas. Estamos investindo na capacitação dos condutores, porém o cidadão que passa pelo processo de habilitação não pode ser onerado financeiramente pela mudança”, destaca Neiva Doretto, diretora-presidente do Detran.SP.

Cenário Anterior – Resolução anterior estabelecida pelo Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), em Brasília, previa a obrigatoriedade de 5 aulas de 30 minutos cada no simulador de direção veicular, ampliando a carga horária inicial de 20 horas/aula. Como o uso era obrigatório, o repasse do custo extra para o aluno pelos Centros de Formação de Condutores (CFCs) era inevitável.

Custo para a primeira habilitação

Em 2014, os valores das taxas do Detran.SP para quem vai tirar a primeira habilitação são: R$ 27,69 para o exame teórico e prático (cada); R$ 66,46 para o exame médico; R$ 77,54 do exame psicotécnico e R$ 33,23 para emissão da Carteira Nacional de Habilitação (CNH). Demais valores referem-se exclusivamente aos serviços prestados pelos CFCs.

Ao fechar negócio com a autoescola escolhida, o candidato deve exigir o contrato de prestação de serviços e o detalhamento do que está incluso no pacote, assim como os valores cobrados.

Regras para os Centros de Formação de Condutores (CFCs)

A legislação federal não obriga que todos os CFCs adquiram o simulador. Seu uso pode ser compartilhado entre os estabelecimentos comerciais.

A aquisição dos equipamentos deve ser feita somente junto às empresas homologadas pelo Departamento Nacional de Trânsito (Denatran). Posteriormente, os simuladores devem ser credenciados ao Detran.SP para o efetivo registro das aulas realizadas.

Veículos com placas final 2 devem ser licenciados neste mês de Maio

Proprietários de veículos com placas de final 2 devem realizar o licenciamento obrigatório do exercício 2014 durante o mês de maio.

final2

O serviço pode ser feito de forma eletrônica, com entrega do Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV) pelos Correios, ou diretamente nos postos do Detran.SP e do Poupatempo.

De acordo com o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), válido em todo o país, todos os veículos devem ser licenciados anualmente e o porte do Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV) é obrigatório.

No Estado de São Paulo, o licenciamento é feito entre abril e dezembro, de acordo com o final da placa.

Conduzir veículo com o licenciamento em atraso é infração gravíssima (artigo 230 do CTB): multa de R$ 191,54, inserção de sete pontos no prontuário do condutor, além de apreensão e remoção do veículo.

Já conduzir sem portar o documento, mesmo que o licenciamento esteja em dia, é infração leve (artigo 232 do CTB): multa de R$ 53,20, três pontos na carteira e retenção do veículo até que o documento seja apresentado.

Por isso, veículos com final de placa 2 estarão em situação irregular a partir de 1º de junho, caso transitem sem o licenciamento 2014.

PASSO A PASSO – A taxa de licenciamento para o exercício 2014 é de R$ 68,48 e pode ser paga pela internet, caixas eletrônicos ou nas agências dos bancos credenciados (Banco do Brasil, Santander, Bradesco, Itaú, Caixa Econômica Federal, BMB, HSBC, Safra e Citibank). Ao realizar o licenciamento, é preciso quitar possíveis débitos de IPVA, seguro obrigatório e multas.

Na hora do pagamento, é preciso fornecer o número do Registro Nacional de Veículos Automotores (Renavam). Para receber o documento via Correios, é necessário pagar o valor adicional de R$ 11, referente à postagem.

A entrega é feita em até sete dias úteis. É imprescindível que o endereço esteja atualizado junto ao Detran.SP. Caso contrário, não será possível fazer a entrega e o cidadão terá de retirar o documento em uma unidade de atendimento.

Quem preferir retirar o documento presencialmente deve apresentar o comprovante de pagamento na unidade do Detran.SP na qual o veículo está registrado ou nos postos do Poupatempo.

Nesse caso, será solicitado um documento de identificação. Lembrando que nessa modalidade não se deve pagar o valor de envio pelos Correios.

A entrega poderá ser solicitada, ainda, por procurador, portando procuração original e cópia do RG do proprietário do veículo; ou por parentes próximos (pais, filhos, irmãos e cônjuge), apresentando documento que comprove o grau de parentesco.

O passo a passo completo do serviço está disponível na área de "Veículos" do portal Detran.SP (www.detran.sp.gov.br) ou diretamente neste link http://migre.me/jf8ip.

Calendário de licenciamento no Estado de São Paulo:

detran

Royal Star atinge 75% das unidades vendidas. E pode vir um terceiro empreendimento da WGR

Os conjuntos Royal e Royal Star, da WGR Construtora e Incorporadora, em breve serão entregues aos investidores. O Royal Star, Resort que completa o conceito da obra, ao lado do Thermas dos Laranjais, de Olímpia, por exemplo, atinge a marca de 75% dos apartamentos vendidos, ou seja, 380 dos 504. E tanto o Royal Thermas, quanto o Royal Star, estão com cronogramas adiantados em 12 meses em relação aos contratos. Fotos Eduardo Hial

Os dois hotéis, juntos, formam um dos maiores complexos hoteleiros do País, e terão a facilidade do acesso exclusivo do Parque Thermas dos Laranjais.

capa

E, a melhor notícia passada na manhã de hoje, quinta-feira (24), pelo corretor de imóveis Carlos Savian ao Diário: o grupo WGR estuda o lançamento, em Olímpia, para breve, o terceiro empreendimento hoteleiro.

GOPR0882_71705

O Royal Thermas não tem nenhuma unidade mais à venda: 456 unidades vendidas, devendo as chaves serem entregues em setembro deste ano. E, quanto ao Royal Star, a previsão de entrega é para setembro de 2016.

GOPR0882_246947

Todos os apartamentos da Ala Oeste do Royal Star foram vendidos. Os remanescentes situam-se na Ala Leste do complexo hoteleiro, em segunda etapa de vendas. As obras, em ritmo adiantado, atingem a 9ª laje, ou seja, o 7º andar.

GOPR0883_87521

Em relação ao Royal, a valorização de quem comprou o apartamento na planta, até hoje, é de 80%. E quanto à valorização do Royal Star, até o momento é de 35%. E a procura continua.

Os interessados em investir no complexo Royal podem visitar apartamento decorado no local, das 9h às 22h, sempre com corretor credenciado. Mais informações: (17) 99788-4848.

Detran lança aplicativo para consulta de débitos e restrições de veículo no celular

O Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo (Detran.SP) lança seu terceiro aplicativo para tablets e smartphones: consulta de débitos e restrições de veículo. Indicado para quem pretende comprar um veículo usado, o aplicativo é gratuito e está disponível para usuários das plataformas Android e iOS.

celular

A consulta a essas informações foi o serviço eletrônico mais acessado no portal do Detran.SP no ano passado, com mais de 17,5 milhões de acessos. Mesmo com o novo aplicativo, a consulta continua disponível no endereço www.detran.sp.gov.br (em “Serviços Eletrônicos”).

Para localizar o aplicativo basta digitar as palavras “consulta Detran” ou “consultas DetranSP”.

Lançados no segundo semestre de 2013, os outros dois aplicativos do Detran.SP já tiveram, juntos, mais de 142 mil downloads (78,7 mil para o simulado de prova teórica e 63,4 mil para a consulta de multas e pontos na carteira de habilitação).

Os três aplicativos foram desenvolvidos pela Companhia de Processamento de Dados do Estado de São Paulo (Prodesp) e funcionam de maneira simples: o login é feito com o CPF e a mesma senha cadastrada pelo usuário no portal do Detran.SP. Atualmente, mais de 7,4 milhões de usuários estão cadastrados no portal.

“A modernização do Detran.SP e o investimento nos serviços eletrônicos são nossas prioridades. Apostamos na tecnologia e na redução da burocracia para garantir mais  autonomia para o cidadão”, afirma o diretor-presidente do Detran.SP, Daniel Annenberg.

Serviços Online – Atualmente, estão disponíveis no portal do Detran.SP 21 serviços de trânsito relacionados à CNH (como 2ª via do documento e CNH definitiva), veículos (comunicação de venda e pesquisa de débitos e restrições) e infrações (consulta de multas e solicitação de recurso de penalidade), entre outros.

O portal fechou o ano de 2013 com o recorde de 46,7 milhões de acessos aos serviços eletrônicos – 66% a mais que o registrado no ano anterior (28,1 milhões). É como se toda a população do Estado de Pernambuco tivesse acessado cinco vezes o portal do Detran.SP.

Em 2013, cerca de 230 mil documentos foram solicitados online, sem que o cidadão precisasse de atendimento presencial. “Apesar do alto número de acessos aos serviços online, o cidadão ainda busca atendimento presencial. Nosso grande desafio é estimular a população a usar cada vez mais os serviços eletrônicos”, avalia Annenberg.

Georgina Business Park, um complexo de R$ 500 milhões em Rio Preto

Business park será formado por 12 torres comerciais, apartamentos residenciais, hotel Hilton Garden Inn, Praça Central e  Centro de Eventos

A HDauff Empreendimentos Imobiliários traz para São José do Rio Preto o Georgina Business Park, o primeiro empreendimento na cidade a usar o conceito Business Park, no qual os projetos arquitetônico e de paisagismo se unem para privilegiar a convivência entre os usuários e a integração das empresas que formam o condomínio.

Serão investidos aproximadamente R$ 500 milhões para a construção do Georgina.  Na primeira etapa serão entregues 308 unidades comerciais do setor Europe, composto por três modernas torres – Milan, Zurich e Madrid. Os escritórios variam de 44m² a 588m² e permitem a junção de acordo com as características do negócio. As obras já foram iniciadas e têm previsão de entrega em novembro de 2016.

georgina1

Instalado no cruzamento das avenidas Anísio Haddad e Benedito Rodrigues Lisboa, na zona sul de Rio Preto, o Georgina Business Park ocupará a última grande área da região. A localização privilegiada – entre as principais avenidas comerciais da cidade, proximidade ao aeroporto e as mais importantes rodovias da região (BR-153 e Washington Luís) – facilita o deslocamento de quem está a negócios.

O Georgina Business Park será formado por cinco setores – Europe, North America, Oceania, Africa e Asia – com alto padrão de acabamento e facilidades de tecnologia e informatização divididos em 12 torres comerciais, 74 apartamentos residenciais e um hotel com 134 apartamentos com a bandeira Hilton Garden Inn. Todo o empreendimento ocupará 130 mil m²  e oferecerá 2.671 vagas para estacionamento.

detalhe_predio_s

Uma Praça Central (Central Square) integrará lojas, apartamentos, academia, hotel e centro de convenções, trazendo facilidade para quem mora, trabalha ou frequenta.  O espaço ainda contará com dois subsolos e uma moderna central de segurança que atenderá todo o empreendimento.

A previsão é que, depois de concluído, cerca de oito mil de pessoas circulem diariamente pelo Georgina Business Park em busca dos produtos e serviços oferecidos pelas empresas que ali se instalarem.

Sustentabilidade

O projeto do Georgina Business Park preservará as árvores existentes no local, além de incorporar à área verde espelhos d’água, palmeiras imperiais e arbustos que vão florescer em diferentes épocas do ano para que a paisagem esteja sempre colorida. Premiado paisagista no Brasil e Estados Unidos, Sergio Santana assina todo o paisagismo do empreendimento.

Para garantir harmonia ao projeto arquitetônico e ampliar a segurança do empreendimento, toda a fiação será subterrânea. As ruas e calçadas serão de pisos intertravados, que garantem mais sustentabilidade, permeabilidade e conforto térmico em relação ao asfalto.

Residencial

Os residenciais serão constituídos de 74 apartamentos com área útil de 57 m² a 112 m². Além de todas as facilidades oferecidas pelo Georgina Business Park, os moradores terão até duas vagas de garagem no subsolo e serviços pay-per-use.

1236907_508275512583954_169552272_n

 

Projeto

Para garantir ao Georgina Business Park toda tecnologia e funcionalidade de um grande projeto, aliadas à preservação de áreas verdes, a HDauff Empreendimentos Imobiliários reuniu renomados profissionais com atuação no Brasil e exterior.

O projeto arquitetônico ficou a cargo da Ilha Arquitetura e todo desenvolvimento foi feito pela empresa B2S Properties.

A decoração e implantação do hotel são de responsabilidade da Hamam Development, empresa que tem em seu currículo os hotéis Fasano RJ e Coral Internacional, localizado em Doha (Quatar).

O lobby das torres comerciais foi decorado pela Triplex Arquitetura.

 

Sobre a HDauff

A HDauff Empreendimentos Imobiliários é uma incorporadora que atua no mercado desde 2008 descobrindo tendências mundiais para lançar no mercado brasileiro produtos inovadores e únicos para os mais diferentes públicos.

É uma empresa do Grupo Traffic, que há mais de 30 anos tem negócios em diversos segmentos da economia nacional e internacional, com destaque para as operações na área de marketing esportivo e comunicações.

A HDauff imprime em seus empreendimentos a marca da inovação transformando-os em produtos diferenciados no mercado e reconhecidos pelo respeito e preocupação com a qualidade de vida do cliente final.

Seu primeiro empreendimento, o Quinta do Golfe Residencial, conquistou o reconhecimento do mercado ao ser premiado com o Top Imobiliário do Estado de São Paulo e o Master Imobiliário Nacional, duas das mais importantes honrarias do setor. Recentemente lançou com renovado sucesso a 2ª fase do Complexo Quinta do Golfe, com três novos residenciais.

Em seus empreendimentos a HDauff alia-se aos melhores parceiros do mercado alinhados com os mesmos princípios e valores da ética, do caráter e da credibilidade, o que transforma seus produtos em sonhos de consumo.

Atlas Veículos encerra neste sábado o Feirão e comemora resultados

Texto e Fotos Cristiane Gracindo — O Feirão de Veículos promovido pela Atlas Chevrolet para inaugurar suas novas instalações, se encerra neste sábado (15). A concessionária encontra-se agora em novo endereço: Av. Governador Dr. Ademar Pereira de Barros, 261 – Frente ao Bazar das Noivas, saída de Olimpia.

che-capa

O Grupo Atlas Chevrolet de Olimpia aguarda sua visita, para conhecer seu novo espaço que contém: estacionamento amplo, ambiente climatizado, atendimento personalizado um grande estoque de toda linha Chevrolet 0 KM e seminovos multimarcas.

Sem contar a possibilidade de se adquirir o zero quilômetro através do Consórcio Nacional Chevrolet, parcelas acessíveis ao orçamento, planos sem juros, sem taxa de adesão sem entrada e até 84 meses para pagar.

No Feirão deste final de semana, a equipe realizará uma blitz de vendas, seminovos e usados com preços e planos que, segundo eles, são imperdíveis.

A tradição da marca Chevrolet, os modelos mais arrojados, consórcio, financiamentos, oficina especializada, manutenção de veículos novos e seminovos, vendas de peças, tudo isso e muito mais, fazem a diferença para o cliente Atlas que exige qualidade em tudo o que compra.

A dica é: aproveite o ultimo dia do Feirão e faça um ótimo negócio.

CONFIRA AS FOTOS DESTA REPORTAGEM, clique na imagem abaixo:

flickr-atlas

Atlas Chevrolet inaugura nova sede com Mega Feirão

Fotos Cristiane Gracindo – A partir desta quinta-feira (13), e até sábado (15), a  concessionária Atlas Chevrolet promove para inaugurar o novo espaço um Mega  Feirão de Veículos.

13_03_2014_13_33_49

A loja, que atendia na Aurora Forti Neves, encontra-se agora em novo endereço: Avenida Governador Dr. Ademar Pereira de Barros, 359, quase defronte ao Bazar das Noivas.

13_03_2014_13_33_24

Para o Feirão a  nova loja oferece:

Venda de modelos zero Km, com valores facilitados em até 60 meses.

Taxas de juros diferenciadas do mercado.

Corretora de Seguros

Consórcio Nacional Chevrolet

Oficina com técnicos treinados na Fábrica.

Serviços de Alinhamento e Balanceamento de veículos, além de todas as outras condições impostas pelo exigente cliente da marca  que é considerada líder de mercado.

Uma grande equipe com vendedores especializados estará pronta nestes dias com preços imperdíveis e condições para quem pensa em adquirir ou trocar o seu veículo.

Confira tudo sobre o Feirão e suas ofertas aqui no Diário de Olimpia, mas não deixe de fazer uma visita. Os horários de funcionamento serão nos dias 13 e 14 das 8:00 às 18:00 e  no sábado (15) das 8:00 às 16:00. Várias surpresas estão sendo preparadas.  Não perca!

GALERIA DE FOTOS

CLIQUE NA IMAGEM ABAIXO E CONFIRA AS DEMAIS FOTOS:

13_03_2014_13_36_26

Vence nesta segunda IPVA, à vista ou parcelado, para veículos com placas final 3

Nesta segunda-feira, 17, vence o prazo para o pagamento à vista do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) de 2014, sem desconto, para veículos com final de placa 3. O prazo final para o pagamento da segunda cota para os proprietários que optaram pelo parcelamento do imposto também é hoje.

ipva-sp

O calendário segue até o dia 26, desconsiderando os finais de semana. Para fazer o pagamento do imposto, basta o contribuinte se dirigir a uma agência bancária credenciada, com o número do Registro Nacional de Veículo Automotor (Renavam) e fazer o recolhimento.

Os pagamentos podem ser feitos nos terminais de autoatendimento, no guichê de caixa, pela internet ou débito agendado, ou outros canais oferecidos pela instituição bancária. O IPVA também pode ser pago em casas lotéricas, no entanto essa opção não é válida para o pagamento do licenciamento.

Licenciamento

Para antecipar o licenciamento anual, deverão ser quitados integralmente todos os débitos que recaiam sobre o veículo, compreendendo o IPVA, a taxa de licenciamento, o prêmio do Seguro DPVAT e, se for o caso, multas de trânsito.

O valor para o envio do documento pelo Correio é, atualmente, de R$ 11. O prazo para entrega do documento de licenciamento anual na residência do proprietário é em torno de 20 dias úteis. Caso o proprietário tenha necessidade de antecipar o licenciamento de 2014, a recomendação é que o seguro DPVAT seja quitado em uma única parcela.

Fonte: Diarioweb

Villaggio D’Itália: Torres finais serão entregues em dezembro. Poucas unidades à venda

O Residencial Villaggio D’Itália, bem no centro urbano de Olímpia, com um complexo de sete torres com 196 apartamentos, entra em reta final de construção. As torres finais, 5 e 6, devem ser entregues um pouco antes do prazo prometido (fevereiro de 2015), ou seja, em dezembro deste ano, conforme revela ao Diário um dos empresários que integram a Remasa Empreendimentos, empresário e corretor Carlos Eduardo Savian.

villaggio

As primeiras torres, as de números 1, 2 e 7, foram entregues em fevereiro de 2012. As de números 3 e 4, em agosto do ano passado. E, agora, as torres finais – 5 e 6 – totalizando 56 unidades (28 em cada uma). Savian esclarece que restam pouquíssimas unidades à venda, com o diferencial de que o investimento, e a correspondente valorização, são garantidos. “Com o ‘boom’ imobiliário em Olímpia, o Villaggio D’Itália é um dos ícones deste novo tempo que a cidade atravessa, inclusive já em fase próxima de se transformar em Estância Turística”, lembra Savian.

A unidade pode ser paga em até 84 vezes. Além de Savian, compõem a Remasa Empreendimentos o empresário olimpiense Ronald Remondy Júnior e o construtor Marcos Buck (Buck Construtora, de Rio Preto).

Ao todo, são 196 apartamentos. O diferencial é ser condomínio fechado, com portaria e vigias 24 horas, com área de lazer, piscina, churrasqueira, salão de festas, e academia de ginástica – todos estes itens já entregues.

“O morador recebe, além das chaves, um memorial descritivo relatando cada detalhe do empreendimento, tais como área de lazer, piscina aquecida, salão de festas, playground, portaria 24 horas, elevadores e demais benefícios previamente anunciados”, assinala Savian.

GALERIA DE FOTOS

Clique na imagem abaixo e confira as fotos desta reportagem:

flickr-villaggio