Governo aperta o cerco e poderá retomar imóvel de quem dá o calote no ‘Minha Casa’

Se você foi beneficiário do programa ‘Minha Casa, Minha Vida, e está com três ou mais prestações atrasadas, cuidado: poderá perder o imóvel. O Diário ainda não conseguiu o número exato de inadimplentes em Olímpia, essa questão já foi solicitada. Enquanto isso, anote: o governo federal decidiu retomar os imóveis dos beneficiários mais carentes do programa Minha Casa, Minha Vida que estão inadimplentes há mais de três meses. A Caixa Econômica Federal apertou a cobrança das prestações que estão atrasadas.

casaspopularesfoto

Beneficiados por um imóvel, eles não pagam o financiamento há pelo menos três meses, parcelas que variam de R$ 25 e R$ 80. Só em Rio Preto, são mais de mil famílias em débito.

A inadimplência da faixa 1 do programa — famílias com renda mensal de até R$ 1,6 mil — fechou o primeiro semestre deste ano em 22%, dez vezes superior aos atrasos dos financiamentos imobiliários tradicionais.

A mudança de postura em relação aos calotes se deve a dois fatores: o agravamento da crise, que não permite ao governo ser leniente com a inadimplência em momento de frustração de recursos, e o temor da fiscalização dos órgãos de controle, já que até 95% desses imóveis são bancados com dinheiro público.

Segundo o Ministério das Cidades, outro motivo para a retomada dos imóveis é que a inadimplência da faixa 1 destoa das operações das outras duas faixas do Minha Casa: a parcela de atrasos acima de 90 dias nessas faixas está por volta de 2%. Segundo o governo, dos contratos do Minha Casa faixa 1 está há mais de 90 dias em atraso.

O primeiro passo para retomar os imóveis dessas famílias foi dado no fim do ano passado pela presidente Dilma Rousseff. Ela modificou uma lei para determinar que os imóveis tomados tenham um tratamento diferenciado. Em vez de levar a leilão,  a Caixa tem de reincluir o imóvel no programa, para ser direcionado a outro beneficiário que esteja na lista de espera.

A alteração na lei evita que o imóvel retomado seja comprado por uma família com renda superior, o que seria uma alteração do programa, pois essas casas ou apartamentos têm um tratamento tributário diferenciado, ou seja, são construídos com menos impostos.

O Ministério das Cidades afirmou que objetivo não é retomar imóveis nos casos de inadimplência mas, sim, ajudar os beneficiários a superar eventuais dificuldades. Por isso, são chamados para negociar as parcelas em atraso. O período de negociação varia em cada caso, sem prazo específico para tomada da casa.

Depois da correria, a decisão hoje: extintor em veículos não será obrigatório

O uso de extintor de incêndio em automóveis passa a ser optativo no Brasil. Essa decisão foi tomada por unanimidade dos membros do Conselho Nacional de Trânsito – Contran durante reunião na manhã de hoje (17).


A mudança na legislação ocorre após 90 dias de avaliação técnica e consulta aos setores envolvidos, e torna facultativo, também, em utilitários, camionetas, caminhonetes e triciclos de cabine fechada.

O equipamento será obrigatório para todos os veículos utilizados comercialmente para transporte de passageiros, caminhões, caminhão-trator, micro-ônibus, ônibus e destinados ao transporte de produtos inflamáveis, líquidos e gasosos.

A obrigatoriedade do uso do equipamento foi estabelecida em 1968 e passou a vigorar em 1970.

Segundo o presidente do Contran e diretor do Departamento Nacional de Trânsito – Denatran, Alberto Angerami, a prorrogação da data para a obrigatoriedade do extintor ABC para 1º de outubro, teve como objetivo dar prazo para reuniões com os setores envolvidos. “Tivemos encontros com representantes dos fabricantes de extintores, corpo de bombeiros e da indústria automobilística, que resultaram na decisão de tornar opcional o uso do extintor”, explica Angerami.

Dos fabricantes, o Denatran, órgão do Ministério das Cidades, ouviu que era necessário um prazo maior, cerca de três a quatro anos, para atender a demanda. Porém, segundo o presidente do Contran, essa justificativa já estava sendo dada pelas indústrias há 11 anos.

A Associação Brasileira de Engenharia Automotiva, informou que dos 2 milhões de sinistros em veículos cobertos por seguros, 800 tiveram incêndio como causa. Desse total, apenas 24 informaram que usaram o extintor, equivalente a 3%.
Estudos e pesquisas realizadas pelo Denatran constataram que as inovações tecnológicas introduzidas nos veículos resultaram em maior segurança contra incêndio. Entre as quais, o corte automático de combustível em caso de colisão, localização do tanque de combustível fora do habitáculo dos passageiros, flamabilidade de materiais e revestimentos, entre outras.
O uso obrigatório do extintor em automóveis é mais comum nos países da América do Sul, como Uruguai, Argentina e Chile.

Nos Estados Unidos e na maioria das nações europeias não existe a obrigatoriedade, pois as autoridades consideram a falta de treinamento e despreparo dos motoristas para o manuseio do extintor geram mais risco de danos à pessoa do que o próprio incêndio. “Além disso, nos “test crash” realizados na Europa’ e acompanhados por técnicos do Denatran, ficou comprovado que tanto o extintor como o seu suporte provocam fraturas nos passageiros e condutores”, explica Angerami.
Validade – Os extintores automotivos só serão do tipo ABC, destinados a combater fogo da classe A (sólidos combustíveis) B (líquidos e gases combustíveis) e C (equipamentos elétricos energizados). Sua durabilidade mínima e a validade do teste hidrostático são de cinco anos da data de fabricação, e ao fim deste prazo, o extintor será obrigatoriamente substituído por um novo.
As autoridades de trânsito ou seus agentes deverão fiscalizar os extintores de incêndio, nos veículos em que seu uso é obrigatório.

A punição para quem não estiver com extintor ou se estiver com validade vencida, é de multa de R$ 127,69, além de cinco pontos na carteira de habilitação.

Ronald, Savian e Buck lançam o primeiro flat e ‘lounge’ de Rio Preto e região

VISTAO primeiro empreendimento que reúne várias opções de lazer, compras, apartamentos e serviços de alto padrão, de São José do Rio Preto e região foi lançado nesta terça-feira (1º) com participação de dois empresários de Olímpia: Ronald Remondy Júnior e Carlos Savian, juntamente com Marcos Buck, que integram a Remasa Empreendimentos, responsável pelo Villaggio D’Itália, residencial com sete torres, 196 apartamentos, entregue um ano antes do cronograma oficial.

localiza

Ontem, segunda-feira (31), na apresentação do projeto para equipes de corretores e imobiliárias de Rio Preto, houve a venda de 25 das 144 unidades residenciais.

11889624_487055454792828_2859064016700779880_n

Trata-se do Square Faria Lima, um flat e lounge de alto padrão, com tamanhos standard e duplex. Com área de lazer na cobertura. Um salão de jogos aberto 24 horas, inclusive para trazer amigos. Menos ‘fast’ e mais ‘food’, ou seja, o projeto prevê restaurantes com o conforto e padrão esperado para um empreendimento desse porte.

11892161_487055421459498_7668030427525828289_n

O estacionamento será sistema ‘Valet’, ou seja, sempre há vaga para o proprietário ou investidor, mas o Square também oferecerá vagas para o público circulante, com manobrista, o que será vantagem para a diminuição do valor do condomínio.

11891147_487055538126153_3694644439461456751_n

A Remasa, desde o Villaggio D’Itália, tem um importante parceiro: Marcos Buck, da Buck Engenharia, que há vinte anos é referência em São José do Rio Preto na execução de obras residenciais, comerciais e industriais. O Diário de Olímpia flagrou, na manhã desta terça (1º), Buck e Carlos Savian avaliando o folder recém-lançado que traz todos os detalhes do Flat Lounge Square Faria Lima.

Savian-e-Buck

Savian faz questão de ressaltar que trata-se de “um empreendimento que o investidor de visão não pode ficar de fora, levando-se em conta desde a credibilidade da Remasa e de seus parceiros, como a localização privilegiada – Avenida Brigadeiro Faria Lima, 5005 (veja mapa), próximo ao Hospital de Base e de pontos como Riopreto Shopping, Mac Donnalds, além de suprir todas as necessidades de moradia, comércio e lazer, tudo reunido em um só empreendimento de alto padrão”.

11899909_487055368126170_6605762996881287597_n

Em Olímpia, procure a Imobiliária Apoio, para mais informações e reserva de sua unidade do Square Faria Lima (17) 3281-4848. Em São José do Rio Preto, (17)3202-6655.

VEJA MAIS

square

planta-4-grandeplanta-3-grandeplanta-2-grandeplanta-1-grande

11900024_487055404792833_7273896851210833221_n

Feirão de Imóveis financia em até 100 parcelas terrenos, casas, apês e flats

Começou o Feirão de Imóveis Minari Empreendimentos Imobiliários, de Olímpia. Os interessados poderão parcelar em até 100 vezes através de financiamento próprio.

São terrenos residenciais e comerciais no centro da cidade, Jardim Amélia Dionísio, Vivenda Cote Gil, Residenciais Vila Lobos, Laranjais, Veridiana e Donnabella; também no Santa Fé, Thermas Park e Jardim Álvaro Brito.

Além de apartamentos e flats nos Resorts Celebration e Thermas Olímpia Resort.

E também casas nos bairros Vivenda Cote Gil, Thermas Park, Veridiana, Canterville e Jardim Donnabella.

São muitos negócios e oportunidades. Confira:

feirao

SERVIÇO

Jardim Botânico entra na reta final nas obras de infra-estrutura

Entra na reta final as obras de infra-estrutura do maior loteamento residencial, localizado em área nobre, de Olímpia, e com ênfase para o verde, o Jardim Botânico, segundo demonstram as fotos abaixo.

20150727_111655

A área total do loteamento é de 426 mil metros quadrados, área de lotes: 218.600,83m2, áreas verde: 97.821,00m2, área de lazer: 5.385,28m2.

20150727_142728

O residencial Jardim Botânico compreende 529 lotes, sendo 421 residenciais e 108 comerciais.

20150727_074517

É o maior loteamento residencial, localizado em área nobre, defronte o Ginásio de Esportes e outro loteamento também vendido, o Villa Lobos, que dotará a zona sul da cidade com o primeiro Jardim Botânico de cerca de quatro alqueires, a ser executado por dois grandes nomes da Botânica brasileira: Harri Lorenzi e Ricardo Marinho, da escola Burle Marx.

O conceito de unir um Residencial com toda a infra-estrutura moderna – ciclovia e pista de caminhada com iluminação indireta e fiação subterrânea; academia ao ar livre, Pórtico de Entrada, arborização do loteamento cientificamente planejada – com o conceito de Jardim Botânico, um projeto de natureza, combinando harmoniosamente as espécies, com plantas inclusive com risco de extinção para que sejam observadas, conservadas e bem cuidadas, é único em Olímpia e na região.

Interessados em leilão de carros e motos têm até hoje para visitar veículos

O Departamento Estadual de Trânsito (Detran) confirmou leilão de veículos apreendidos na região, que se realiza nos dias 30 de junho e 1º de julho em Barretos. Foto Tininho Jr.

foto-Tininho-Jr

O evento conta com a participação de outros quatro municípios, entre eles Colina, Colômbia, Guaíra e Jaborandi. O diretor de Trânsito, André Luiz Freitas, disse que em Barretos existem cerca de 600 lotes para serem leiloados.

“Será um leilão com uma parte presencial e a outra virtual. Dos mais de 1,2 mil veículos, vão a leilão aproximadamente 600 carros e motos da cidade de Barretos”, afirmou.

O Detran informou que poderão ser arrematados 898 carros e motos, entre os quais 113 com direito a documentação, ou seja, que podem voltar a circular. Os demais são destinados ao desmonte para revenda das autopeças.

A parte presencial do leilão será realizada no mezanino do North Bowling, localizado no shopping da cidade, na Via Conselheiros Antônio Prado, 1.400. O início do evento está confirmado para as 10 horas nos dois dias.

Interessados poderão visitar os veículos somente até esta segunda-feira (29), das 9 às 12 horas e das 13 às 16 horas. Em Colômbia a visitação ocorre apenas de manhã.

É possível obter algumas informações dos lotes no site do leiloeiro, através do endereço eletrônico www.lanceleiloes.com.

Fonte: Diário de Barretos

Proprietários de veículos com débitos de IPVA são notificados pela Fazenda

A Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo notificou proprietários de veículos com final de placa 2 que apresentam débitos de IPVA dos exercícios de 2010 a 2015. A relação foi publicada no Diário Oficial do Estado de anteontem, quarta-feira (24).

carros-tininho-jr

A Fazenda enviará ao domicílio tributário de cada proprietário um comunicado de lançamento de débitos de IPVA. O aviso traz a identificação do veículo, os valores do imposto, da multa incidente (20% do valor devido) e dos juros por mora, além de orientações para pagamento ou apresentação de defesa.

O contribuinte que receber o comunicado de lançamento de débito tem 30 dias para efetuar o pagamento da dívida ou efetuar sua defesa. O próprio aviso traz as orientações necessárias para a regularização, incluindo a localização do Posto Fiscal mais próximo do endereço do proprietário do veículo.

O pagamento pode ser feito pela internet ou nas agências da rede bancária credenciada, utilizando o serviço de autoatendimento ou nos caixas, bastando informar o número do  Renavam do veículo e o ano do débito do IPVA a ser quitado.

Mais informações pelo telefone 0800-170110 ou no site www.fazenda.sp.gov.br.

Fonte: Diário de Barretos

Neste domingo tem Passeio do Fusca com Café da Manhã 

A Associação Amigos do Fusca de Olímpia, liderada pelo empresário Nilton Flavio Santos, realiza mais uma vez um passeio em homenagem ao famoso veiculo. E, como da última vez, terá café da manhã em uma pousada. O passeio se inicia na Praça da Matriz as 9h30.

Para quem gosta do automóvel, lançado na década de 50 no Brasil, o encontro será uma oportunidade de ver modelos únicos e conhecer histórias de um dos carros mais populares do país.

Segundo Nilton, que é membro da Associação juntamente com vários amigos, será um Passeio para comemorar o Dia Mundial do Fusca. O Dia Nacional já foi comemorado em no dia 20 de Janeiro.

Após o desfile por várias ruas da cidade, a Caravana do Fusca irá em direção à Pousada Monte Carlo, do empresário Brasilino, onde todos os participantes irão tomar um Café da Manhã ao ar livre.

A participação é livre, aberta a todos os amantes do Fusca.

Não vai ter mais: Villaggio D’Itália oferece os últimos apartamentos à venda

O Residencial Villaggio D’Itália está praticamente completo, mas ainda restam poucas unidades para completar os 196 apartamentos das sete torres, informa o empresário e corretor Carlos Savian, que é um dos incorporadores, ao lado do também empresario olimpiense Ronald Remondy Júnior, e do construtor rio-pretense Marcos Buck, que constituíram a Remasa Empreendimentos, com projeto arquitetônico da obra, através de Germana Zanetti, da Arquitetos Associados. Como já foi noticiado anteriormente, a obra foi entregue praticamente um ano antes do prazo combinado com os investidores.

DSC08049

Agora, só mesmo poucas unidades, que podem ser contadas em uma das mãos, de dois dormitórios, em um residencial estrategicamente localizado no coração urbano de Olímpia. “Excelente oportunidade de investimento, que, nos últimos quatro anos, rendeu 78% de valorização”, revela também Savian ao Diário.

SAM_0055

SAM_0044

SAM_0028

villaggio-antes-e-depois

O CRONOGRAMA ‘A JATO’

A partir do lançamento, e 2010, as obras se intensificaram. No dia 19 de abril do ano seguinte, 2011, o Diário noticiava que “o mais recente lançamento imobiliário de Olímpia – o condomínio fechado Villaggio D’Itália – está com as três primeiras torres, das sete projetadas, em fase adiantada de construção e, principalmente, de vendas”. Ou seja, cerca de 55% dos 88 apartamentos já estava vendido. E já havia sido montado, em uma das torres, o apartamento decorado para o plantão de vendas. Sete meses depois, em novembro, Carlos Savian garantia que os primeiros proprietários já tomariam posse de seus apartamentos no início do próximo ano, 2012.

reuniao1De fato, em 17 de março de 2012, o Diário registrava que “os moradores do Villaggio D’Itália se reuniram na manhã deste sábado (17) para a primeira reunião de condomínio, coordenada pela Remasa Empreendimentos, no salão de festas do local”. Desde o dia 23 do mês anterior (janeiro de 2012), eles passaram a receber as chaves das três primeiras torres já concluídas, das sete programadas pelos empreendedores Marcos Buck (Buck Engenharia), empresário Ronald Remondy Júnior, e corretor Carlos Savian (Apoio Imobiliária). Dos 84 apartamentos, só restavam quatro para serem vendidos, segundo revelou Savian naquela assembleia.

Os moradores, então, elegeram o presidente da reunião entre eles, Manoel de Jesus Valverde e, a partir daí, cumpriram a pauta da assembleia, elegendo o primeiro síndico e seu vice – Carlos Savian e o comerciante Luiz Antonio Fonseca (Fon), os três conselheiros e seus suplentes, a administradora do condomínio e demais dúvidas dos condôminos.

Em 23 de agosto de 2013, o corretor Carlos Savian reuniu os seus corretores para anunciar o início das vendas dos últimos 56 apartamentos do complexo que reúne sete torres. A obra estava, na ocasião, em estágio avançado das torres 5 e 6, enquanto que, das torres 3e 4 até o dia 20 de setembro os moradores já receberiam as chaves.

SAM_0040

Em 13 de outubro do ano passado, Savian revelava ao Diário, e para os futuros proprietários, que “as últimas duas torres do Residencial Villaggio D’Itália, de números 5 e 6,  deverão ser entregues em fevereiro do próximo ano”. O que foi cumprido. Restam, agora, 15 unidades para serem vendidas.

GALERIA DE FOTOS

Clique na imagem abaixo e confira as fotos desta reportagem:

galeria-villaggio

De novo, de novo, de novo… obrigatoriedade do extintor ABC será prorrogada

O Ministério das Cidades informou que o prazo para a obrigatoriedade de uso do extintor ABC nos automóveis será prorrogada por mais 90 dias.

extintores

O último dia para os motoristas se adequarem à norma era 1º de julho, mas a pasta pediu que o Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) alterasse a data.

O Conselho Nacional de Trânsito (Contran) deve publicar nova resolução para definir a partir de que dia a exigência passará a valer.

A multa pela falta do extintor começaria em 1º de janeiro deste ano, mas o Denatran adiou para abril e, posteriormente, para 1º de julho.

Fonte: O Diário de Barretos

Licenciamento de veículos com final 3 durante este mês

Um recado importante para os motoristas que tem carros com placas de final três: é preciso fazer o licenciamento este mês. O serviço pode ser feito pela internet, pelos Correios, ou diretamente nos postos do Detran e Poupatempo. Todos os veículos devem ser licenciados anualmente e o certificado é obrigatório.

carros

A taxa é de R$ 72,25 e pode ser paga pela internet, caixas eletrônicos ou nos bancos credenciados. Na hora do pagamento, é preciso fornecer o número do Registro Nacional de Veículos Automotores (Renavam). Para receber o documento via Correios, é necessário pagar o valor adicional de R$ 11, referente à postagem. A entrega é feita em até sete dias úteis. Lembrando que ao fazer o licenciamento, o motorista também precisa quitar possíveis débitos de IPVA, seguro obrigatório e multas.

Conforme o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), todos os veículos devem ser licenciados anualmente. Dirigir o carro com o licenciamento em atraso é infração gravíssima pelo código de trânsito brasileiro., e se for pego pelas autoridades competentes será autuado em flagrante no artigo 230 do CTB que determina multa de R$ 191,54.

Além disso, o motorista perde sete pontos na carteira e tem o carro apreendido. Conduzir um automóvel sem portar documento, mesmo que o licenciamento esteja em dia, é infração leve e gera multa de R$ 53,20, três pontos na carteira e retenção do veículo até que o CRLV seja apresentado.

O passo a passo completo do serviço está disponível na área de “Veículos” do portal Detran.SP. O Detran em Rio Preto fica na Avenida America, 194, Vila Diniz. Um Posto Avançado fica no Shopping Cidade Norte, na avenida Alfredo Antonio de Oliveira, 2077, Jardim Planalto.

Fonte: G1

Edifício Imperial oferece oito apartamentos com promoção até o final do mês

Um novo empreendimento imobiliário está sendo lançado em Olímpia e, desta vez, com alguns diferenciais, entre eles a entrega de seus 31 apartamentos residenciais serão entregues em dezembro deste ano. O Edifício Imperial, da FM2 Construção, Engenharia e Incorporadora, oferece preço promocional para apenas oito unidades até o dia 30 deste mês.

fachada-IMperial

Os incorporadores Flávio Alexandre Mazzer, conhecido como ‘Garnizé’, e o seu irmão, engenheiro Fernando Mazer, garantem que este lançamento é um privilégio para poucos, afinal, são apenas 31 apartamentos, com três dormitórios (sendo uma suíte), com garagem exclusiva, elevadores com acessibilidade, piso em porcelanato e bancadas em granito e mármore.

São dois blocos – A e B – o primeiro com 15 apartamento e o segundo com 16. Cada apartamento já possui a sua garagem privativa pré-determinada, seja com 11 ou com 22 metros quadrados (dupla). Nesta primeira fase, até o dia 30 de maio, quatro apartamentos de cada bloco estão com preços diferenciados.

sala-Imperial

E em um dos melhores bairros de Olímpia: o Silva Mello. O Imperial localiza-se à rua Gino Sartorello, 580 (antiga Travessa Três). Um dos bairros mais seguro, a menos de um minuto da EMEB ‘Theodomiro da Silva Melo’ e da Padaria Padoca; a cinco minutos do centro da cidade; a 10 minutos do Thermas dos Laranjais. E próximo a farmácias, hospitais, supermercados e conveniências.

lazer-Imperial

Nesta venda antecipada de apenas oito unidades, o preço à vista sai por R$ 298 mil e, a prazo, por R$ 310 mil – com entrada de 20% na assinatura do contrato e financiamento do saldo devedor para janeiro de 2016.

planta-Imperial

Garnizé é empresário há mais de 20 anos em Olímpia, no comando da Decol Defensivos Agrícolas. Fernando Mazer, renomado engenheiro. E no apoio operacional, Oscar Parolin, consultor em soluções financeiras.

imperial

Interessados devem procurar a sua imobiliária da preferência ou, mais informações com Oscar Parolin pelo telefone (17) 99144-5545.

capa

Veículos com placas final 2 devem ser licenciados até o dia 29

Os veículos com placa final 2 devem fazer o licenciamento até o dia 29 de maio. O Certificado de Registro e Licenciamento de Veículos (CRLV) 2015 é obrigatório para todos os proprietários, que podem optar pelo sistema de licenciamento eletrônico ou fazer o procedimento pessoalmente, nas unidades do Detran.SP ou Ciretran (Circunscrição Regional de Trânsito).

final 2

Para fazer o licenciamento, é preciso ter em mãos o número do Renavam (Registro Nacional de Veículos Automotores) ou apresentar o CRLV (Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo) do exercício 2014. O veículo não poderá apresentar restrições judiciais ou administrativas, assim como débitos de multas, IPVA ou DPVAT.

É considerada infração gravíssima, com multa de R$ 191,54, conduzir veículos com o licenciamento em atraso. Além da multa há a inserção de sete pontos na carteira do condutor e a apreensão e remoção do veículo. Já conduzir sem portar o documento, mesmo que o licenciamento esteja em dia, é infração leve, com multa de R$ 53,20, três pontos na carteira e retenção do veículo até que o documento seja apresentado.

O licenciamento de veículos deve ser feito até o último dia útil do mês correspondente ao número final da placa.

(Fonte: O Diário de Barretos)

Casas modulares da Rossi e Efácil tem plantão neste final de semana

Centenas de pessoas puderam conhecer, no último sábado (18), o inédito projeto de Casas Modulares lançado pela Imobiliária Rossi e Efácil Empreendimentos e Construções, ambas empresas de Olímpia. O Plantão de Vendas prosseue hoje, sábado (25), até às 17h e, neste domingo (26), das 9h às 13h, sempre com simulação de financiamento no próprio local.

casasmodulares-(6)

A casa modelo foi construída na Rua Maria Cote Gil, 14, no Jardim Cote Gil, mas o interessado poderá construir a sua casa, a partir de diversas opções de tamanhos e módulos, de acordo com a sua conveniência financeira e gosto, em qualquer terreno, seja próprio ou financiado, inclusive na comarca, como foi o caso de um que já fechou negócio para construir em Guaraci.

casasmodulares-(40)

Como já foi noticiado pelos Portais Diário de Olímpia e Estância Turística, com exclusividade, a ideia, segundo os empreendedores, surgiu da diversidade de interesse das pessoas em construir seus imóveis, e da necessidade de criar um projeto que atendesse a cada vontade e se aproximasse da casa ideal.

casasmodulares-(72)

No local, observam-se marcações para os demais módulos que podem ser construídos, à vontade do investidor. Todo o processo pode levar seis meses, três para aprovação do financiamento no órgão bancário, geralmente Caixa, e mais três para a construção.

casasmodulares-(105)

Então foi criado um novo conceito em construção, Casas Modulares, através da parceria entre a Imobiliária Rossi e a Construtora Efácil formada pelo experiente arquiteto Paulo Ittavo e o empresário Rodrigo Augusto de Oliveira.

casasmodulares-(87)

A parceria vem de encontro com a profissionalização do processo. È uma complementação das etapas a serem desenvolvidas dentro do processo. A Imobiliária, que completa 35 anos de Olímpia em maio, com a sua experiência em vendas e na analise da melhor forma do cliente adquirir seu financiamento e a construtora nos projetos, orçamentos e execução da obra. Ou seja, cada um desempenhando a atividade na qual é profissional.

casasmodulares-(69)

Joseph Rossi esteve presente com esposa Cristina, filhos Cristiane, Rodrigo e Natalia, e também presentes os responsáveis pela Efácil, Rodrigo e Paulo.

casasmodulares-(92)

EFÁCIL

A empresa nasceu da união dos empresários Rodrigo Augusto de Oliveira e Paulo José Ittavo, no intuito de aproveitar a experiência de ambos para o desenvolvimento dos seus produtos. O primeiro com a experiência voltada para a área industrial, onde atua a mais de 20anos com a empresa FIDO, e o segundo, já na área da construção civil, com o Escritório de Projetos, onde também atua a mais de 20 anos. Dessa união nasce uma empresa com a característica de industrialização no que tange ao processo construtivo e ao mesmo tempo com a versatilidade dos projetos bem elaborados.

casasmodulares-(65)

plantaoi

GALERIA DE FOTOS

Clique na imagem abaixo e confira a galeria completa de fotos, por Leonardo Concon:

galeriacasas

Rossi e Efácil lançam hoje no Cote Gil sistema de casas modulares

Surge em Olímpia a modalidade mais prática, funcional e rápida, de se obter a casa própria. A Imobiliária Rossi, em parceria com a Construtora Efácil, todos empreendedores da própria cidade, lançam neste sábado, a partir das 9h, o sistema de Casas Modulares, ou seja, o comprador pode montar, como quiser, e como puder, a sua casa, de acordo com as opções que serão reveladas no lançamento. Será na rua Maria Cote Gil, 14, que, inclusive, contará com uma casa modelo.

casas-modulares3

A ideia, segundo os empreendedores, surgiu da diversidade de interesse das pessoas em construir seus imóveis, e da necessidade de criar um projeto que atendesse a cada vontade e se aproximasse da casa ideal.

casa_B4_interna1w

Então foi criado um novo conceito em construção, Casas Modulares, através da parceria entre a Imobiliária Rossi e a Construtora Efácil formada pelo experiente arquiteto Paulo Ittavo e o empresário Rodrigo Augusto de Oliveira.

casa_A1_interna1w

EFÁCIL

A empresa nasceu da união dos empresários Rodrigo Augusto de Oliveira e Paulo José Ittavo, no intuito de aproveitar a experiência de ambos para o desenvolvimento dos seus produtos. O primeiro com a experiência voltada para a área industrial, onde atua a mais de 20anos com a empresa FIDO, e o segundo, já na área da construção civil, com o Escritório de Projetos, onde também atua a mais de 20 anos. Dessa união nasce uma empresa com a característica de industrialização no que tange ao processo construtivo e ao mesmo tempo com a versatilidade dos projetos bem elaborados.

lazer_02w

A parceria vem de encontro com a profissionalização do processo. È uma complementação das etapas a serem desenvolvidas dentro do processo. A Imobiliária, com a sua experiência em vendas e na analise da melhor forma do cliente adquirir seu financiamento e a construtora nos projetos, orçamentos e execução da obra. Ou seja, cada um desempenhando a atividade na qual é profissional.

panfleto-(1)

Novo extintor nos carros: mais 90 dias para tentar comprá-lo

O Conselho Nacional de Trânsito (Contran) atendeu ao pedido do ministro das Cidades, Gilberto Kassab, apresentado no início do mês de março ao Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), para prorrogar por mais 90 dias a exigência dos novos extintores veiculares ABC.

17131425

Essa decisão foi tomada durante a reunião do Conselho nesta quarta-feira (25/03). Com a publicação no Diário Oficial da resolução 521/2015, a nova data será 1° de julho de 2015.

O motivo para essa prorrogação é a falta do equipamento de segurança para venda no mercado.  O Ministro Kassab e o Denatran querem garantir que os motoristas não sejam prejudicados diante da dificuldade de adquirir o equipamento de segurança.