Villaggio D’Itália: Torres finais serão entregues em dezembro. Poucas unidades à venda

Publicado em 13 de fevereiro de 2014 às 17h51
Atualizado em 13 de fevereiro de 2014 às 17h55

O Residencial Villaggio D’Itália, bem no centro urbano de Olímpia, com um complexo de sete torres com 196 apartamentos, entra em reta final de construção. As torres finais, 5 e 6, devem ser entregues um pouco antes do prazo prometido (fevereiro de 2015), ou seja, em dezembro deste ano, conforme revela ao Diário um dos empresários que integram a Remasa Empreendimentos, empresário e corretor Carlos Eduardo Savian.

villaggio

As primeiras torres, as de números 1, 2 e 7, foram entregues em fevereiro de 2012. As de números 3 e 4, em agosto do ano passado. E, agora, as torres finais – 5 e 6 – totalizando 56 unidades (28 em cada uma). Savian esclarece que restam pouquíssimas unidades à venda, com o diferencial de que o investimento, e a correspondente valorização, são garantidos. “Com o ‘boom’ imobiliário em Olímpia, o Villaggio D’Itália é um dos ícones deste novo tempo que a cidade atravessa, inclusive já em fase próxima de se transformar em Estância Turística”, lembra Savian.

A unidade pode ser paga em até 84 vezes. Além de Savian, compõem a Remasa Empreendimentos o empresário olimpiense Ronald Remondy Júnior e o construtor Marcos Buck (Buck Construtora, de Rio Preto).

Ao todo, são 196 apartamentos. O diferencial é ser condomínio fechado, com portaria e vigias 24 horas, com área de lazer, piscina, churrasqueira, salão de festas, e academia de ginástica – todos estes itens já entregues.

“O morador recebe, além das chaves, um memorial descritivo relatando cada detalhe do empreendimento, tais como área de lazer, piscina aquecida, salão de festas, playground, portaria 24 horas, elevadores e demais benefícios previamente anunciados”, assinala Savian.

GALERIA DE FOTOS

Clique na imagem abaixo e confira as fotos desta reportagem:

flickr-villaggio

Assunto(s):

Leia também:

Faça um comentário